Mateus Caramelo

MATEUS LUCENA DOS SANTOS
(22 anos)
Jogador de Futebol

☼ Araçatuba, SP (30/08/1994)
┼ La Unión, Colômbia (28/11/2016)

Mateus Lucena dos Santos, conhecido como Mateus Caramelo, ou simplesmente Caramelo, foi um jogador de futebol brasileiro que atuou como lateral-direito, nascido em Araçatuba, SP, no dia 30/08/1994.

Mogi Mirim

Mateus Caramelo destacou-se pelo Mogi Mirim no Campeonato Paulista de 2013. Morando no alojamento do clube, a revelação fez sua estreia na vitória diante do São Paulo, pela última rodada, e foi o titular nas duas partidas que o Mogi Mirim faria pelo mata-mata da competição.

Seu apelido chamou a atenção de torcedores e imprensa: devido à música "Camaro Amarelo", da dupla sertaneja Munhoz & Mariano, em que os intérpretes cantam "Agora fiquei doce igual Caramelo, tô tirando onda de Camaro Amarelo", e a brincadeira com a composição foi inevitável. O próprio atleta dizia desconhecer a origem da alcunha.

São Paulo

Após as eliminações do São Paulo no Campeonato Paulista e na Libertadores na mesma semana, o presidente Juvenal Juvêncio fez uma reformulação no elenco, afastando sete atletas e contratando outros três, incluindo Mateus Caramelo e Roni, do Mogi Mirim.

Mateus Caramelo estreou cinco dias depois, em um amistoso contra o Londrina, mas, em jogos oficiais, teve de esperar até setembro, quando ganhou uma chance contra a Ponte Preta no primeiro jogo de Muricy Ramalho em sua última passagem como técnico do time. Mateus Caramelo atuaria apenas mais uma vez no ano, contra o Fluminense, entrando no segundo tempo, e acabou emprestado no início do ano seguinte, para adquirir experiência.

Atlético Goianiense

Em 17/01/2014, foi anunciado seu empréstimo ao Atlético Goianiense, com contrato até o fim da temporada. Mateus Caramelo ficou na reserva durante quase todo o período, mas lá marcou o único gol de sua carreira profissional, contra o América Mineiro. Nessa passagem, fez parte do elenco campeão goiano.

Chapecoense

Após voltar do empréstimo e seguir sem espaço no São Paulo, Mateus Caramelo foi novamente emprestado, até o fim de 2015, para a Chapecoense. Assim como no empréstimo anterior, também ficou na reserva na maior parte dos jogos, mas, mesmo assim, o clube catarinense queria estender o empréstimo.

Quando seu empréstimo à Chapecoense venceu, o São Paulo deu uma chance para Mateus Caramelo mostrar seu valor ao recém-chegado técnico Edgardo Bauza, no início de 2016. Ele foi aprovado por Edgardo Bauza e inscrito para a Libertadores, o que foi considerado uma surpresa.

Após a contratação do lateral argentino Buffarini e más atuações em jogos importantes, como um clássico contra o Santos Futebol Clube onde o São Paulo jogou com um time reserva, Mateus Caramelo perdeu espaço e foi procurado pelo Sport e Chapecoense.

No Morumbi, era visto como uma promessa. Alguém em quem o clube confiava para o futuro. Um jogador de muita força, profissional, sereno e bom de grupo. As duas temporadas por empréstimo na Chapecoense, 2015 e 2016, serviriam como amadurecimento para retornar e ser aproveitado.

Morte

Mateus Caramelo faleceu aos 22 anos vítima de um acidente aéreo. Ele foi uma das vítimas fatais da queda do Voo 2933 da Lamia, no dia 28/11/2016. A aeronave transportava a equipe da Chapecoense para Medellín, onde disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana de 2016.

Além da equipe da Chapecoense, a aeronave também levava 21 jornalistas brasileiros que cobririam a partida contra o Atlético Nacional, comissão técnica, diretoria, convidados e a tripulação da aeronave.

Títulos

Chapecoense
  • 2016 - Copa Sul-Americana

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #MateusCaramelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!