Daniel Pádua

DANIEL PÁDUA
(29 anos)
Programador, Ativista Digital, Hacker e Músico

* Vila Velha, ES (22/01/1980)
+ Brasília, DF (20/11/2009)

Daniel Pádua, também conhecido como Dpadua, ficou conhecido internacionalmente ao criar em 2002 o BlogChalking. Foi um dos idealizadores e articuladores da rede MetaReciclagem, uma rede auto-organizada e diversas vezes premiada que propõe a desconstrução da tecnologia para a transformação social, e cuja criação se deu por uma troca de emails na lista de discussão do projeto Metá:fora em 2002.

O Despertar Nartisan

Em 2003, ainda no Metá:fora, Daniel Pádua escreveu o "Manifesto Nartisan", contração de networks' artisan, ou artesão de redes. Filosofia emergente de ação social, o manifesto cita o despertar como a hora de se agir por conta própria, de perceber que os instrumentos para tecer a rede foram conquistados há tempos, mas que agora são oferecidos como uma forma de controle. Então a necessidade, impulsionada pelo inconformismo, "acende a fagulha da criatividade, e o artesão enxerga instrumentos alternativos dispersos pelo espaço, ignorados pela autoridade/controle. E através suas técnicas improvisadas faz acontecer o que busca."

BlogChalking

Motivado pela vontade de encontrar pessoas vizinhas que, como ele, "usam diariamente a internet e escrevem seus pensamentos", Daniel Pádua criou o conceito pioneiro de agregação de redes sociais BlogChalking, que permite a classificação geográfica de blogs. Foi então ao topo do ranking do Daypop, destacado pelo Blogdex e indicado para o Third Annual Weblog Awards em 2003 na categoria Best Meme. Daniel Pádua era o único brasileiro a concorrer nesta edição.

Trabalho no Governo Brasileiro

Em 2004, Daniel Pádua começou a trabalhar no Ministério da Cultura, onde iniciou a aplicação do conceito de Xemelê junto à equipe de manutenção do portal público da entidade.

Em maio de 2008, passou a integrar a equipe de multimídia da Empresa Brasil de Comunicação. Desenvolveu a arquitetura de informação, desenho e implementação da ferramenta Wordpress, em conjunto com o programador Walter Cruz, para os websites de cobertura integrada da Empresa Brasil de Comunicação: Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Pequim, Eleições 2008, Carnaval 2009 e do Fórum Social Mundial de Belém do Pará.

Ainda na Empresa Brasil de Comunicação, durante o processo de produção do website Eleições 2008, desenvolveu a idéia inicial de uma ferramenta que permitisse a integração dos resultados da apuração com a tela da TV, ferramenta esta que substituiu o uso de gerador de caracteres, agilizando a cobertura dos resultados pela TV Brasil. No segundo turno das eleições 2008 o painel foi liberado no site para o público de casa interagir com a cobertura eleitoral. Depois de preencher nome, estado e cidade de procedência, o espectador escolhia os números de apuração de uma cidade que gostaria de ver no telão ao vivo da TV Brasil, interferindo, de forma inédita, no conteúdo de uma emissora de TV brasileira.

Ainda em 2009, participou da equipe que originou o Blog do Planalto, iniciativa inédita no Palácio do Planalto, projetada para dar mais visibilidade às decisões políticas da Presidência da República Brasileira.

Música

Daniel Pádua também era músico. Ao se mudar para Brasília, passou a fazer parte do grupo de samba pisado chamado Seu Estrelo E O Fuá Do Terreiro, contemplado pelo Prêmio Culturas Populares 2007 promovido pelo Ministério da Cultura. Uma reportagem sobre o grupo foi veiculada no Jornal Nacional do dia 9 de dezembro de 2006.

Morte

Daniel Pádua faleceu em 20 de novembro de 2009, em decorrência de um Câncer Ósseo (Osteossarcoma) que evoluiu até lhe atingir os pulmões. Seu corpo foi velado e cremado em Belo Horizonte, cidade onde viveu boa parte de sua vida.

A sua morte foi citada em vários veículos de comunicação e também por companheiros de trabalho e ativismo pela rede. Após sua morte, camisetas com seu ícone foram criadas como forma de homenagem.

O Ministério da Cultura, por meio da Carta da Cultura Digital Brasileira, dedicou o Fórum da Cultura Digital Brasileira a ele:

"Este fórum é dedicado ao amigo, companheiro e construtor de imaginários Daniel Pádua, que partiu na manhã do dia 20 de novembro, dia de Zumbi e da Cultura Digital Brasileira."

Ele também foi homenageado na abertura da 8ª Oficina de Inclusão Digital por Alfredo Manevy, Secretário Executivo do Ministério da Cultura, e por Rodrigo Assumpção, presidente da Dataprev.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!