Isaura Bruno

ISAURA BRUNO
(50 anos)
Atriz

* Vila Ribeiro - Fazenda Santana, SP (23/06/1926)
+ Campinas, SP (02/05/1977)

Após perder o pai com 3 anos e a mãe quando estava com 11 anos, foi criada pela avó materna, mas foi expulsa da casa após a morte desta. Não quis ir trabalhar na roça e foi trabalhar na casa de uma família ajudando na cozinha.

Apesar de todas as dificuldades, foi crescendo, mudando de emprego e se transformou numa mocinha alegre, que gostava de ir aos bailes e as gafieiras após o trabalho. Nestes bailes ela se reunia com outras domésticas, mas sempre com a preocupação de sair dos bailes antes da meia noite, pois no dia seguinte tinha de trabalhar.

Para dificultar mais ainda sua vida, Isaura Bruno engravidou sem estar casada e então, não podia dormir no emprego e para piorar a situação, não tinha casa. Dormia em abrigos, em igrejas, em casarões antigos, onde alugava uma cama. Sua filha acabou morrendo de pneumonia, com poucos meses da idade.

Isaura sofreu, mas não perdeu sua paixão pelas gafieiras e pelos bailinhos. O diretor de rádio e mais tarde de televisão Walter Forster viu Isaura em um desses bailes e a convidou para trabalhar no filme Luar do Sertão.

Era o ano de 1949 e nascia ali uma estrela. Quando veio a televisão, Isaura Bruno teve a melhor chance de sua vida. Foi convidada para fazer o papel de Mamãe Dolores, na novela O Direito de Nascer. Foi a primeira negra a protagonizar uma telenovela em O Direito de Nascer, na extinta TV Tupi.

Essa novela explodiu, principalmente no eixo Rio-São Paulo. Na verdade Isaura já tinha sido convidada e tinha feito um papel de sucesso, a Tia Anastácia, na novela Sítio do Pica-Pau Amarelo, em 1964.

Mas com o êxito de Mamãe Dolores, ela ficou adorada e foi realmente considerada uma estrela. Seu último trabalho foi em 1969, na Rede Globo, quando atuou na novela A Cabana do Pai Tomás.

Televisão

1969 - A Cabana do Pai Tomás ... Bessie
1966 - O Anjo e o Vagabundo ... Branca
1965 - O Preço de uma Vida ... Mãe Maria
1964 - O direito de nascer ... Mamãe Dolores
1964 - Sítio do Picapau Amarelo ... Tia Nastácia

Cinema

1975 - O Incrível Seguro de Castidade
1972 - A Marcha
1968 - O Jeca e a Freira
1962 - O Vendedor de Lingüiças
1952 - Simão o Caolho
1949 - Luar do Sertão

Nos anos 70 sua carreira declina e ela não consegue mais trabalhos na televisão. Pobre e esquecida, ela morre vendendo doces nas ruas de Campinas, SP, em 2 de maio de 1977, vítima de um Ataque Cardíaco.

Um comentário:

  1. Foi a Primeira Interpretar a Mamãe Dolores na Tv Tupi fioou conhecida em todo Brasil me lembro, Aqui estou vendo a sua historia lutou para chegar onde chegou foi uma grande atriz apesar dos papeis secundarios.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!