Yara Stein

YARA KARBSTEIN GEREP
(60 anos)
Atriz, Escritora, Poetisa e Modelo

* São Paulo, SP (11/03/1948)
+ São Paulo, SP (20/02/2009)

Yara Stein se tornou uma das atrizes mais populares do cinema brasileiro na fase das pornochanchadas, na década de 70. Estreou no cinema em 1970 em "Um Uísque Antes ... Um Cigarro Depois" e depois vieram mais 16 filmes, entre eles, "A Difícil Vida Fácil", "Quando As Mulheres Querem Provas", "Com As Calças Na Mão", "Sabendo Usar Não Vai Faltar", "Como Massagistas Profissionais", "Ódio", "Os Melhores Momentos Da Pornochanchada", "Bonitas e Gostosas" e seu último filme foi "O Campineiro" no ano de 1981.

Yara Stein também ficou conhecida nacionalmente por participar dos desfiles de fantasias durante o carnaval carioca, principalmente o do Hotel Glória, onde venceu várias vezes em originalidade e luxo, sempre disputando o título com a também atriz Wilza Carla.

Yara Stein e Reginaldo Faria (Os Machões - 1972)
União Brasileira de Escritores

Em 23/11/1989,  a convite de Fábio Lucas, Yara Stein passou a integrar o quadro da  União Brasileira de Escritores, recebendo o número 2914, e por várias gestões foi sua diretora. Exercendo ou não cargo de diretoria, dedicou-se à entidade com amor e entusiasmo, num trabalho silencioso e invejável.  A partir de 1998, na gestão Fábio Lucas, assumiu o cargo de 1ª tesoureira, sendo reeleita em todas as diretorias subsequentes, nos mandatos de Cláudio Willer e Levi Bucalem Ferrari, falecendo em pleno exercício do cargo.

Tornou-se responsável pela organização do estande da União Brasileira de Escritores nas Bienais Internacionais do Livro, até recentemente, quando, por convênio, o estande passou a ser administrado pela João Scortecci Editora. Durante os dez dias de exposições de livros na Bienal, ela praticamente se mudava para o estande, em plantões continuados, organizando e fiscalizando tudo, da manhã à noite. E para embelezá-lo levava de sua casa, em transporte próprio, móveis, toalhas finas e utensílios diversos, sem nenhuma despesa para a entidade.

Por sua iniciativa foi criada uma representação da União Brasileira de Escritores em Brasília. Participou do Congresso Internacional dos Países de Língua Portuguesa sobre Direitos Autorais, realizado na Bolívia, representando também a União Brasileira de Escritores.

Publicou as obras "Balada Da Tristeza" (1964), "Poemas Para O Meu Triste Roberto", "Poema Em Grito De Revolta Da Juventude". Mesmo vítima de insidiosa doença, participou dos eventos da entidade até com a saúde abalada.

Morte

Faleceu vítima de um Mieloma Múltiplo no dia 20 de fevereiro de 2009.

Yara Stein Era mãe da ex-modelo e jogadora de pólo Kristie Hanbury e  de Ra Ygor, de 25 anos que vivia com ela na época do falecimento. Na década de 80, após abandonar o cinema, foi morar nos Estados Unidos, mas voltou para o Brasil alguns anos depois.

2 comentários:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!