Luis Álvaro

LUIS ÁLVARO DE OLIVEIRA RIBEIRO
(73 anos)
Empresário e Ex-Presidente do Santos Futebol Clube

☼ Santos, SP (16/12/1942)
┼ São Paulo, SP (16/08/2016)

Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, também conhecido como Laor, foi um empresário brasileiro do setor imobiliário e presidente do Santos Futebol Clube, tendo cumprido mandato entre dezembro de 2009 e maio de 2014 após suceder um mandato de dez anos de Marcelo Teixeira.

Nascido na cidade de Santos, SP, em 16/12/1942, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro foi conselheiro do Santos por 17 anos, tendo renunciado ao cargo de conselheiro uma vez. Luis Álvaro foi candidato à presidência do Santos em 2003 contra o empresário Marcelo Teixeira, tendo alcançado 990 votos (40% dos votantes).

"Meu médico e minha família me chamaram de louco por assumir a candidatura, pois em julho de 2003 havia sofrido um infarto e quatro paradas cardíacas. Mas o amor pelo Santos falou mais alto, e dois meses depois de ver a morte de perto eu estava lá como candidato!"
(Luis Álvaro)

Em novembro de 2009, em eleição marcada por manifestações, o candidato da oposição venceu com 62 % dos votos válidos, 1.882 votos, o maior quorum da história do clube, derrotando o mesmo Marcelo Teixeira, que desde então havia se mantido na presidência do clube. Além deste recorde, era também o mais rápido presidente campeão do Santos, feito alcançado ao conquistar o Campeonato Paulista de 2010, depois de apenas 30 partidas no total, 23 pelo campeonato.

Luís Alvaro foi o 35° presidente do Santos Futebol Clube.

Um dos seus maiores feitos, logo no começo da gestão, foi a repatriação do ídolo Robinho, contratado por empréstimo junto ao Manchester City, da Inglaterra. Para obter êxito na negociação, Luis Álvaro contou com a ajuda de parceiros que, por meio de cotas, ajudaram a pagar os salários do atacante.

Após conquistar o Campeonato Paulista de Futebol estando por apenas cinco meses no comando executivo do Santos Futebol Clube, Luis Álvaro alcançou outro feito notável: Liderou o clube à sua segunda conquista no ano de 2010, a Copa do Brasil, título inédito para o Santos. Desde 1968, o Santos não conquistava dois títulos no mesmo ano.

Usando de sua habilidade e experiência no ramo dos negócios, Luis Álvaro contrariou todas as expectativas e renovou por cinco anos o contrato do atacante Neymar, que vinha sendo fortemente assediado pelo Chelsea para trocar o Santos pelo clube londrino. A negociação salarial foi feita nos mesmos moldes da que já havia rendido sucesso com Robinho. Ainda em 2010, antes de completar um ano de mandato, repatriou mais um ídolo da torcida santista, um dos destaques do Brasil na Copa da África, Elano.

Luis Álvaro estabeleceu importante participação na conquista da Taça Libertadores da América de 2011 vencida pelo Santos.

Em 15/05/2014, após dois meses afastado da presidência santista, Luís Álvaro renunciou ao cargo por problemas de saúde. Disse, na carta de renúncia:

"Lamento, constrangido, este ato extremo por conta do expressivo percentual de 87% dos sócios que me confiaram a reeleição, a quem peço desculpas."

Morte

Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro morreu na madrugada de terça-feira, 16/08/2016, em São Paulo, SP, aos 73 anos. Luis Álvaro estava internado no Hospital Albert Einstein para tratamento de um tumor maligno no reto.

Nos últimos anos, enfrentou problemas cardíacos e pulmonares, além de ter retirado parte do intestino por causa de um quadro de colite e ter uma pancreatite.

Títulos

Futebol Masculino
  • 2013 - Copa São Paulo de Futebol Júnior
  • 2012 - Campeonato Paulista
  • 2012 - Recopa Sul-Americana
  • 2011 - Copa Libertadores da América
  • 2011 - Campeonato Paulista
  • 2010 - Copa do Brasil
  • 2010 - Campeonato Paulista

Futebol Feminino
  • 2011 - Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino
  • 2011 - Campeonato Paulista
  • 2010 - Copa Libertadores da América de Futebol Feminino
  • 2010 - Campeonato Paulista

Futesal
  • 2011 - Liga Futsal
  • 2011 - Copa Gramado

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!