Gustavo Bebianno

GUSTAVO BEBIANNO ROCHA
(56 anos)
Advogado

☼ Rio de Janeiro, RJ (18/01/1964)
┼ Teresópolis, RJ (14/03/2020)

Gustavo Bebianno Rocha foi um advogado nascido no Rio de Janeiro, RJ, no dia 18/01/1964. Gustavo Bebianno foi secretário-geral da Presidência da República.

Em 2014, Gustavo Bebianno dispos seus serviços como advogado para o até então deputado federal Jair Bolsonaro, o que foi recusado de início. Entretanto, em 2017 sua ajuda foi aceita visando seu apoio na campanha presidencial.

Depois de filiar-se ao Partido Social Liberal (PSL) em março de 2018, Gustavo Bebianno foi eleito vice-presidente nacional do partido, tornando-se Presidente Nacional após o licenciamento de Luciano Bivar, presidente e fundador do partido.

Em 21/11/2018, quase um mês depois da vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial no Brasil, Gustavo Bebianno foi anunciado como Secretário-Geral da Presidência da República, substituindo Ronaldo Fonseca.


Em fevereiro de 2019 a Polícia Federal abriu inquérito para investigar o esquema de corrupção que ficou conhecido como o Laranjal do PSL. Gustavo Bebianno disse que havia conversado com Jair Bolsonaro sobre o assunto, mas Carlos Bolsonaro, seu filho, veio a público numa rede social e desmentiu Gustavo Bebianno, chamando-o de mentiroso na quarta-feira, 13/02/2019.

Gustavo Bebianno sustentou sua posição e disse à imprensa que não iria se demitir do cargo. Outros ministros, nos bastidores, defenderam Gustavo Bebianno e trabalharam para sua permanência.

Gustavo Bebianno conversou a portas fechadas com Jair Bolsonaro no fim da tarde de sexta-feira, e no final de semana declarou que havia perdido a confiança no presidente, por este estar usando seus filhos em manobras políticas.

Na segunda-feira, 18/02/2019, foi anunciada sua demissão. No dia seguinte à sua exoneração, a revista Veja publicou áudios de Jair BolsonaroGustavo Bebianno conversando durante a crise, que mostraria que Bebianno não mentiu, contradizendo as afirmações do presidente e seu filho.

Morte

No sábado, 14/03/2020, por volta das 4h30, em seu sítio em Teresópolis, Gustavo Bebianno comunicou ao filho que estava se sentindo mal e se chegou a ir ao banheiro para ingerir um remédio. Minutos depois, caiu e teve ferimentos na cabeça. Ele foi levado ao hospital de Teresópolis para reanimação, mas acabou falecendo, vítima de um infarto fulminante aos 56 anos.

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #GustavoBebianno

Um comentário:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!