Franz Netto

JOÃO AMBRÓZIO NETTO
(70 anos)
Jornalista e Repórter

* Marília, SP (12/04/1939)
+ Marília, SP (26/08/2009)

Franz Netto, que tinha os apelidos de "Repórter Voador" e "Abelhudo Cofap" ambos colocados por Hélio Ribeiro.

Nascido em Marília foi na capital que descobriu a paixão pelo rádio. Franz Netto se mudou para São Paulo no início da década de 70, onde trabalhou na Rádio Bandeirantes, Rádio Capital, Rádio América e em assessoria no Palácio dos Bandeirantes.

A paixão pelo rádio falou mais alto e em 1992 Franz retornava aos estúdios, desta vez pela Rádio Clube AM de Marília. Em 1999 passou a fazer parte da equipe Dirceu AM, onde trabalhou até seu penúltimo dia de vida como apresentador do Jornal da Cidade.

Ícone do rádio em Marília, Franz Netto foi o primeiro repórter aéreo de rádio e televisão do Brasil. Fez coberturas nacionais como do incêndio do Edifício Joelma, em fevereiro de 1974, em São Paulo.

Na década de 1970, do ar, fazia a cobertura do trânsito de São Paulo e entre 1970 e 1978 transmitiu aos paulistanos as informações dos céus da cidade.

Casou três vezes e teve seis filhos destes três casamentos.

Morte

Franz Netto sofria de Hipertensão e depois de passar mal pela manhã, pediu que sua esposa fosse até unidade de saúde em frente à casa do casal, no bairro de Lácio em Marília, para pedir ajuda. Ao retornar, por volta das 13hs., Marineusa Rocha, com quem Franz morava há 14 anos, o encontrou caído no corredor. Equipe de resgate foi acionada e levou radialista até o Hospital das Clínicas, onde deu entrada às 13:41hs. já sem vida. Franz Netto, morreu vítima de uma Parada Cardiorrespiratória.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!