MC Daleste

DANIEL PEDREIRA SENNA PELLEGRINE
(20 anos)
Cantor e Compositor

* São Paulo, SP (30/10/1992)
+ Campinas, SP (07/07/2013)

MC Daleste, nome artístico de Daniel Pedreira Senna Pellegrine, foi um cantor e compositor de funk ostentação.

MC Daleste nasceu na Penha, zona leste de São Paulo, e criado por família de baixa renda. Era o caçula de três irmãos. Teve uma infância sofrida e conturbada por perder sua mãe muito cedo, devido a complicações de um derrame. Sua mãe sempre o apoiou em seu plano de seguir carreira artística, para ajudar sua família.

Na sua primeira música, o cantor revelou que até completar 13 anos morava em uma casa de madeira que não tinha banheiro e muitas vezes não tinha o que comer. Ele só estudou até a oitava série, era um aluno indisciplinado e várias vezes quase foi expulso do colégio. Na oitava série, conheceu a sua esposa, a qual foi casado por 5 anos.


Carreira

Sua carreira musical se iniciou em 2009, divulgando suas primeiras canções na internet acessando em Lan House. Conquistou fama em apenas poucos meses com as canções "Bonde dos Menor" e "Apologia", que foi fortemente criticado após sua morte por fazer apologia ao crime.

Em 2012 MC Daleste abandonou o tema do crime em suas músicas, para contar o dia a dia de um milionário, conhecido como Funk Ostentação. Ele foi um dos responsáveis pela popularização do subgênero, com as suas canções de maior destaque do funk ostentação, "Deusa da Ostentação", "Mina de Vermelho", "Quem é?", "Gosto Mais do Que Lasanha", "Mais Amor, Menos Recalque!", "Angra dos Reis" e recentemente lançado depois de sua morte, a canção "São Paulo".

MC Daleste no auge de sua carreira, faturava mais de 200 mil reais por mês, realizando mais de 40 shows. Trabalhou em parceria musical com vários outros grandes nome do funk ostentação como, MC Léo da Baixada, MC Dedé, MC Danado e MC Pocahontas. Também foi um dos autores de um dos maiores hits do funk paulista, "Ostentação Fora do Normal", com MC Léo da Baixada.

No ano de 2012, fez suas primeiras aparições na mídia no "Programa do Jacaré", "Casos de Família", "Esquenta" e "Super Pop".

MC Daleste durante sua vida lançou apenas um videoclipe, que foi o da canção "O Gigante Acordou", e após sua morte foi lançado o videoclipe da música "São Paulo", gravado alguns dias antes de sua morte. O videoclipe em apenas um dia alcançou mais de 1 milhão de acessos no YouTube e foi gravado em uma mansão em Igaratá, no interior de São Paulo. A revista Billboard, anunciou o lançamento da canção "São Paulo", que em 2 dias ultrapassou 6 milhões de acessos no YouTube, sendo o primeiro colocado no Top 10 da categoria música do referido site.

Com o sucesso repentino, MC Daleste não chegou a lançar nenhum álbum de estúdio, apenas singles, demos e faixas soltas para download digital no iTunes.


Morte

MC Daleste foi assassinado por um tiro de arma de fogo abaixo do peito. Segundo a perícia, foram três disparos, na noite do dia 07/07/2013, em Campinas durante uma apresentação. Seu óbito foi confirmado no início da madrugada de domingo no Hospital Municipal de Paulínia, para onde foi levado.

Ele estava terminando a apresentação que faria em uma quermesse do CDHU San Martin, conjunto habitacional localizado no bairro São Marcos, em Campinas. O cantor conversava com público quando foi alvejado. Um fã no local, filmando o evento, registrou o momento em que o MC Daleste foi baleado. Ele chegou a ser levado para o centro cirúrgico, mas morreu à 0:55 hs.

A festa era gratuita e segundo os moradores, mais de três mil pessoas acompanhavam a apresentação. Sua morte obteve repercussão nacional e internacional.

Fonte: Wikipédia

Um comentário:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!