Antônio Pompêo

ANTÔNIO POMPÊO
(62 anos)
Artista Plástico e Ator

☼ São José do Rio Pardo, SP (23/02/1953)
┼ Rio de Janeiro, RJ (05/01/2016)

Antônio Pompêo foi um artista plástico e ator brasileiro nascido na cidade de São José do Rio Pardo, em São Paulo.

Estreou no cinema em "Xica da Silva" (1976), de Carlos Diegues. Entre o fim dos anos 70 e começo dos anos 80, fez diversos filmes e, a partir daí, dedicou-se mais a trabalhos na televisão, só voltando ao cinema 17 anos depois, em "O Xangô de Baker Street" (2001), de Miguel Faria Jr.

Antônio Pompêo participou de vários filmes, como "Xica da Silva" (1976) e "O Cortiço" (1978). Atuou também em novelas da TV Globo como "O Rei do Gado" (1996), "A Viagem" (1994), "Pecado Capital" (1998), "Mulheres de Areia" (1993), "A Casa Das Sete Mulheres" (2003), "Pedra Sobre Pedra" (1992) e "Fera Ferida" (1994). Seu início na TV foi em "A Moreninha", em 1975.

Antônio Pompêo também atuou em novelas da extinta TV Manchete, como "Kananga do Japão" (1989) e "A História de Ana Raio e Zé Trovão" (1990).

Seu último trabalho na televisão foi na novela "Balacobaco", da TV Record, em 2012.

Antônio Pompêo foi Diretor de Promoção, Estudos, Pesquisas e Divulgação da Cultura Afro-Brasileira da Fundação Palmares, ligada ao Ministério da Cultura do Brasil.

Antônio Pompêo era um dos idealizadores do projeto A Cor da Cultura que se converteu em material de apoio pedagógico em todo o território nacional para a formação de docentes e estudantes em História e Cultura Afro Brasileiras, e foi presidente do Centro de Documentação e Informação do Artista Negro (CIDAN).

Carreira

Televisão
  • 2012 - Balacobaco ... Alvaro Amaral
  • 2011 - Rebelde ... Alceu Alves
  • 2010 - Força-Tarefa ... Homem na Maternidade
  • 2008 - Chamas da Vida ... Aderbal
  • 2005 - Prova de Amor ... Amadeus
  • 2003 - A Casa das Sete Mulheres ... João Congo
  • 1998 - Pecado Capital ... Percival
  • 1996 - O Rei do Gado ... Dominguinhos
  • 1995 - Tocaia Grande ... Robustiano
  • 1994 - A Viagem ... Paulinho
  • 1993 - Fera Ferida ... Joaquim dos Anjos
  • 1993 - Mulheres de Areia ... Servilio
  • 1992 - Pedra Sobre Pedra ... Padre Otoniel
  • 1990 - A História de Ana Raio e Zé Trovão ... Delegado
  • 1990 - Rosa dos Rumos ... Carijó
  • 1990 - Escrava Anastácia ... Adeaô
  • 1989 - Kananga do Japão ... Pai Alabá
  • 1987 - O Outro ... Batista
  • 1986 - Sinhá Moça ... Justino
  • 1985 - Tenda dos Milagres ... Budião
  • 1985 - O Tempo e o Vento ... Severino
  • 1984 - A Máfia no Brasil
  • 1982 - Lampião e Maria Bonita ... Sabonete
  • 1975 - A Moreninha ... Rafael

Cinema
  • 1976 - Xica da Silva
  • 1978 - O Cortiço
  • 1978 - Se Segura, Malandro!
  • 1980 - Parceiros da Aventura
  • 1982 - Escalada da Violência
  • 1984 - Quilombo
  • 1984 - Nunca Fomos Tão Felizes
  • 2001 - O Xangô de Baker Street
  • 2001 - Condenado à Liberdade
  • 2002 - Seja o Que Deus Quiser!
  • 2004 - Quase Dois Irmãos
  • 2007 - O Homem Que Desafiou o Diabo

Morte

Antônio Pompêo, de 62 anos, foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, na terça-feira, 05/01/2016. Segundo o Corpo de Bombeiros, o carro da corporação foi acionado por volta das 16h45min pela Polícia Militar. A princípio, o ator estaria morto há mais de dois dias, mas essa informação só será confirmada após perícia no Instituto Médico Legal (IML), para onde o corpo foi encaminhado.

Foi Aldineia Silva, amiga e vizinha do ator, quem estranhou o sumiço repentino de Antônio Pompêo e acionou a Polícia Militar.

O ator morava sozinho no bairro de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e tinha uma filha, que já foi avisada da morte do pai pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão do Estado do Rio de Janeiro (SATED/RJ), entidade na qual Antônio Pompêo ocupava um posto de diretoria. A causa da morte do ator ainda não foi divulgada.

A assessoria de comunicação da Polícia Civil divulgou um comunicado dizendo que um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte.

Fonte: Wikipédia e EGO

3 comentários:

  1. Parabéns pela ótima reportagem.
    Marcos, seu trabalho é muito importante e valioso. Somos muito grato por essa gentileza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço seu comentário e fico contente que goste deste pequeno trabalho e homenagem. Um grande abraço!

      Excluir
    2. Pena que nos esclarecimento de algumas figuras importantes não tenha local do sepultamento e ate informações da causa morte são pobres.

      Excluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!