Chico de Assis

FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA
(81 anos)
Dramaturgo

* São Paulo, SP (10/12/1933)
+ São Paulo, SP (03/01/2015)

Francisco de Assis Pereira, mais conhecido como Chico de Assis, foi um dramaturgo brasileiro. Começou seus estudos no Colégio São Paulo. Depois foi aluno interno do Colégio Diocesano São Luiz em Bragança Paulista. Logo ao terminar o segundo grau foi trabalhar na TV Tupi de São Paulo como câmera-man. Ali conheceu o ambiente de televisão onde permaneceu trabalhando até 1957 nas mais variadas funções. Na TV Tupi teve sua primeira peça montada, uma adaptação de Machado de Assis: "Os Óculos de Pedro Antão". Na mesma TV Tupi escreveu seu primeiro original "Na Beira da Várzea".

Nesta época foi para o grupo do Teatro de Arena onde trabalhou como ator e fez parte da fundação do Seminário de Dramaturgia do Arena e do Laboratório de Interpretação.

Em 1960 foi para o Rio de Janeiro com o Teatro de Arena, onde fez sua segunda assistência de direção. A primeira tinha sido para Antunes Filho em "Plantão 21". Desta vez trabalhou com Zé Renato Pecora na peça "A Revolução na América do Sul", de Augusto Boal.

No Rio de Janeiro se desvinculou do Teatro de Arena e foi dirigir o grupo do Teatro Jovem na Faculdade de Arquitetura. Dirigiu uma peça de Oduvaldo Vianna Filho: "A Mais Valia Vai Acabar, Seu Edgard".

Chico de Assis foi um dos fundadores do Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) de São Paulo, Santo André e Bahia.


Chico de Assis dedicou-se ao estudo da literatura de cordel, nascendo deste trabalho uma trilogia experimental que consta das peças: "O Testamento do Cangaceiro", "As Aventuras de Ripió Lacraia" e "Farsa Com Cangaceiro Truco e Padre (Xandu Quaresma)".

Sua peça "Missa Leiga" foi montada com sucesso no Brasil e em Portugal. Foi levada para Angola e Moçambique, com elenco brasileiro.

Chico de Assis tem um repertório de teatro de mais de 30 peças. É fundador e coordenador do Seminário de Dramaturgia do Arena (SEMDA), que já funciona há treze anos, revelando novos nomes para a dramaturgia brasileira. Pertenceu à diretoria da Associação dos Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (APETESP) e é conselheiro da Sociedade Brasileira de Autores (SBAT). Foi também ex-professor da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), e tem o título de Notório Saber desde 1965, como professor.

Chico de Assis foi o ganhador da primeira edição do Prêmio Gastão Tojeiro em 1999. Foi professor do curso de dramaturgia e de preparação de atores Ação Dramática promovido pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo em 1999. No ano de 2001 continuou com o curso Ação Dramática, agora tomando o ano todo.

Em 2002 Chico de Assis ingressou na Companhia Ocamorana, como dramaturgo. Atualmente era mestre de dramaturgia do projeto de cidadania "Este País é Meu", da Sociedade Gastão Tojeiro, patrocinado pela Secretaria da Cultura do Município de São Paulo.

Em 2014 recebeu a condecoração da Ordem do Mérito Cultural do Brasil, pelo seu trabalho no teatro e no ensino da dramaturgia.

Morte

Aos 81 anos, o dramaturgo foi encontrado morto sem sinais de violência em seu apartamento, no bairro dos Jardins, em São Paulo, no dia 03/01/2015. Ele foi vítima de um infarto fulminante. Seu corpo foi velado no Teatro Arena, em São Paulo, e foi sepultado no Cemitério da Vila Alpina.


Teatro

  • Quebra-Vento e Dorminhoco ou o Triunfo da Amizade
  • O Testamento do Cangaceiro
  • As Aventuras de Ripió Lacraia
  • Farsa Com Cangaceiro, Truco e Padre (Xandu Quaresma)
  • Prometeu Engaiolado
  • Galileu da Galiléia
  • Na Toca da Raposa
  • As Aventuras e Desventuras de Maria Malazartes Durante a Grande Construção da Pirâmide
  • Missa Leiga
  • A Tentação do Templário
  • O Auto do Burrinho de Belém
  • Davi e Golias
  • Ópera Mineira
  • O Cocô do Cavalo do Bandido
  • CalifórniaFulano de Tal, Fiscal Federal
  • Conheça Seus Ídolos
  • EnigmaConcerto Nº 1 Para Solidão e Orchestra
  • Os Balões
  • Tremembé Jones Contra Kong Kong
  • Tio Sam'uca
  • O Auto da Rainha GingaPeças Íntimas
  • O caderno de Jó Estrobolofe o Ovo e a Galinha
  • A Ópera Trinassau (Tema: A Invasão Holandesa)


Telenovelas

  • Bicho do Mato (TV Globo - Chico de Assis e Renato Correa de Castro)
  • Ovelha Negra (TV Tupi - Chico de Assis e Walter Negrão)
  • Xeque Mate (TV Tupi - Chico de Assis e Walter Negrão)
  • Cinderela 77 (TV Tupi - Chico de Assis e Walter Negrão)
  • Salário Mínimo (TV Tupi - Chico de Assis)
  • O Coronel e o Lobisomem (TV Cultura - Chico de Assis)

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!