Sérgio Cardoso

SÉRGIO FONSECA DE MATTOS CARDOSO
(47 anos)
Ator

* Belém, PA (15/03/1925)
+ Rio de Janeiro, RJ (18/08/1972)

Formou-se em Direito no Rio de Janeiro e sonhava com o Itamarati, queria ser diplomata. Despertou para o teatro ao conhecer o Teatro Universitário do Rio de Janeiro e sua estréia foi no papel título de "Hamlet" de William Shakespeare. O sucesso foi tão grande que ele desistiu de tudo e se decidiu pela carreira de ator.

Foi para o Teatro Brasileiro de Comédia de São Paulo. Fez peças importantes, como: "Entre Quatro Paredes", "A Ópera dos Três Vinténs", "Do Mundo Nada Se Leva", "Seis Personagens à Procura de um Autor", "Convite ao Baile", "A Falecida", "A Raposa e as Uvas" e "A Ceia dos Cardeais".


Em 1949 fundou sua própria companhia teatral, o Teatro dos Doze em sociedade com a atriz Nydia Licia com que foi casado por muitos anos e teve uma filha, Silvia.

Na TV Tupi, Sérgio Cardoso fez várias telenovelas de sucesso: "O Sorriso de Helena", "O Cara Suja", "O Preço de Uma Vida", "O Anjo e o Vagabundo", "Somos Todos Irmãos" e "Antônio Maria". Essa última, escrita por Geraldo Vietri, que fez ao lado de Aracy Balabanian, foi seu maior sucesso na TV.

Em 1968, realizou "O Santo Mestiço", novela sobre a vida de "São Martinho de Porres".

Em 1969 ele foi para a TV Globo, onde fez: "A Cabana do Pai Tomás", "Pigmaleão 70", "A Próxima Atração" e "O Primeiro Amor". Foi este seu último trabalho.

Sérgio Cardoso faleceu no dia 18/08/1972, aos 47 anos, vítima de um ataque cardíaco.

Ele teve que ser substituído por Leonardo Villar, um de seus melhores amigos, já que a telenovela ainda tinha vários capítulos para serem gravados e ele fazia o principal papel.


Mais de vinte mil pessoas acompanharam o enterro do ator em São Paulo. Onde ele formou sua companhia de teatro. No local onde ele fundou a companhia de teatro, no bairro da Bela Vista, hoje existe o Teatro Sérgio Cardoso.

Após sua morte houve rumores que o ator havia sido enterrado vivo, fato que é negado por parentes e amigos.

Televisão

  • 1964 - O Sorriso de Helena ... Fernando
  • 1965 - O Cara Suja ... Ciccílio
  • 1965 - O Preço de Uma Vida ... Drº Valcourt
  • 1966 - O Anjo e o Vagabundo ... Drº Renato
  • 1966 - Somos Todos Irmãos ... Samuel
  • 1967 - Paixão Proibida ... Rogério
  • 1968 - O Santo Mestiço ... Martinho de Porres / Padre Ramiro
  • 1968 - Antônio Maria ... Antônio Maria
  • 1969 - A Cabana do Pai Tomás ... Pai Tomás
  • 1970 - Pigmalião 70 ... Fernando Dalba
  • 1971 - A Próxima Atração ... Rafael Borges (Rodrigo)
  • 1972 - O Primeiro Amor ... Professor Luciano Lima

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #SergioCardoso

4 comentários:

  1. Ótimo escrever e mostrar o grande Sergio Cardoso. Ator diferente, raro, talentoso mesmo. Apenas uma correção, ele faleceu na cidade do Rio de Janeiro, ainda Estado da Guanabara. Obrigado
    J G Fajardo

    ResponderExcluir
  2. J G Fajardo, agradeço a ajuda. A correção foi feita e eu havia esquecido de deixar aqui o meu agradecimento. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha 9 anos quando Sérgio faleceu, mas lembro muito bem de toda esta história sobre ele ter sido enterrado vivo. Criança, eu fiquei com aquilo na cabeça por muito tempo, tentando imaginar o desespero de alguém viver seus últimos momentos de vida, nessa situação!

    ResponderExcluir
  4. Soube que no caso da morte deste ator seu médico particular havia viajado e quando retornou e soube de sua morte, informou que seu cliente sofria de "catalepsia". Ao reabrirem o túmulo e revistarem o caixão, havia marcas de unhas na tampa parecendo suposta tentativa de sair, sendo que seu corpo desta vez estava de bruços.
    .

    Afinal, qual foi a causa da morte de Sérgio Cardoso? Em que lugar e condições foi encontrado, antes de o terem sepultado?
    .

    Ainda criança lembro-me deste caso ter sido contado e recontado inúmeras vezes anos a fio, por isto acho estranho ser desmentido pela família nos dias de hoje. De qualquer modo, faço votos que realmente a família tenha razão e que esta coisa horrível não tenha ocorrido.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!