Dona Canô

CLAUDIONOR VIANA TELES VELOSO
(105 anos)
Cidadã Baiana Centenária

* Santo Amaro da Purificação, BA (16/09/1907)
+ Santo Amaro da Purificação, BA (25/12/2012)

Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, era uma cidadã baiana centenária. Mãe de seis filhos, entre eles os músicos Caetano Veloso e Maria Bethânia. É viúva de José Teles Veloso, Seu Zeca, funcionário público dos Correios e Telégrafos, falecido em 13 de dezembro de 1983, aos 82 anos.

Considerada uma das mais ilustres cidadãs de Santo Amaro da Purificação, teve publicadas suas memórias no livro "Canô Veloso, Lembranças Do Saber Viver", escrito pelo historiador Antônio Guerreiro de Freitas e por Arthur Assis Gonçalves da Silva, falecido antes do término da obra.

Dona Canô organizava periodicamente Terno de Reis na cidade.

Dona Canô e Lula

Em 2009, Caetano Veloso, em entrevista a O Estado de São Paulo ao qual declara seu apoio à candidatura de Marina Silva, disse:

"Não posso deixar de votar nela. É por demais forte, simbolicamente, para eu não me abalar. Marina é Lula e é Obama ao mesmo tempo. Ela é meio preta, é cabocla, é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula, que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem."
(Caetano Veloso, O Estado de São Paulo)

Esta frase em especial causou grande repercussão, chegando a fazer com que Dona Canô quisesse ligar para o presidente Lula para pedir desculpas por Caetano Veloso.

"Lula não merece isso. Quero muito bem a ele. Foi uma ofensa sem necessidade. Caetano não tinha que dizer aquilo. Vota em Lula se quiser, não precisa ofender nem procurar confusão."
(Dona Canô)

A polêmica praticamente se encerrou após Lula ligar pessoalmente para Dona Canô e perdoar Caetano Veloso.

"Não fique chateada, preocupada, porque gosto muito da senhora e gosto do Caetano também. Está tudo bem, essas coisas acontecem."
(Presidente Lula)

Sobre a Fama

Dona Canô também era cantora, e fez grandes cantos religiosos. Apareceu em alguns vídeos na internet, cantando com os filhos.

Quando perguntada sobre a própria fama, Dona Canô diz que não entende a razão:

"Apenas fiquei conhecida por causa de meus dois filhos que nunca se esqueceram de onde vieram nem da mãe que têm."
(Dona Canô)

Celebração

No dia 16 de setembro 2012 a cidade de Santo Amaro recebeu mais uma vez a celebração pelo aniversário da matriarca dos Veloso que completou 105 anos em 2012.

O aniversário de Dona Canô foi festejado com uma missa na Igreja da Purificação seguida de uma festa na casa da família, que este ano foi restrita para os mais íntimos.

Saúde

Em 07/07/2011, Dona Canô foi hospitalizada com dores abdominais e falta de ar. Durante o período de uma semana, os boletins médicos do hospital, assinados pelo médico pneumologista Guilherme Montal e pelo cirurgião Paulo Amaral, assinalavam que a paciente respirava sem ajuda de aparelhos e estava lúcida.

Morte

Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, morreu aos 105 anos, na terça-feira, 25/12/2012, em sua residência localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação. Dona Canô esteva internada por seis dias, recebendo alta do Hospital São Rafael, em Salvador, na sexta-feira, 21/12/2012. Ela tinha sofrido um ataque isquêmico cerebral, que gera redução do fluxo de sangue nas artérias do cérebro, segundo informou o boletim médico.

De acordo com informações de Edson Nascimento, amigo da família, Dona Canô pediu um vestido novo e branco para deixar o hospital. Foi com ele que ela foi vestida para a cidade, acompanhada da filha Mabel. Maria Bethânia acompanhou a transferência da mãe.

Antes da alta, seu quadro neurológico era considerado agudo, mas ela seguia consciente e respirava sem ajuda de aparelhos.

Dona Canô era considerada uma das mais ilustres cidadãs de Santo Amaro da Purificação, na Bahia. Teve suas memórias publicadas no livro "Canô Velloso, Lembranças do Saber Viver", de Antônio Guerreiro de Freitas e Arthur Assis Gonçalves.

Fonte: Wikipédia, A Tarde e G1
Indicação: Pedro Lex  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!