Lúcia Lambertini

LÚCIA LAMBERTINI
(50 anos)
Atriz, Diretora e Autora

* São Paulo, SP (26/06/1926)
+ São Paulo, SP (23/08/1976)

Lúcia Lambertini foi uma atriz, diretora e autora brasileira. Graciosa, alegre, era baixinha e sempre aparentou menos idade do que tinha.

Quando a TV Tupi foi inaugurada em 1950, Lúcia Lambertini já tinha amizade com Tatiana Belinky e Júlio Gouveia, diretores do TESP. E estes começaram as tratativas para lançar os programas infantis na televisão, logo em 1952.

Lúcia Lambertini, seu tipo físico e seu talento, encaixaram-se perfeitamente no papel de Emília, a bonequinha do "Sítio do Pica-Pau Amarelo". Então, em 1952, ela estreou na televisão vivendo a Emília da primeira versão do "Sítio do Pica-Pau Amarelo". Depois participou do "TV de Vanguarda" e interpretou famosas personagens juvenis em especiais e tele-teatros, como "Heidi", "Pollyana", "A Moreninha" e "O Pequeno Lorde".

Grande atriz, intercalou seus trabalhos de atriz, aos de redatora de novelas e produtora de programas. Na década de 60 passou a escrever e dirigir para a TV Cultura e TV Excelsior, onde fez "Quem Casa Com Maria", "Yoshico, Um Poema de Amor", a primeira novela brasileira dedicada à colônia japonesa. Escreveu ainda "As Professorinhas" e "Os Amores de Bob".

HélioTozzi e Lúcia Lambertini

Foi produtora das novelas "Amor de Perdição", "Escrava do Silêncio" "O Moço Loiro". Sua importância também cresceu por ser um dos principais nomes da criação do modelo de TV Educativa. Esteve por muitos anos na TV Cultura, como produtora e autora.

Como atriz atuou no filme "O Homem das Encrencas" (1964), título alternativo "Imitando o Sol", e nas telenovelas "As Professorinhas", "Quem Casa Com Maria?", "Sozinho no Mundo" e "A Viagem", na TV Tupi, onde fez a divertida Dona Cidinha, proprietária de uma pensão.

Era irmã da também atriz Leonor Lambertini e foi casada com o diretor e produtor Hélio Tozzi, com quem teve filhos.

Lúcia Lambertini morreu repentinamente em 23/08/1976, vítima de uma parada cardíaca.


Sempre se disse sobre ela:

"Lúcia Lambertini foi a melhor Emília de todos os tempos!"

Indicação: Valdimir D'Angelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!