Fernando Baleroni

FERNANDO BALERONI
(57 anos)
Ator, Diretor, Roteirista e Produtor

☼ São Paulo, SP (25/11/1922)
┼ São Paulo, SP (22/11/1980)

Fernando Baleroni foi um ator, diretor, roteirista e produtor brasileiro, nascido em São Paulo, SP, no dia 25/11/1922. Foi casado com a atriz Laura Cardoso com quem teve duas filhas, Fátima e Fernanda.

Começou a carreira no rádio em 1944 na Rádio Difusora, onde já mostrou toda a sua versatilidade. Era ator de radioteatro, diretor e autor. Da mesma forma sua versatilidade ia do drama à comédia. Foi também ator de cinema, onde aparecia muito bem. Enfim, era figura muito querida e aproveitada na época.

Estava na Rádio Cultura de São Paulo, quando se casou com a também atriz Laura Cardoso. O casal teve duas lindas filhas, Fátima e Fernanda.

Para salientar seu trabalho como ator, devemos citar que levavam sua assinatura no rádio, os seguintes programas: "Novela Sertaneja", "Bonde das Sete" e "Transatlântico de Luxo".

Fernando Baleroni e a esposa se transferiram da Rádio Cultura para as Emissoras Associadas, mais ou menos em 1952. E assim passaram ambos a fazer tanto rádio, como TV. Para a televisão, Fernando Baleroni escreveu "Seu Pepino" e "O Corintiano". Dirigiu as novelas "Abnegação" (1966), "A Pequena Karen" (1966) e "Seu Pepino" (1955).

Como ator salientou-se muito em grandes peças, levadas ao ar pelo "TV de Vanguarda". Fez "Casa de Bonecas", "Solnessem", "O Construtor", "Os Miseráveis", "O Delator" e "Hamlet". Atuou nas novelas "Sol Amarelo" (1971), "Editora Mayo, Bom Dia" (1971), "Os Fidalgos da Casa Mourisca" (1972) e "Os Deuses Estão Mortos" (1971). Embora aqui estejam citadas só novelas da TV Record, Fernando Baleroni também fez novelas na TV Tupi, anteriormente, e na TV Excelsior. Nesta fez "Vidas em Conflito" (1969), "Os Diabólicos" (1968), "Os Tigres" (1968), dentre outras.

Fernando Baleroni  participou com sucesso dos filmes "O Sobrado" (1956), "Dona Violante Miranda" (1960), "Na Garganta do Diabo" (1960) e "Cléo e Daniel" (1970).

Também participou de peças teatrais importantes, como "Os Catadores de Papel", "Depois da Queda", "O Marido Vai à Caça" e "As Comadres de Windson".

Fernando Baleroni recebeu muitos prêmios, entre os quais o Prêmio Saci, como melhor ator de cinema, pelo filme "O Sobrado". Pela mesma atuação recebeu o prêmio O Governador do Estado de São Paulo.

Fernando Baleroni faleceu em São Paulo, SP, no dia 22/11/1980, aos 57 anos, na semana em que iria completar 58 anos.

Carreira

Televisão
  • 1973 - Vendaval
  • 1972 - O Leopardo
  • 1972 - Os Fidalgos da Casa Mourisca
  • 1972 - O Príncipe e o Mendigo ... Pai de Andrew
  • 1971 - Sol Amarelo
  • 1971 - Editora Mayo, Bom Dia ... Chicão
  • 1970 - Tilim
  • 1969 - Mais Forte Que o Ódio ... Januário
  • 1969 - Algemas de Ouro ... Delegado
  • 1969 - Vidas em Conflito ... Pedro
  • 1968 - Os Diabólicos ... André
  • 1968 - Os Tigres
  • 1967 - Sublime Amor ... Fausto
  • 1967 - O Grande Segredo ... Delegado
  • 1966 - Redenção ... Mateus
  • 1966 - Ninguém Crê em Mim ... Orestes
  • 1966 - Abnegação ... Rafael
  • 1965 - O Caminho das Estrelas ... Martino
  • 1965 - A Ilha dos Sonhos Perdidos
  • 1965 - O Céu é de Todos
  • 1965 - Vidas Cruzadas ... Rodolfo
  • 1965 - Pecado de Mulher
  • 1964 - A Cidadela
  • TV de Vanguarda
  • 1958 - Os Miseráveis ... Jean Vanjean
  • TV de Comédia
  • TV Teatro
  • 1958 - Casa de Bonecas
  • 1957 - O Corcunda de Notre-Dame ... Rei dos Mendigos
  • 1957 - Os Três Mosqueteiros ... Portus
  • 1956 - Douglas Red ... Pablo
  • 1955 - O Falcão Negro ... Cesar Borgia
  • 1955 - Legionário Invencível
  • 1955 - Seu Pepino
  • 1953 - Segundos Fatais


Cinema
  • 1970 - Cléo e Daniel
  • 1960 - Dona Violante Miranda
  • 1960 - Na Garganta do Diabo
  • 1957 - Paixão de Gaúcho
  • 1956 - O Sobrado
  • 1949 - Luar do Sertão


Diretor
  • 1966 - A Pequena Karen
  • 1957 - Seu Genaro
  • 1956 - Douglas Red
  • 1956 - Seu Tintoreto
  • 1955 - Seu Pepino


Roteirista
  • 1956 - Douglas Red
  • 1956 - Seu Tintoreto
  • 1954 - Ciúme
  • 1954 - O Grande Sonho


Um comentário:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!