Carlos Wilson

CARLOS WILSON COUTINHO DA SILVEIRA
(41 anos)
Ator, Diretor Teatral, Cenógrafo e Coreógrafo

☼ Vitória, ES (24/05/1950)
┼ Rio de Janeiro, RJ (11/01/1992)

Carlos Wilson foi um ator, diretor teatral, cenógrafo e coreógrafo brasileiro nascido em Vitória, ES, no dia 24/05/1950.

Em 1984 recebeu o Troféu Candango de melhor ator coadjuvante no Festival de Brasília, pela atuação no filme "Noites do Sertão" (1983).

Carlos Wilson foi um renomado diretor de teatro como na primeira montagem de "Capitães de Areia" de Jorge Amado. Com esse espetáculo viajou em turnê para São Paulo, Belo Horizonte e Salvador. No Rio de Janeiro, o apresentou no Teatro Ipanema, Teatro Casa Grande e Teatro Villa Lobos.

Dirigiu ainda "Os Doze Trabalhos de Hércules", "O Ateneu", entre vários outros espetáculos de grande sucesso junto ao público adolescente.

Carlos Wilson revelou, nos palcos cariocas, muitos jovens atores que posteriormente tornaram-se conhecidos do grande público por seus trabalhos em televisão, como por exemplo: Maurício Mattar, Felipe Camargo, Alexandre Frota, Enrique Diaz, Felipe Martins, Roberto Battalin, Bianca Byngton, Murilo Benício, Dedina Bernadelli, entre outros.

Morte

Carlos Wilson faleceu no dia 11/01/1992, aos 41 anos, na Clínica São Vicente, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, vítima de complicações decorrentes do vírus da AIDS.

Carlos Wilson "Os Três Mosqueteiros", 1988.
Trabalhos

Cinema
  • 1986 - Com Licença, Eu Vou à Luta ... Commissário
  • 1986 - Baixo Gávea
  • 1986 - As Sete Vampiras (Coreógrafo)
  • 1986 - Hell Hunters
  • 1985 - O Rei do Rio
  • 1984 - O Cavalinho Azul
  • 1984 - Garota Dourada
  • 1984 - Noites do Sertão
  • 1983 - Bar Esperança
  • 1982 - O Segredo da Múmia (Ator e Assistente de Produção)
  • 1982 - Tormenta (Cenarista)
  • 1980 - Cabaret Mineiro (Ator e Figurinista)
  • 1980 - Prova de Fogo
  • 1979 - O Bom Burguês
  • 1978 - Se Segura, Malandro!
  • 1977 - Ajuricaba, o Rebelde da Amazônia
  • 1976 - Perdida (Figurinista)

Televisão
  • 1987 - Mandala ... Pai-de-Santo
  • 1980 - Coração Alado ... Mexicano

Prêmios
  • 1986 - Prêmio Mambembe como Personalidade do Ano.
  • 1986 - Prêmio Molière pelo conjunto de trabalhos.
  • 1987 - Prêmio INACEN com "O Ateneu".
  • 1988 - Prêmio Coca-Cola, melhor produção infanto-juvenil, com "Os Três Mosqueteiros".

Um comentário:

  1. Tive oportunidade de acompanhar seu trabalho com o Grupo de Teatro do Colégio Santo Inácio (RJ)e sou testemunha de sua dedicação é empenho na formação dos alunos e no desenvolvimento do espírito crítico.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!