Visconde de Arari

ANTÔNIO LACERDA DE CHERMONT
(72 anos)
Militar e Fazendeiro

* Chaves, PA (16/10/1806)
+ Pará, PA (05/08/1879)

Foi um militar e fazendeiro proprietário de terras em Marajó, que alcançou a patente de comandante-superior da Guarda Nacional e a presidência da Província do Pará.

Antônio Lacerda de Chermont foi o primeiro Barão e Visconde com Grandeza de Arari.

Participativo nas políticas regionais, ajudou em obras de infra-estruturas como das estradas do Arsenal e das Mongubeiras, em 1851, além de ter financiado gastos públicos como a viagem de J. J. Brunet, diretor do Gabinete de História Natural do Ginásio da Província de Pernambuco, o qual se dirigira ao Pará para analisar as possibilidades hídricas do Rio Amazonas.

Filho do coronel Teodósio Constantino de Chermont Filho e de Inês Maria Aires, e irmão de Inês Antônia Miguela Chermont, casada com o comendador Antônio José de Miranda. Teve os seguintes filhos:


Títulos Nobiliárquicos e Honrarias


Barão de Arari

Título conferido por decreto imperial em 18 de maio de 1853. Faz referência ao Rio Arari, região onde o nobre possuía terras. Em tupi significa rio dos papagaios.

Visconde de Arari Com Honras de Grandeza

Título conferido por decreto imperial em 10 de setembro de 1867.


Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!