Pedro Raymundo

PEDRO RAYMUNDO
(67 anos)
Cantor, Compositor e Acordeonista

* Imaruí, SC (29/06/1906)
+ Rio de Janeiro, RJ (09/07/1973)

Pedro Raymundo foi um acordeonista , compositor e cantor regionalista brasileiro, em evidência nos anos 40 e 50, principalmente com a música "Adeus, Mariana". Iniciou-se com música gauchesca, e, transladando-se para o Rio de Janeiro ficou conhecido como o Gaúcho Alegre do Rádio. Por sempre se apresentar "pilchado" (ou seja, com a roupagem característica de gaúcho), acabou inspirando Luiz Gonzaga a se apresentar com a roupagem característica dos vaqueiros.

Pedro Raymundo nasceu em berço pobre, e seu pai, João Felisberto, era pescador e sanfoneiro. Aos 8 anos começou a tocar sanfona. Até os 17 anos trabalhou como pescador. Trabalhou na Estrada de Ferro Esplanada-Rio Deserto, em Santa Catarina.

Em 1929, mudou-se para Porto Alegre, onde trabalhou como condutor de bondes, inspetor de tráfego, guarda-freios, maquinista de usina, balconista e oleiro. Foi também chaveiro da Estrada de Ferro Dona Teresa Cristina, onde foi vítima de um acidente que lhe deixou um defeito na mão, o que, entretanto, não o impediu de tornar-se um dos mais brilhantes sanfoneiros do Brasil.

Em sua cidade natal participou da Banda Amor e Ordem, que se apresentava em festinhas. Em Porto Alegre, apresentou-se como sanfoneiro em bares e cafés do Mercado. Em 1939, passou a trabalhar na Rádio Farroupilha, onde organizou o Quarteto dos Tauras. Em 1942, realizou excursão pelo interior do Rio Grande do Sul. Nesse período com o Quarteto dos Tauras se dedicou à divulgação do gênero campeiro.


Em 1943, organizou um livro de ouro e angariou fundos para seguir para o Rio de Janeiro onde deu seqüência à sua carreira. Se apresentou na Rádio Mayrink Veiga, no "Show Muraro". Apresentou-se também em programas na Rádio Tupi, Rádio Tamoio, Rádio Guanabara e Rádio Globo. Por iniciativa do radialista e cantor Almirante, foi contratado pela Rádio Nacional e mudou-se para o Rio de Janeiro. No mesmo ano gravou pela Columbia seu primeiro disco, interpretando de sua autoria o choro "Tico-Tico no Terreiro" e o xote "Adeus, Mariana", que logo se tornou um sucesso de norte a sul. No mesmo ano gravou pela Continental, de sua autoria, a valsa "Saudade de Laguna" e o xote "Se Deus Quiser".

Em 1945, recebeu o título de "Gaúcho Alegre do Rádio". Foi um dos maiores criadores de xotes e músicas gauchescas alegres. Tornou-se o primeiro artista do sul do país a obter sucesso nacionalmente. Apresentava-se vestido com trajes típicos gaúchos.

Em 1949, atuou no filme "Uma Luz Na Estrada", de Alberto Pieralise. Em 1958, participou do filme "Natureza Gaúcha", de Rafael Mancini.

Pedro Raymundo gravou mais de 50 discos em 78 rpm.

Faleceu vítima de câncer no Hospital da Lagoa no Rio de Janeiro em 07/07/1973.

Em 1984 o cantor Sérgio Reis regravou "Adeus Mariana". Em 1986, foi publicado um livro sobre a vida de Pedro Raymundo de autoria de Israel Lopes e Vitor Minas, pela Editora Tchê, de Porto Alegre.

Em 2003, o selo Revivendo lançou o CD "Saudade de Laguna" com composições do artista, entre as quais, "Tico-Tico No Terreiro", "De Galho Em Galho", "Manhoso", "Lamentos", "Contigo No Pensamento", "O Carreteiro", "Flor Brasileira", "Se Deus Quiser", "Meu Cavalo Parelheiro", "Morena Faceira", "Gauchinha", "Gaúcho Largado", "Adeus Moçada", além da clássica "Adeus Mariana", seu maior sucesso.

Discografia

  • 2003 - Saudade de Laguna (Revivendo - CD)
  • 1967 - Adeus, Mariana - Pedro Raymundo e Sua Música (Continental - LP)
  • 1961 - Sanfoninha Velha Amiga / Escadaria (Continental - 78)
  • 1961 - É Mentira Dele / O Baião Da Esperança (Chantecler - 78)
  • 1960 - São João Que Passou / Quadrilha No Arraiá (Chantecler - 78)
  • 1957 - Palhaço / Angústia (Odeon - 78)
  • 1957 - São João Em Pernambuco / Minha Promessa (Odeon - 78)
  • 1956 - Juiz De Fora / Mexendo Com A Gente (Odeon - 78)
  • 1956 - Feio De Sorte / A Nossa Valsa (Odeon - 78)
  • 1956 - Quadrilha No Arraiá / Meia Canha (Odeon - 78)
  • 1955 - Amor De Gaúcho / Lindo No Mas (Odeon - 78)
  • 1955 - Casamento Da Rosinha / Arrasta-pé (Odeon - 78)
  • 1955 - Culpado / Ladrão De Moça (Odeon - 78)
  • 1954 - Sandunga / Mara (Odeon - 78)
  • 1954 - Maria Fogueteira / Oração De Junho (Odeon - 78)
  • 1954 - Oriental / Saudade De Laguna (Odeon - 78)
  • 1953 - Vivo Solito / Sanfoneiro Bom (Continental - 78)
  • 1953 - Baião Alvorada / Felicitações (Odeon - 78)
  • 1953 - Paulicéia / Nossa Senhora Do Rocio (Odeon - 78)
  • 1953 - Festa No Arraiá / Pedido A São João (Todamérica - 78)
  • 1952 - Baião De Três / Baião Do Havaí (Continental - 78)
  • 1952 - Pulando A Fogueira / Pobre Sanfoneiro (Continental - 78)
  • 1952 - Linda Paulistinha / Malandrinho (Continental - 78)
  • 1951 - Boi Barroso / Lajeaninha (Continental - 78)
  • 1951 - Antigamente / Milonguita (Continental - 78)
  • 1951 - A Carta De Mariana / Querência Amada (Continental - 78)
  • 1951 - Pingo Mulato / Oriental (Todamérica - 78)
  • 1951 - Fanfarronada / Mágoas De Sanfona (Todamérica - 78)
  • 1951 - Baú Velho / Corre, Corre, Meu Cavalo (Todamérica - 78)
  • 1950 - Festa Na Fazenda I / Festa Na Fazenda II (Continental - 78)
  • 1950 - Levanta O Pé, Velhada / Luar Catarinense (Continental - 78)
  • 1950 - Meu Cavalo Branco / Tricolor (Continental - 78)
  • 1950 - Laranjeira Carregada / Prece (Continental - 78)
  • 1949 - Dança Da Quadrilha / Pinheirinho Copado (Continental - 78)
  • 1949 - Saudade De Querência / Trocando Idéia (Continental - 78)
  • 1948 - Tá Tudo Errado / Contemplando O Firmamento (Continental - 78)
  • 1948 - Dança Vovó / Desgraça Pouca É Bobagem (Continental - 78)
  • 1948 - Prenda Minha / Cavalinho Crioulo (Continental - 78)
  • 1947 - Chico Da Ronda / Na Casa Do Zé Bedeu (Continental - 78)
  • 1947 - Adeus, Mocidade / Nem É Bom Falar (Continental - 78)
  • 1946 - Gaúcha Malvada / Sofrer Sorrindo (Continental - 78)
  • 1946 - Calanguinho Bom / Cavalinho Crioulo (Continental - 78)
  • 1946 - Dança Da Fogueira / Festa Na Roça (Continental - 78)
  • 1946 - Puladinho / Tira Cisma (Continental - 78)
  • 1945 - Gauchinha / Manhoso (Continental - 78)
  • 1945 - Segura O Bonde! / Trenzinho Do Amor (Continental - 78)
  • 1945 - Meu Coração Te Fala / Mexeriqueira (Continental - 78)
  • 1945 - Pensando Em Ti / Rancho Triste (Continental - 78)
  • 1945 - Saudade Do Rincão / Pulando Muro (Continental - 78)
  • 1945 - Gauchada / Mágoas De Amor (Continental - 78)
  • 1945 - Índio Vago / Falando À Nossa Felicidade (Continental - 78)
  • 1945 - Provocando / Prenda Minha (Continental - 78)
  • 1945 - Brincando Na Areia / Mariana No Samba (Continental - 78)
  • 1944 - O Carreteiro / Contigo No Pensamento (Continental - 78)
  • 1944 - Meu Cavalo Parelheiro / Escadaria (Continental - 78)
  • 1944 - De Galho Em Galho / Morena Faceira (Continental - 78)
  • 1944 - Gaúcho Largado / Cuidado Maneca (Continental - 78)
  • 1944 - Flor Brasileira / Lamentos (Continental - 78)
  • 1944 - Súplica / Adeus, Moçada (Continental - 78)
  • 1943 - Tico-Tico No Terreiro / Adeus, Mariana (Continental - 78)
  • 1943 - Saudade De Laguna / Se Deus Quiser (Continental - 78)

Um comentário:

  1. Semana Pedro Raimundo o gaiteiro é o Gaúcho Alegre , em Imaruí nas escolas é ñ deixar morrer a memória de nossa história

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!