Loalwa Braz

LOALWA BRAZ VIEIRA
(63 anos)
Cantora

☼ Rio de Janeiro, RJ (03/06/1953)
┼ Saquarema, RJ (19/01/2017)

Loalwa Braz Vieira foi uma cantora brasileira nascida no Rio de Janeiro, RJ, no dia 03/06/1953. Viveu entre a França e o Brasil desde 2001 e a Suíça desde 2010, tendo sido a vocalista do grupo Kaoma.

Nascida em uma família de músicos, o pai chefe de orquestra popular e a mãe pianista clássica, sempre foi influenciada pela música. Com o piano clássico aos quatro anos, até a canção, onde ela começou sua carreira aos 12 anos de idade.

Em 1985 decidiu viver em Paris após o show Brésil en Fête no Palais des Sports. Após um concurso para escolher uma vocalista para um grupo de lambada, Loalwa passou a integrar a banda Kaoma, grupo que durou de 1989 até 1998, quando lançou o seu último álbum na Europa. Loalwa nunca parou e seguiu cantando em português, continuando a levar o ritmo pelo mundo.


Loalwa compôs e cantou três músicas para a indústria cinematográfica: Duas canções no filme "Le Roi Desperados", produzido pelo estúdio de televisão francês Canal+, e interpretou com a Orquestra Filarmônica de Londres, na trilha sonora do filme "Dis-moi Oui", dirigido por Alexandre Arcady e com música de Phillipe Sarde.

Loalwa seguia a sua carreira solo e dirigia também sua firma Braz Brasil Produções, voltada para a divulgação das artes brasileiras através dos continentes.

Em 2011 lançou novo disco solo, "Ensolarado", com participação de artistas da África, Caribe e América Latina.

Loalwa vinha investindo no relançamento da carreira e participou de atrações na TV como o Programa do Gugu, Mulheres e Domingão do Faustão ao longo de 2016.

Loalwa se apresentou pela última vez no Brasil em setembro de 2016 em Porto Seguro, dentro de um festival de música de lambada. 

Kaoma

Kaoma é um grupo musical franco-brasileiro de lambada que lançou com êxito esse estilo musical na Europa em 1989. Sua vocalista de 1989 a 1999, Loalwa Braz, continuou em carreira solo com o álbum "Recomeçar", de 2003.

Ex-Integrantes
  • Loalwa Braz (vocalista): 1989-1999
  • Jean Claude (tecladista): 1989
  • Michel (baterista e percussionista): 1989-1998
  • Fania (flautista): 1989-1993
  • Mônica Nogueira (backing vocal): 1989-1992
  • Fernando G. Rocco (dançarino de mambo e tocador de marimba): 1989
  • Jairo Brasil (dançarino)


Ao todo, o Kaoma vendeu mais de 25 milhões de discos em todo o mundo e ganhou mais de 80 discos de ouro e platina. Na França, onde Loalwa viveu durante muitos anos, "Chorando Se Foi" vendeu 700 mil cópias.

Morte

Na madrugada de quinta-feira, 19/01/2017, Loalwa Braz Viera foi encontrada morta, aos 63 anos, no banco de trás de um carro incendiado em Saquarema, município do Rio de Janeiro onde morava. O veículo estava na Estrada da Barreira, no distrito de Bacaxá. Dois homens foram vistos na casa da cantora, que fica próximo ao local onde o carro foi localizado. Ainda não há informações sobre a ligação entre a possível invasão e o crime. O assessor de imprensa de Loalwa Braz, Vinicius Belo, confirmou as informações.

De acordo com o Corpo de Bombeiros da região, uma equipe foi acionada às 3h50 para conter um incêndio no sótão da pousada Azur, de propriedade de Loalwa. Às 6h00, a mesma equipe atendeu a uma outra chamada, desta vez para apagar o fogo em um carro modelo Honda Civic, onde foi encontrado um corpo totalmente carbonizado no banco traseiro.

Somente após uma perícia, a polícia poderá dizer se os incêndios na casa e no carro têm relação e se ambos foram criminosos. O caso está sendo investigado pela 124ª Delegacia de Polícia, em Saquarema, e o corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal para identificação. 

Loalwa havia passado recentemente por um tratamento contra um câncer. De acordo com Vinicius Belo, ela tinha planos para retornar as atividades doa banda Kaoma.

Um comentário:

  1. Essa Cantora que fez sucesso com a musica chorando se foi , nos anos 90, inclusive em outros paises, teve uma morte tragica, onde bandidos invadiram sua pousada e incendiaram o carro com ela dentro..........

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!