Tarcísio Meira

TARCÍSIO PEREIRA DE MAGALHÃES SOBRINHO
(85 anos)
Ator

☼ São Paulo, SP (05/10/1935)
┼ São Paulo, SP (12/08/2021)

Tarcísio Pereira de Magalhães Sobrinho, mais conhecido como Tarcísio Meira, foi um ator nascido em São Paulo, SP, no dia 05/10/1935. Considerado um dos maiores atores e galãs de sua geração, marcou época com personagens fortes, no cinema, no teatro e na televisão. Durante décadas eternizou a televisão com mocinhos e vilões que marcaram a teledramaturgia nacional.

Filho de Raúl Pompéia Pereira de Magalhães e de Maria do Rosário Meira, descende, por seu pai, da aristocracia rural sul-mineira, havendo sido seu trisavô paterno o tenente-coronel Antônio Joaquim Pereira de Magalhães, e por essa linhagem tem parentesco, por consanguinidade ou afinidade, com o protomártir da Inconfidência Mineira, o Tiradentes, com o cientista Vital Brazil e com o empresário Oscar Americano, consoante o livro "Vital Brazil Mineiro da Campanha, Uma Genealogia Brasileira", de autoria de Lael Vital Brazil.

Por sua mãe, pertence a tradicionais troncos paulistas, tais como os Arrudas Botelhos, os Paes Lemes, os Cerqueiras Cesares e os Penteados, conforme relata Silva Leme em sua "Genealogia Paulistana", nos livros 2, 3 e 4.

Carreira

Tarcísio Meira estreou no teatro em 1957, na peça "A Hora Marcada" e, em 1959, já brilhava em "O Soldado Tanaka", convidado por Sérgio Cardoso.

A sua estreia na televisão foi em "Noites Brancas" (1959), um teleteatro da TV Tupi, dirigido por Geraldo Vietri. Em outro teleteatro da mesma emissora, "Uma Pires Camargo" (1961), contracenou pela primeira vez com Glória Menezes, com quem casaria pouco tempo depois e os dois passaram a formar um dos casais de maior sucesso da televisão brasileira.

Tarcísio Meira foi o galã da primeira telenovela diária da televisão brasileira, "2-5499 Ocupado" (1963), na TV Excelsior, ao lado da já esposa na vida real, Glória Menezes. Protagonizou ainda mais sete telenovelas na mesma emissora até se transferir com Glória Menezes para a TV Globo, onde estrearam em "Sangue e Areia" (1967). A partir daí, Tarcísio Meira se tornou uma das presenças mais constantes da teledramaturgia brasileira e teve mais de 50 trabalhos entre telenovelas, minisséries e seriados de televisão.

No cinema, Tarcísio Meira se tornou um dos principais atores, principalmente nos anos 1970 e 1980. O primeiro filme em que atuou foi "Casinha Pequenina" (1963), ao lado de Mazzaropi. Entre seus maiores sucessos estão "Máscara da Traição" (1969), "As Confissões de Frei Abóbora" (1971), "Independência ou Morte" (1972), "Missão: Matar" (1972), "O Marginal" (1974), "República dos Assassinos" (1979), "Eu Te Amo" (1981) e "Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo!" (2011).

Duas de suas mais importantes interpretações no meio encontram-se em "A Idade da Terra" (1980), de Glauber Rocha, e "Eu" (1987), de Walter Hugo Khouri.

Tarcísio Meira recebeu o Prêmio APCA, de Melhor Ator oferecido pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) por sua atuação na minissérie "A Muralha" (2000), produzida pela TV Globo.

Vida Pessoal

Tarcísio Meira desde 1962, estava casado com a atriz Glória Menezes, com quem teve seu único filho, o também ator Tarcísio FilhoTarcísio Meira também era padrasto de João Paulo e Maria Amélia, filhos que sua esposa teve no primeiro casamento.

Tarcísio MeiraGlória Menezes são reconhecidos por possuírem um dos casamentos mais sólidos do meio artístico, tendo atuado juntos várias vezes na televisão, como em "Irmãos Coragem" (1970), "Guerra dos Sexos" (1983), "Torre de Babel" (1998), "A Favorita" (2008), além do seriado "Tarcísio & Glória" (1988), produzido especialmente em homenagem ao casal.

Tarcísio Meira e Glória Menezes se aposentaram em setembro de 2020, depois de mais de cinquenta anos na TV Globo, por não terem seus contratos renovados. Foram morar em uma fazenda de gado no interior de São Paulo.

Morte

No dia 06/08/2021, Tarcísio Meira e Glória Menezes foram internados no hospital Albert Einstein em São Paulo, após confirmação do diagnóstico de Covid-19. Segundo boletim do hospital, divulgado no dia 10/08/2021, Tarcísio Meira encontrava-se internado na UTI, contando com apoio de ventilação mecânica invasiva e diálise contínua.

Tarcísio Meira faleceu na quinta-feira, 12/08/2021, aos 85 anos, vítima da Covid-19.

Filmografia

Televisão
  • 1959 - Noites Brancas
  • 1961 - Uma Pires Camargo
  • 1961 - Maria Antonieta
  • 1962 - TV de Vanguarda  ... (Episódio: "História de um Herói")
  • 1962 - Cleópatra ... Marco Antônio
  • 1962 - A Única Verdade
  • 1962 - A Noite Eterna ... Alexandre
  • 1962 - A Intrusa
  • 1963 - Grande Teatro Tupi ... (Episódio: "O Tempo e os Conways")
  • 1963 - 2-5499 Ocupado ... Larry
  • 1964 - Uma Sombra em Minha Vida ... Eduardo
  • 1964 - Mãe ... Betinho
  • 1964 - Ambição ... Miguel
  • 1965 - A Deusa Vencida ... Edmundo Amarante
  • 1965 - Pedra Redonda 39
  • 1966 - Almas de Pedra ... Danilo
  • 1966 - As Minas de Prata
  • 1967 - Os Galãs Atacam de Madrugada ... Tarcísio
  • 1967 - O Grande Segredo ... Celso
  • 1968 - Sangue e Areia ... Juan Galhardo
  • 1968 - A Gata de Vison ... Bob Ferguson
  • 1969 - Rosa Rebelde ... Sandro de Aragão / Fernando de Aragão
  • 1970 - Irmãos Coragem ... João Coragem
  • 1971 - O Homem Que Deve Morrer ... Ciro Valdéz
  • 1971 - A Pérola
  • 1972 - Caso Especial ... Renato (Episódio: "Meu Primeiro Baile")
  • 1973 - Cavalo de Aço ... Rodrigo
  • 1973 - Praias Desertas
  • 1973 - O Semideus ... Hugo Leonardo Filho / Raul de Paula
  • 1975 - Escalada ... Antônio Dias
  • 1976 - Saramandaia ... Dom Pedro I (Episódio: "3 de maio")
  • 1977 - Espelho Mágico ... Diogo Maia / Ciro
  • 1979 - Os Gigantes ... Fernando Lucas
  • 1980 - Coração Alado ... Juca Pitanga
  • 1981 - Brilhante ... Paulo César Ribeiro
  • 1982 - Caso Verdade ... Theo Faron (Episódio "Filhos da Esperança")
  • 1983 - Guerra dos Sexos ... Felipe de Alcântara Pereira Barreto
  • 1984 - Meu Destino é Pecar ... Paulo de Oliveira
  • 1985 - O Tempo e o Vento ... Capitão Rodrigo Cambará
  • 1985 - Roque Santeiro ... Fazendeiro Emerenciano Castor
  • 1985 - Grande Sertão: Veredas ... Hermógenes
  • 1986 - Roda de Fogo ... Renato Villar
  • 1988 - Tarcísio & Glória ... Bruno Lazzarini
  • 1989 - Tieta ... Ele Mesmo (Episódio: "15 de dezembro")
  • 1990 - Desejo ... Euclides da Cunha
  • 1990 - Araponga ... Aristênio Catanduva
  • 1991 - Especial Escolinha do Professor Raimundo: 25 Anos dos Trapalhões ... Seu Ptolomeu
  • 1992 - De Corpo e Alma ... Diogo Santos Varela
  • 1993 - Você Decide ... (Episódio: "A Barganha")
  • 1993 - Fera Ferida ... Feliciano Mota da Costa
  • 1994 - Pátria Minha ... Raul Pelegrini
  • 1996 - Mundo VIP ... Ele Mesmo (Participação Especial)
  • 1996 - O Rei do Gado ... Giuseppe Berdinazzi (1ª fase)
  • 1996 - A Vida Como Ela É ... Jacinto (Episódio: "Futura Sogra")
  • 1998 - Torre de Babel ... César Toledo
  • 1998 - Hilda Furacão ... Coronel João Possidônio
  • 1999 - Você Decide ... (Episódio "O Pacto")
  • 2000 - A Muralha ... Dom Jerônimo Taveira
  • 2000 - Sandy & Junior ... Eduardo Teles de Mendonça (Episódio: "S.O.S. Paty")
  • 2001 - Um Anjo Caiu do Céu ... João Medeiros
  • 2001 - Sai de Baixo ... Ivo (Episódio: "Rebu de Natal")
  • 2002 - O Beijo do Vampiro ... Bóris Vladescu / Igor Pivomar
  • 2004 - Um Só Coração ... Antônio Sousa Borba (Totonho)
  • 2004 - Senhora do Destino ... Zé Carlos Tedesco (Episódios: "24-26 de julho")
  • 2005 - Bang Bang ... John McGold
  • 2006 - Páginas da Vida ... Aristides Martins de Andrade (Tide)
  • 2007 - Duas Caras ... Hermógenes Rangel (Participação Especial)
  • 2008 - A Favorita ... Frederico Copola
  • 2010 - Cama de Gato ... Ele Mesmo (Episódio: "9 de abril")
  • 2010 - Afinal, o Que Querem as Mulheres? ... Romeu Newmann
  • 2011 - Insensato Coração ... Teodoro do Amaral
  • 2012 - Louco Por Elas ... Papai Noel (Episódio "O Natal")
  • 2012 - Gabriela ... Juiz Roberto Lima (Episódios: "9-25 de outubro")
  • 2013 - Saramandaia ... Tibério Vilar
  • 2016 - Velho Chico ... Jacinto de Sá Ribeiro (Episódio: "14 de março")
  • 2016 - A Lei do Amor ... Fausto Leitão
  • 2018 - Orgulho e Paixão ... Sir George Magnus Williamson (Lorde Williamson)
  • 2020 - Os Casais Que Amamos ... Ele Mesmo (Episódio: " 6 de junho")

Cinema
  • 1963 - Casinha Pequenina ... Nestor
  • 1965 - A Desforra
  • 1969 - Quelé do Pajeú ... Quelé (Clemente)
  • 1969 - Máscara da Traição ... Carlos
  • 1969 - Verão de Fogo ... Assassino
  • 1970 - Amemo Nus (Inacabado)
  • 1971 - As Confissões de Frei Abóbora ... Mauro
  • 1972 - Independência ou Morte ... Dom Pedro I
  • 1972 - Missão: Matar ... Inspetor José da Silva
  • 1974 - O Marginal ... Valdo
  • 1977 - Elza e Helena
  • 1979 - O Caçador de Esmeraldas ... Capitão-mor
  • 1979 - A República dos Assassinos ... Mateus
  • 1981 - O Beijo no Asfalto ... Aprígio
  • 1981 - Eu Te Amo ... Ulisses
  • 1981 - A Idade da Terra ... Cristo Militar
  • 1982 - Amor Estranho Amor ... Drº Osmar
  • 1983 - O Cangaceiro Trapalhão ... Namorado da Aninha
  • 1987 - Eu ... Marcelo
  • 1989 - Solidão, Uma Linda História de Amor
  • 1990 - Boca de Ouro ... Boca de Ouro
  • 2007 - Anabazys ... Ele Mesmo
  • 2011 - Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo! - Ramon Velasco

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #TarcisioMeira

Paulo José

PAULO JOSÉ GÓMEZ DE SOUSA
(84 anos)
Ator, Roteirista e Diretor

☼ Lavras do Sul, RS (20/03/1937)
┼ Rio de Janeiro, RJ (11/08/2021)

Paulo José Gómez de Sousa foi um ator, roteirista e diretor, nascido em Lavras do Sul, RS, no dia 20/03/1937.

Paulo José iniciou a carreira artística em 1966 no filme "O Padre e a Moça" (1966), no papel do padre. Posteriormente foi protagonista de várias comédias no cinema, como "Todas as Mulheres do Mundo" (1966), "Edu, Coração de Ouro" (1968) e "O Rei da Noite" (1975), obras que lhe consolidaram como Melhor Ator pelo Festival de Brasília.

Na televisão, Paulo José estreou em 1969 como Zé Mário na telenovela "Véu de Noiva" (1969), mas a consagração viria dois anos depois, ao interpretar o personagem Samuca na telenovela "Assim na Terra Como no Céu" (1970).

Em 1972 destacou-se ao lado de Flavio Migliaccio na telenovela "O Primeiro Amor" (1972), com quem depois formaria a dupla cômica Shazan e Xerife.

Paulo José começou a fazer teatro em 1955, em Porto Alegre, onde ajudou a criar o Teatro de Equipe, com Paulo César Pereio, Lilian Lemmertz, Ítala NandiFernando Peixoto, entre outros.

Em 1954, atuou na sua primeira peça, "O Muro", de Jean Paul Sartre/Lineu Dias. Entre inúmeros trabalhos no teatro, destacam-se "Os Fuzis da Senhora Carrar", de Brecht, "A Mandrágora", de Maquiavel, "O Filho do Cão", de Gianfrancesco Guarnieri, no qual foi também diretor, e "Tartufo", de Molière.

Paulo José dirigiu e atuou na montagem carioca de "Arena Conta Zumbi" (1965). Esteve durante algum tempo afastado dos palcos, tendo regressado em outubro de 2009 para participar de "Um Navio no Espaço ou Ana Cristina Cesar".

Em São Paulo, Paulo José formou, junto com Gianfrancesco Guarnieri, Augusto Boal, Juca de Oliveira, Paulo Cotrim e Flávio Império, o grupo que adquiriu o Teatro de Arena, criado por José Renato em 1962.

Paulo José, Isabela Garcia e Flávio Migliaccio
Carreira na Televisão

Paulo José iniciou sua trajetória em 1969 na telenovela "Véu de Noiva" (1969), como Zé Mário. Nos dois anos seguintes deu vida aos personagens Samuca e André, em "Assim na Terra Como no Céu" (1970) e "O Homem Que Deve Morrer" (1971), respectivamente.

Deu vida ao personagem Shazan, em "O Primeiro Amor" (1972) e no seriado "Shazan, Xerife e Cia." (1972). Posteriormente concluiu o decênio participando das obras "Supermanoela" (1974), como Marcelo e "O Casarão" (1976), como Jarbas Martins.

Em 1985 retornou à televisão para viver Alvarino na minissérie "O Tempo e o Vento" (1985) e como pai da Zelda em "Armação Ilimitada" (1985).

Em 1986, deu vida ao empresário Celso Rezende, em "Roda de Fogo" (1986).

Em 1988 participou das obras "Olho Por Olho" (1988) e "Vida Nova" (1988), interpretando Marcelo Fernandes e o italiano Francesco, respectivamente.

Paulo José encerrou a década na pele do cineasta Gregório, em "Sampa" (1989) e Gladstone em "Tieta" (1989).

No início da década de 1990 participou do seriado "Delegacia de Mulheres" (1990), como o Drº Dario Gentil e na telenovela "Araponga" (1990) como o astrônomo Érico Saldanha, além de viver Ivan em "Vamp" (1991).

Paulo José, Renata Sorrah e Armando Bógus (1976)
Entre 1992 e 1993, foi diretor do programa "Você Decide", nos episódios "Em Nome do Filho", "A Outra", "O Desaparecido", "Mal Secreto", "Palavras de Amor" e "Isca de Polícia".

Paulo José esteve no elenco de "O Mapa da Mina" (1993), como Ivo Simeone e participou de "Olho no Olho" (1993).

Em 1994 foi Pedro na minissérie "A Madona de Cedro" (1994) e foi diretor do episódio "A Dívida", em "Você Decide".

Em 1995 viveu o ascensorista em "Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados" (1995), Claudionor, em "Decadência" (1995) e Jairo, em "Explode Coração" (1995).

Em 1997, fez uma participação especial em "A Justiceira" (1997), no episódio "Filha Única" e interpretou Orestes na telenovela "Por Amor" (1997).

Em 1998 foi Shazan em "Era Uma Vez..." (1998) e o empresário Otacílio Martins Fraga, na minissérie "Labirinto" (1998).

Paulo José fechou a década interpretando o inspetor de polícia Monteiro, em "Luna Caliente" (1999).

No início da década de 2000 interpretou o padre Simão na minissérie "A Muralha" (2000), foi Alceu na telenovela "Um Anjo Caiu do Céu" (2001), além de participar do elenco de "Agora é Que São Elas" (2003) como o Drº Benigno, e fazer uma aparição em "Celebridade" (2003).

Paulo José, Leandra Leal e Eliane Giardini.
Em 2004 esteve em "Senhora do Destino" (2004), como Artur Fonseca. Narrou passagens do primeiro capítulo de "Como Uma Onda" (2004), além de atuar em "Um Só Coração" (2004), como o Drº Varela e na minissérie "O Pequeno Alquimista" (2004) viveu Zaratustra.

Em 2006 viveu Augusto Elias na minissérie "JK" (2006).

Em 2008, participou da série "Casos e Acasos" (2008), no episódio "A Vaga, a Entrevista e o Cachorro Quente", como Álvaro. Encarnou o Vigário da Paróquia em "Capitu" (2008) e esteve na telenovela "Ciranda de Pedra" (2008), como Quincas.

Paulo José encerrou a década como o Profeta Gentileza, em "Caminho das Índias" (2009).

Em 2010 interpretou José Pedro, no seriado "Na Forma da Lei" (2010).

Em 2011 deu vida a Plínio na telenovela "Morde & Assopra" (2011).

Em 2012 participou da série "As Brasileiras" (2012), como Rômulo no episódio "Maria do Brasil".

Seu último papel foi na novela "Em Família" (2014), de Manoel Carlos. Na obra, ele interpretou Benjamin, um personagem que, assim como na vida real de Paulo José, sofria com o Mal de Parkinson, e ia morar com a família depois de anos sem ver o filho Virgílio, papel de Humberto Martins.

Carreira no Cinema

Paulo José estreou no cinema em 1966, interpretando o Padre em "O Padre e a Moça" (1966), sendo eleito Melhor Ator pelo Prêmio Saci. No mesmo ano destacou-se como Paulo, em "Todas as Mulheres do Mundo" (1966), sendo eleito Melhor Ator em três premiações: Festival de Brasília, Prêmio INC e Prêmio Air France.

Em 1967, interpretou Bernardo, em "Bebel, Garota Propaganda" (1967) e Edu, em "Edu, Coração de Ouro" (1967), papel que o consagrou como Melhor Ator, novamente, no Festival de Brasília.

Em 1968 esteve em cinco longas: "A Vida Provisória" (1968), como Estêvão, "As Amorosas" (1968), como Marcelo, "Como Vai, Vai Bem?" (1968), interpretando os personagens Astolfo Torcedor, Voyeurista, Padrasto, Delegado, Padre Bentinho e Travesti, "O Homem Nu" (1968), como Silvio Proença e em "Os Marginais" (1968).

Paulo José concluiu a década no filme "Macunaíma" (1969) como Macunaíma branco e Mãe, premiado como Melhor Ator no Festival de Manaus.

Em 1971 interpretou Heitor no filme "A Culpa" (1971) e Gaudêncio em "Gaudêncio, o Centauro dos Pampas" (1971).

Em 1972 deu vida ao personagem Cassy Jones, em "Cassy Jones, o Magnífico Sedutor" (1972) e esteve no elenco de "Humor Amargo".


Em 1975 viveu Tertuliano em "O Rei da Noite" (1975), personagem que lhe premiou como Melhor Ator no Festival de Brasília pela terceira vez na carreira.

Após ausência no cinema por seis anos, voltou como Padre Bastos em "Eles Não Usam Black-Tie" (1981) e participou da obra "O Homem do Pau-Brasil" (1982).

Em 1983 foi Evandro em "A Difícil Viagem" (1983), papel que lhe rendeu o prêmio de Melhor Intérprete, pelo Festival do Rio de Janeiro.

Em 1988 fez uma participação especial como Augusto em "O Mentiroso" (1988).

Paulo José concluiu o decênio participando de dois longas, "Dias Melhores Virão" (1989) como Pompeu e "Faca de Dois Gumes" (1989) como Jorge Bragança, e no curta "Ilha das Flores" (1989), responsável pela voz da narração.

No início da década de 1990, Paulo José, participou dos curta-metragens "Os Moradores da Rua Humboldt" (1991) e três anos mais tarde foi o narrador de "Amor!" (1994).

Em 1997 esteve no longa-metragem "Anahy de las Misiones" (1997), como Joca Ramires e foi o narrador em "O Velho – A História de Luiz Carlos Prestes" (1997).

Paulo José deu vida aos personagens Policarpo e Tio Manántonio, em "Policarpo Quaresma, Herói do Brasil" (1998) e "Outras Estórias" (1998), respectivamente.

Em 2001, Paulo José esteve em "Dias de Nietzsche em Turim" (2001) e "Poeta de Sete Faces" (2001).


Em 2002, Paulo José atuou em "Morte" (2002), "O Casal dos Olhos Doces (2002) e "Oswaldo Cruz na Amazônia" (2002), como narrador.

Em 2003 participou dos longas-metragens "Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria" (2003) e "O Homem que Copiava" (2003).

Em 2004 interpretou o personagem principal de "Benjamim" (2004), foi narrador em "Como Fazer um Filme de Amor" (2004), encarnou o Drº Espanhol em "O Vestido" (2004), esteve no documentário "Person" (2004), narrou o filme "500 Almas" (2004).

Paulo José deu vida a Otaviano em "Saneamento Básico, o Filme" (2007), foi Papai Noel em "Pequenas Histórias" (2007).

Paulo José concluiu a década atuando no cinema por mais três vezes atuando como padre em "A Festa da Menina Morta" (2008), o judeu David em "Juventude" (2008) e participou do filme "Insolação" (2009).

Em 2010 fez o papel principal em "Quincas Berro d'Água" (2010).

Paulo José deu vida a Armando em "Meu País" (2011) e viveu Valdemar em "O Palhaço" (2011). Posteriormente esteve no elenco de "Rânia" (2011) e "Luz, Anima, Ação" (2013) concluindo a década no documentário "Todos os Paulos do Mundo" (2018), em homenagem a ele mesmo.

Paulo José e as filhas.
Vida Pessoal

Paulo José foi casado com Dina Sfat, com quem teve três filhas, as atrizes Bel Kutner, Ana Kutner e Clara Kutner. Com a atriz Beth Caruso, com quem teve um filho, Paulo Caruso, e com Zezé Polessa. Paulo José viveu com Carla Camurati entre 1983 e 1986.

Morte

Paulo José foi diagnosticado com Mal de Parkinson em 1992, doença degenerativa que afeta o sistema nervoso central e não tem cura.

Paulo José faleceu na noite de quarta-feira, 11/08/2021, aos 84 anos. Ele estava internado no Rio de Janeiro há 20 dias e faleceu em decorrência de uma pneumonia.

Filmografia

Televisão
  • 1969 - Véu de Noiva ... José Mário (Zé Mário)
  • 1970 - Assim na Terra Como no Céu ... Samuca
  • 1971 - O Homem Que Deve Morrer ... André Vila Verde
  • 1972 - O Primeiro Amor ... Shazan
  • 1972 - Shazan, Xerife & Cia. ... Shazan
  • 1974 - Super Manoela ... Marcelo
  • 1975 - Gabriela ...  Alceu
  • 1976 - O Casarão ... Jarbas Martins
  • 1985 - O Tempo e o Vento ... Alvarino
  • 1985 - Armação Ilimitada ... Pai de Zelda
  • 1986 - Roda de Fogo ... Celso Rezende (Episódio: "24-26 de Agosto")
  • 1988 - Olho Por Olho ... Marcelo Fernandes
  • 1988 - Vida Nova ... Francesco
  • 1989 - Sampa ... Gregório
  • 1989 - Tieta ... Gladstone
  • 1990 - Delegacia de Mulheres ... Drº Dario Gentil
  • 1990 - Araponga ... Érico Saldanha
  • 1991 - Vamp ... Ivan
  • 1992 - Você Decide ... (Episódio: "O Desaparecido")
  • 1992 - Você Decide ... Tony (Episódio: "Mal Secreto")
  • 1992 - Você Decide ... (Episódio: "Palavras de Amor")
  • 1993 - O Mapa da Mina ... Ivo Simeone
  • 1993 - Você Decide ... (Episódio: "Isca de Polícia")
  • 1993 - Olho no Olho ... Menelau Zapata
  • 1994 - A Madona de Cedro ... Pedro
  • 1994 - Você Decide ... Dino Savazzi (Episódio: "A Dívida")
  • 1995 - Engraçadinha, Seus Amores e Seus Pecados ... Ascensorista
  • 1995 - Decadência ... Cego
  • 1995 - Explode Coração ... Jairo
  • 1997 - A Justiceira ... Varela (Episódio: "Filha Única")
  • 1997 - Por Amor ... Orestes Greco
  • 1998 - Era Uma Vez... ... Shazan
  • 1998 - Labirinto ... Otacílio Martins Fraga
  • 1999 - Luna Caliente ... Monteiro
  • 2000 - A Muralha ... Padre Simão
  • 2001 - Um Anjo Caiu do Céu ... Alceu
  • 2003 - Agora é Que São Elas ... Drº Benigno
  • 2003 - Celebridade ... Ele mesmo (Episódio: "29/12")
  • 2004 - Senhora do Destino ... Drº Arthur Fonseca (Episódios: "29/09 - 09/10")
  • 2004 - Como Uma Onda ... Narrador do Primeiro Capítulo (Episódio: "22/11")
  • 2004 - Um Só Coração ... Drº Varela
  • 2004 - O Pequeno Alquimista ... Zaratustra
  • 2006 - JK ... Augusto Elias
  • 2008 - Casos e Acasos ... Fúlvio (Episódio: "A Vaga, a Entrevista e o Cachorro Quente")
  • 2008 - Capitu ... Vigário da Paróquia
  • 2008 - Ciranda de Pedra ... Quincas (Episódios: "18/09 e 03/10")
  • 2009 - Caminho das Índias ... Profeta Gentileza
  • 2010 - Na Forma da Lei ... José Pedro
  • 2011 - Morde & Assopra ... Plínio Alves Junqueira
  • 2012 - As Brasileiras ... Rômulo (Episódio: "Maria do Brasil")
  • 2014 - Em Família ... Benjamin Machado

Cinema
  • 1966 - O Padre e a Moça ... Padre
  • 1966 - Todas as Mulheres do Mundo ... Paulo
  • 1967 - Bebel, Garota Propaganda ... Bernardo
  • 1967 - Edu, Coração de Ouro ... Edu
  • 1968 - A Vida Provisória ... Estevão
  • 1968 - As Amorosas ... Marcelo
  • 1968 - Como Vai, Vai Bem? ... Astolfo / Padre Bentinho
  • 1968 - O Homem Nu ... Sílvio Proença
  • 1968 - Os Marginais ... Guilherme
  • 1969 - Macunaíma ... Macunaíma Branco / Mãe do Macunaíma
  • 1971 - A Culpa ... Heitor
  • 1971 - Gaudêncio, o Centauro dos Pampas ... Gaudêncio
  • 1972 - Cassy Jones, o Magnífico Sedutor ... Cassy Jones
  • 1973 - Humor Amargo ... Amigo
  • 1975 - O Rei da Noite ... Tezinho
  • 1981 - Eles não Usam Black-Tie ... Padre Bastos
  • 1981 - O Homem do Pau-Brasil ... Mensageiro do Navio
  • 1983 - A Difícil Viagem ... Evandro
  • 1988 - O Mentiroso ... Augusto
  • 1989 - Dias Melhores Virão ... Pompeu
  • 1989 - Faca de Dois Gumes ... Jorge Bragança
  • 1989 - Ilha das Flores ... Narrador
  • 1991 - Moradores da Rua Humboldt
  • 1994 - Amor! ... Narrador
  • 1997 - Anahy de las Misiones ... Joca Ramírez
  • 1997 - O Velho - A História de Luís Carlos Prestes ... Narrador
  • 1998 - Policarpo Quaresma, Herói do Brasil ... Policarpo
  • 1999 - Outras Estórias ... Tio Manantonio
  • 2002 - Dias de Nietzsche em Turim
  • 2002 - Morte ... Ele
  • 2002 - O Casal dos Olhos Doces ... Homem no Bar
  • 2002 - Oswaldo Cruz na Amazônia ... Narrador
  • 2002 - Poeta de Sete Faces
  • 2003 - Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria
  • 2003 - O Homem Que Copiava ... Paulo
  • 2004 - Benjamim ... Benjamim
  • 2004 - Como Fazer um Filme de Amor ... Narrador
  • 2004 - O Vestido ... Drº Espanhol
  • 2004 - Person ... Ele Mesmo
  • 2005 - 500 Almas ... Narrador
  • 2006 - Saneamento Básico, o Filme ... Otaviano Marghera
  • 2007 - Insolação ... Narrador
  • 2008 - A Festa da Menina Morta ... Padre
  • 2008 - Juventude ... Davi Weissman
  • 2008 - Pequenas Histórias ... Arlindo
  • 2010 - Quincas Berro D'Água ... Quincas Berro D'Água
  • 2011 - Meu País ... Armando
  • 2011 - O Palhaço ... Valdemar / Puro Sangue
  • 2013 - Rânia
  • 2013 - Luz, Anima, Ação ... Ele Mesmo
  • 2018 - Todos os Paulos do Mundo ... Ele Mesmo

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #PauloJose