Ary Lobo

GABRIEL EUSÉBIO DOS SANTOS LOBO
(50 anos)
Cantor e Compositor

☼ Belém, PA (14/08/1930)
┼ Fortaleza, CE (22/08/1980)

Gabriel Eusébio dos Santos Lobo, mais conhecido por Ary Lobo, foi um cantor e compositor  nascido em Belém, PA, no dia 14/08/1930.

Ary Lobo foi daqueles gênios que raramente nascem nos dias atuais, o maior compositor de forró da história, com mais de 700 músicas gravadas por ele e outros cantores, músicos e intérpretes. Um defensor da música nordestina de raiz. Suas gravações são o retrato disso, a começar pelos instrumentos usados. Ele não ousava muito, já tinha sua fórmula montada.

De estilo semelhante ao de Jackson do Pandeiro, cantando derivativos do baião, entre cocos e rojões, Ary Lobo lançou vários sucessos nos anos 50 e 60 em seus nove LPs na RCA Victor. Retratava a vida e os costumes nordestinos em diversas canções, como "Cheiro da Gasolina", "Vendedor de Caranguejo", "Eu Vou Pra Lua", "Súplica Cearense", "Evolução", "Menino Prodígio", entre outros.

Ary Lobo, antes de se tornar popular como cantor, exercia as mais diversas profissões, incluindo a de mecânico e músico corneteiro na Força Aérea Brasileira. Ao se apresentar em um concurso de calouros na Rádio Clube do Pará, de Belém, como era de se esperar, foi feliz em sua primeira apresentação. Fazia parte do conjunto Namorados Tropicais.


Em certa ocasião, cantou no Teatro Arthur Azevedo, em show de curta temporada na cidade de São Luiz do Maranhão, e eis que na plateia encontrava-se ninguém menos que Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, que logo de cara gostou da bossa de Ary Lobo, fazendo-lhe então um convite para acompanhá-lo ao Rio de Janeiro, convite este que não foi aceito pois Ary Lobo tinha muitos compromissos.

Um ano depois, apareceu em Belém o conhecido compositor Pires Cavalcante, que reforçou o que todos já diziam. O jovem  Ary Lobo arrumou as malas e partiu para o Rio de Janeiro. Assinou contrato com a RCA Victor e em 1958 gravou seu primeiro disco, que foi o pontapé para a sua carreira musical.  Por intermédio do compositor e pianista Gadé, apresentou-se na Rádio Mauá. 

Em 1958, em seu primeiro disco, pela  RCA Victor, interpretou o batuque "Sentinela do Mar" (Alventino Cavancânti e Hilton Simões) e o rojão "Forró do Cabo Gato" (Barbosa da Silva e José Pereira).

Em 1959, gravou os cocos "Paulo Afonso" (Gordurinha) e "Pedido a Padre Cícero" (Gordurinha) e o rojão "O Criador" (Edgar Ferreira).

Em 1960 gravou  o coco "A Mulher Que Vendia Siri" (Elias Ramos e Severino Ramos). Gravou também no mesmo ano a primeira composição de sua autoria, o rojão "Eu Vou Pra Lua", parceria com Luiz de França.


Em 1961, gravou "Coco Decente" da dupla Miguel Lima e João Silva. Ainda em 1961, gravou, pela RCA Victor, de Claudionor Martins e Osvaldo de Oliveira, o samba-choro "Eis o Conselho", e de Antônio Bezerra e Júlio Ricardo, o rojão "Riviolândia".

Em 1962, compôs em parceria com Jacinto Silva o rojão "Moça de Hoje", gravado no mesmo disco em que registrou o bolero "Pedido a São Jorge" (Ari Monteiro). No ano seguinte gravou a toada "Quem Encosta em Deus Não Cai" (João do Vale, José Ferreira e Ari Monteiro) e o arrasta-pé "Mané Cazuza" (Rosil Cavalcânti).

Em 1964 gravou o LP que popularizou dois de seus grandes sucessos como cantor, "Último Pau-de-Arara" (Venâncio, Corumba e J. Guimarães) e "Vendedor de Carangueijo" (Gordurinha).

Em 1966, compôs com Luiz Boquinha "Quem é o Campeão", faixa título do LP que lançou na RCA Victor naquele mesmo ano.

Em 2000, sua composição "Eu Vou Pra Lua" foi regravada por Zé Ramalho no CD "Nação Nordestina".

Morte

Ary Lobo faleceu na sexta-feira, 22/08/1980, aos 50 anos, em Fortaleza, CE, vítima de câncer, poucos dias após completar 50 anos.

Discografia

  • 1958 - Último Pau de Arara (LP)
  • 1958 - Forró Com Ary Lobo (LP)
  • 1960 - Aqui Mora o Ritmo (LP)
  • 1961 - Cheguei na Lua (LP)
  • 1962 - Ary Lobo (LP)
  • 1963 - Poeira de Ritmos (LP)
  • 1964 - Forró em Caucaia (LP)
  • 1965 - Zé Mané (LP)
  • 1966 - Quem é o Campeão? (LP)
  • 1966 - Súplica Cearense (LP)
  • 1967 - Uma Prece Para os Homens Sem Deus (LP)
  • 1968 - Quem Vem Lá (LP)
  • 1970 - O Valor do Homem (LP)
  • 1971 - Seus Maiores Sucessos Vol. 2 (LP)
  • 1972 - Piedade Senhor (LP)
  • 1973 - Fim de Verão (LP)
  • 1974 - Ary Lobo (LP)
  • 1975 - Segredos do Sertão (LP)
  • 1977 - Cria Juízo Mulher (LP)
  • 1979 - A Mensagem de Ary Lobo (LP)
  • 1980 - Ary Lobo (LP)

#FamososQuePartiram #AryLobo

9 comentários:

  1. Grande Ary Lobo, foi um cantor e compositor brasileiro.Estaria Completando Hoje 83 anos Tambem morreu num agosto.
    Teve mais de 700 músicas gravada por ele e outros cantores, músicos e intérpretes. Era defensor da música nordestina de raiz.De estilo semelhante ao de Jackson do Pandeiro, cantando derivativos do baião,

    ResponderExcluir
  2. Ari Lôbo não feleceu no Rio, e sim em Fortaleza ceará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela correção Tigrão. Realmente segundo a fonte pesquisada o local de falecimento é Fortaleza, CE. Abraços

      Excluir
    2. Valeu Comp. Marcos carvalho, inclusive na época ele foi sepultado como indigente no cemitério são joão batista, mas o saudoso radialista guajará cialdine juntamente com vários amigos fizeram um sepultamento dígno no cemiterio parque da paz, aqui em fortaleza onde ele descanca em paz com muito merecimento.

      Excluir
  3. esse Cantor e compositor paraense, suas musicas eram muito tocadas no radio, foi embora mas deixou saudades era tamb´´em um mestre do Forro

    ResponderExcluir
  4. Alguém possui alguma imagem de video desse grande mestre?? alguma entrevista ou apresentação com imagem de vídeo? Seria muito legal pois muitos fãs assim como eu só o conhece por foto e pelo genialidade de seu trabalho.

    ResponderExcluir
  5. E. Zico. Da. Dupla. Zico. E. Zeca.

    ResponderExcluir
  6. Eu. Tenho. Muitas. Coisas. De. Zico. & zeca. Mestres.

    ResponderExcluir
  7. Eu. Tenho. Muitas. Coisas. De. Ary. Lobo. Mestre.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!