Nelson Ned

NELSON NED D'ÁVILA PINTO
(66 anos)
Cantor e Compositor

* Ubá, MG (02/03/1947)
+ Cotia, SP (05/01/2014)

Nelson Ned d'Ávila Pinto foi um cantor brasileiro. Primogênito dos 7 filhos de Nelson de Moura Pinto e Ned d´Ávila Pinto, ele saiu de Ubá, MG, para tentar a vida no Rio de Janeiro aos 17 anos. Começou bem distante dos palcos, trabalhando em uma linha de montagem de uma fábrica de chocolates. Cantou em boates paulistas e cariocas antes da maioridade e era escondido embaixo do balcão das casas quando o Juizado de Menores passava para fiscalizar.

Sua primeira gravação como cantor e compositor foi realizada em 1960, pela Polydor, interpretando de Lamartine Babo e Francisco Matoso, "Eu Sonhei Que Tu Estavas Tão Linda" e de Osmar Navarro "Prelúdio à Volta".

Ainda em 1960 fez sucesso com a música "Tamanho Não é Documento", em parceria com Hamilton Gouveia Bastos, referindo-se à sua estatura.

Em 1969, foi o vencedor do I Festival de La Canción, realizado em Buenos Aires, Argentina, onde interpretou sua composição "Tudo Passará", iniciando uma bem sucedida carreira internacional.

Sua composição "Será, Será" foi sucesso no ano de 1969, e no ano seguinte "Se Eu Pudesse Conversar Com Deus". Em 1973, foi a vez de "Não Tenho Culpa de Ser Triste" e em 1984, "Caprichoso", ambas de sua autoria.

Nelson Ned, como compositor, já teve canções gravadas por Moacyr FrancoAntônio MarcosAgnaldo Timóteo entre outros, e internacionais como Matt Monroe. O maior sucesso de sua carreira foi a canção "Tudo Passará", que obteve quarenta regravações, inclusive em versão sertaneja com a dupla João Mineiro & Marciano nos anos 80, que no mesmo disco também gravaram de Nelson Ned o hit "Se Eu Pudesse Falar Com Deus".


Apresentou-se em programas de rádio e TV, atingindo na década de 1980, alta popularidade. Sua carreira de âmbito internacional conta com shows em salas de espetáculo dos Estados Unidos, de diversos países da Europa, África e do México.

Ganhou Discos de Ouro no Brasil, e tem em sua carreira um feito histórico, se apresentar no Carnegie Hall, em Nova York, feito que se repetiu por 4 vezes com lotação total, e no Madison Square Garden. Nelson Ned foi o primeiro artista latino-americano a vender um milhão de discos nos Estados Unidos.

Nelson Ned passou a ser figura recorrente no programa do Chacrinha, que ele considerava o "pai de sua carreira artística". Foi na televisão que conquistou espaço e sucesso com o hit "Tudo Passará", uma de suas primeiras músicas. "Ele foi um divisor de águas na minha vida. Me deu oportunidade e comida. Devo muito ao falecido amigo. Foi muito difícil ser cantor de brega e anão neste país", relembrou Nelson Ned em entrevista em 2012.

Converteu-se à igreja evangélica, e a partir de 1993 passou a gravar somente repertório religioso, tendo conquistado um Disco de Ouro já no seu primeiro lançamento gospel.

Em 1996, foi lançado no Brasil o livro de Jefferson Magno Costa"O Pequeno Gigante da Canção", uma referência à sua condição de anão, o cantor media 1,12 metro de altura, e em 1998, na versão em espanhol, onde sua história de vida é relatada. No livro, ele contou que enfrentou depressão no auge de sua carreira, passou a beber e envolveu-se com drogas.


Morte

Sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em 2003, o que o levou a perder a visão do olho direito. No dia 24/12/2013 passou a viver no Recanto São Camilo, na Granja Viana, em Cotia, próximo a São Paulo, sob a guarda e cuidados de sua irmã Neuma Nogueira. O Acidente Vascular Cerebral afetou sua parte vocal, assim como a memória. O cantor ainda sofria de diabetes, hipertensão e estaria desenvolvendo Mal de Alzheimer.

Poucos dias depois, em 04/01/2014, ele deu entrada no Hospital Regional de Cotia, com infecção respiratória aguda, pneumonia e problemas na bexiga.

Nelson Ned morreu na manhã de domingo, 05/01/2014, no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo. Ele estava internado desde sábado, 04/01/2014, com pneumonia.


Funcionários da Funerária Municipal de Cotia, informaram que Nelson Ned morreu às 7:25 hs em decorrência de "choque septico, sepse, broncopneumonia e acidente vascular cerebral". O corpo será transportado da funerária em Cotia, SP, e levado ao Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, SP, no domingo, 05/01/2014. A princípio, o velório será somente para familiares e depois, será aberto aos fãs.

Segundo a irmã Neuma Nogueira, que cuidava do cantor em São Paulo, Nelson Ned teve infecção pulmonar e urinária e não respondeu ao tratamento. "Ele teve febre muito alta e estava muito debilitado. Nos últimos 2 dias, ele já estava inconsciente e respondia muito pouco", disse.

Nelson Ned foi casado duas vezes e teve três filhos com Marly, sua segunda esposa: duas filhas, de 32 e 33 anos, e um filho, que mora no México. Segundo a irmã Ned Helena, as filhas irão acompanhar o velório em São Paulo.

Discografia

  • 1993 - El Romantico de America (Movieplay)
  • 1992 - Penso em Você (RGE)
  • 1991 - Enamorado (RGE)
  • 1990 - O Poder da Fé Vol. 2 (Copacabana)
  • 1987 - Passei da Conta (EMI-Odeon)
  • 1986 - O Grande Nelson Ned (EMI-Odeon)
  • 1985 - Ao Meu Novo Amor (EMI-Odeon)
  • 1984 - Caprichoso (EMI-Odeon)
  • 1982 - Perdidamente Apaixonado (Harmony/CBS)
  • 1979 - Meu Jeito de Amar (Copacabana)
  • 1977 - Nelson Ned (Copacabana)
  • 1976 - O Poder da Fé (Celestial/Copacabana)
  • 1975 - Meu Ciúme (Copacabana)
  • 1973 - Aos Românticos do Mundo (Copacabana)
  • 1973 - Nelson Ned Vol. 3 (Copacabana)
  • 1972 - Nelson Ned (Copacabana)
  • 1970 - Nelson Ned (Copacabana)
  • 1970 - Eu Também Sou Sentimental (Copacabana)
  • 1969 - Tudo Passará (Copacabana)
  • 1964 - Um Show de Noventa Centímetros (Polydor)


Coletâneas

  • 2003 - Ao Meu Novo Amor (EMI Music)
  • 2000 - 20 Supersucessos Vol. 2 - Nelson Ned (EMI Music)
  • 1998 - Seleção de Ouro - 20 Sucessos (EMI Music)
  • 1992 - Seleção de Outo - Nelson Ned (Beverly)
  • 1973 - Série Colagem (Copacabana)


Compactos / Singles

  • 1963 - Polydor - DCPN 500.012
1. Eu Sonhei Que Tu Estavas Tão Linda
2. Por Onde Eu Vou
3. Prelúdio à Volta
4. Melodias Do Céu

  • 1968 - Chantecler - C-33.6320
1. Tamanho Não é Documento
2. Me Ensine A Viver Sem Você

  • 1969 - Copacabana - 3571
1. Um Recado Para Meu Amor
2. Tamanho Não é Documento
3. Ao Meu Amor (To Sir With Love)
4. O Riso Que Eu Perdi

  • 1970 - Copacabana - 3584
1. Canção Popular
2. Os Bairros Pobres da Cidade
3. Se as Flores Pudessem Falar
4. Dois Corações

  • 1971 - Copacabana - 0983
1. Eu Gosto Tanto de Você
2. Não Diga Não

  • 1971 - Copacabana - 1022
1. Todas As Rosas Vermelhas Do Mundo
2. Daria Tudo Pra Você Estar Aqui 

  • 1971 - Copacabana - 3591
1. Eu Duvido
2. Não Quero Mais Amar (I'll Never Fall In Love Again)
3. Cada Um de Nós Sabe de Si
4. Vida Vida Vida

  • 1972 - Copacabana - 1078
1. A Bíblia
2. Esquece Coração Esquece

  • 1973 - Copacabana - CS-1222
1. Papai Noel Existe
2. Papai Noel Existe

  • 1973 - Copacabana - 3623
1. Não Tenho Culpa de Ser Triste
2. Por Amar-te Assim (De T'avoir Aimee)
3. Ninguém Irá Te Amar Mais do Que Eu
4. Não Precisa Voltar

  • 1973 - Copacabana - CD-3683
1. Eu Fui Feliz E Não Sabia
2. Faça de Conta Que Você Gosta de Mim
3. Você Me Abandonou
4. Você Quer Dançar Comigo Esta Valsa

  • 1977 - Copacabana - CS-1637
1. Em Cada Irmão Vejo Cristo
2. Só Mesmo Crendo Em Deus

  • 1977 - Copacabana - CS-1682
1. Lar Doce Lar
2. It's A Small World
3. Eu Vou Fazer Você Gostar de Mim

  • 1977 - Copacabana - CD-3763
1. Apesar De Tudo
2. Em Cada Irmão Vejo Cristo
3. Antes Que Seja Tarde
4. Volte

  • 1984 - EMI-Odeon - 006 200033
1. Caprichoso
2. Romântico

  • N/D - Copacabana - 0864
1. A Cigana
2. Vou Me Mudar Para Outra Cidade
 
78 RPM

  • 1960 - Polydor - 391
1. Eu Sonhei Que Tu Estavas Tão Linda
2. Prelúdio à Volta


Participações

  • 1991 - Salão de festas do Eli Correia (LP RGE 303.6223)
  • 1989 - Guto & Halley (LP Copacabana 697.001)
  • 1978 - Os Campeões da Popularidade (LP Clack/Bandeirantes Discos BR 23.007)
  • 1977 - Sucessos de Rádio Arquivo Tupi (LP GTA Records GTA 016 - Itália)
  • 1975 - Parada Nacional do Sucesso Vol. 2 (LP Som Livre 403.6068)
  • 1973 - 14 Maiorais Nº 19 (LP Copacabana CLP 11730)
  • 1973 - 14 Maiorais Nº 18 (LP Copacabana CLP 11717)
  • 1972 - 14 Maiorais Nº 17 (LP Copacabana CLP 11691)
  • 1972 - 14 Maiorais Nº 16 (LP Copacabana CLP 11678)
  • 1971 - 14 Maiorais Nº 15 (LP Copacabana CLP 11642)
  • 1970 - 14 Maiorais Nº 14 (LP Copacabana CLP 11609)
  • 1969 - 14 Maiorais Nº 13 (LP Copacabana CLP 11585)
  • 1969 - 14 Maiorais Nº 12 (LP Copacabana CLP 11564)


2 comentários:

  1. Primeira Perda Nacional do Novo ano - O Pequeno Notavel partiu mais era grande atravessou fronteiras para mostrar o seu grande sucesso e sua bela voz
    infelizmente a maldita droga ajudou tambem a destruir a sua vida. Ele mesmo me relatou na unica vez que tive um contacto com ele na Radio Nacional no Programa Musishow em entrevista com Cirilo Reis. Tenho o seu autografo no meu compacto Caprichoso irei sempre guardar com muito carinho.

    ResponderExcluir
  2. era conhecido como o pequeno gigante da voz,por que tinha uma extensão vocal enorme e um grande talento musical .............foi um cantor muito conhecido do grande publico

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!