Vavá

EDVALDO IZÍDIO NETO
(67 anos)
Jogador de Futebol

☼ Recife, PE (12/11/1934)
┼ Rio de Janeiro, RJ (19/01/2002)

Conhecido por Vavá e depois apelidado de Peito de Aço, foi bicampeão mundial de futebol nas Copas de 1958 e 1962, foi um dos mais importantes atacantes que a Seleção Brasileira de Futebol já teve. Continuando sua carreira pela amarelinha após o fim da carreira, foi auxiliar técnico de Telê Santana no time que disputou a Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

Ao vir do Sport Club do Recife para o Vasco, ainda garoto, Vavá era meia-esquerda, tipo preparador, de entregar a bola. Flávio Costa foi quem mudou sua posição e suas características. Jogando na área, se destacou por unir a técnica à valentia.

No ano de 1952, foi campeão brasileiro de amadores, campeão carioca amador e titular da seleção olímpica.

Pouca gente sabe, mas o gol que decidiu o título carioca de 1952 para o Vasco foi marcado por Vavá. O Vasco, já na bica para ser campeão, enfrentava o Bangu pela penúltima rodada, desfalcado de alguns titulares, e o garoto Vavá foi escalado. O Vasco venceu por 2 x 1, e o gol da vitória foi dele. No dia seguinte, houve um Fla-Flu que terminou empatado, resultado que deu o título antecipado ao Vasco.


Na vez seguinte em que o Vasco conquistou o campeonato carioca, 1956, o título foi conquistado novamente por antecipação numa partida contra o Bangu, na penúltima rodada, e Vavá novamente decidiu a partida, marcando ambos os gols na vitória por 2 x 1.

Pelo Vasco, Vavá ainda conquistou o Rio-São Paulo de 1958 e, depois de sagrar-se campeão do mundo pelo Brasil na Suécia, chegou a participar dos jogos iniciais do campeonato carioca daquele ano, quando foi então vendido ao Atlético de Madrid.

Como goleador do Vasco e da Seleção Carioca de Futebol, Vavá chegou a Seleção Brasileira de Futebol, participando efetivamente do bicampeonato mundial de 1958 e 1962 (já de volta da Espanha para o Palmeiras), tendo merecido o apelido de Leão da Copa.

Ele marcou 5 gols na Copa do Mundo de 1958 e 4 na de 1962, quando foi, inclusive, um dos co-artilheiros da competição.

Clubes Em Que Jogou

  • 1948 - América Futebol Clube do Recife
  • 1948 - Íbis Sport Club
  • 1949-1950 - Sport Club do Recife
  • 1951 a 1958 - Vasco da Gama, RJ
  • 1958 a 1961 - Atlético de Madrid, Espanha
  • 1961 a 1964 - Palmeiras, SP
  • 1964 a 1965 - América, México
  • 1965-1966 - Elche, Espanha
  • 1966-1967 - América, México
  • 1967-1968 - Toros Naza, México
  • 1968-1969 - San Diego Toros, EUA
  • 1969 - Portuguesa, RJ (Onde encerrou sua carreira)

História na Seleção Brasileira

  • Pela Seleção Brasileira:
23 partidas, 19 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 14 gols
  • Contra Seleções Nacionais:
20 partidas, 16 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 14 gols
  • Contra Clubes ou Seleções Estaduais:
3 partidas, 3 vitórias
  • Seleção Olímpica:
3 partidas, 2 vitórias, 1 derrota, 1 gol
  • Jogou na Copa do Mundo de 1958 e 1962

Títulos

  • Copa do Mundo (1958 e 1962) - Seleção Brasileira
  • Campeonato Carioca (1952, 1956 e 1958) - Vasco da Gama
  • Torneio de Paris (1957) - Vasco da Gama
  • Torneio Rio-São Paulo (1958) - Vasco da Gama
  • Taça Oswaldo Cruz (1958 e 1962) - Seleção Brasileira
  • Campeonato Paulista (1963) - Palmeiras

Um comentário:

  1. O leão da copas bi no Chile em 62 - Grande jogador brilhou mito tambem no Vasco. morreu pobre

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!