Fabiane Niclotti

FABIANE NICLOTTI
(31 anos)
Modelo e Miss Brasil

☼ Gramado, RS (06/10/1984)
┼ Gramado, RS (28/06/2016)

Fabiane Niclotti foi uma modelo brasileira e Miss Brasil 2004. Era também estudante e gerente comercial de uma loja.

Foi eleita no dia 15/04/2004, a mulher mais bonita do Brasil, representando o Rio Grande do Sul, Estado com tradição em concursos de miss, já tendo eleito 11 misses Brasil. Não conseguiu classificação em Quito, Equador onde ocorreu o Miss Universo.

Como marca do seu reinado de miss priorizou o trabalho social e como principal marca de sua pessoa, mostrou que uma miss além de linda, tem conteúdo e é muito simpática.

Ficou por alguns anos morando em Londres e cursando inglês, com o dinheiro que recebeu quando sagrou-se Miss Brasil.

Fabiane Niclotti era torcedora do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Miss Brasil

O ano, 2004, e para chegar às medidas perfeitas de uma miss, Fabiane Niclotti submeteu-se a uma cirurgia plástica. Colocou próteses de silicone de 250 ml nos seios e chegou a 92 cm de busto, 62 cm de cintura e 92 cm de quadril. Também passou a fazer duas horas e meia diárias de malhação com personal trainer.

Mas a beleza de ssa gaúcha de Fabiane Niclotti, do alto de seu 1m82 de altura, nunca passou despercebida pelas ruas da cidade gaúcha de Gramado, onde nasceu. A combinação da pele alva, olhos verdes, cabelos escuros e corpo bem torneado serviu de chamariz para inúmeros convites para ser modelo, todos prontamente negados.

Fabiane Niclotti não era da geração que cresceu sonhando em ser miss, nem havia participado de um desfile e muito menos de um concurso de beleza. Nativa do Estado que se transformou no maior celeiro de top models brasileiras, Fabiane Niclotti nunca pensou em trilhar a carreira da conterrânea Gisele Bündchen.

"Sempre gostei de me dedicar aos estudos e de ficar perto da minha família. Como poderia conseguir isso sendo modelo?", dizia, com a voz suave e quase sem sotaque.

Depois de coroada, a estudante do segundo ano de um curso técnico de enfermagem já pode sentir na pele que a vida de Miss Brasil não é muito diferente da rotina das modelos famosas. A diferença é que a carreira de miss tem prazo de validade. "É só por um ano", enfatizou Fabiane Niclotti, que ainda na época ainda estava se habituando às poucas horas de sono e às muitas sessões de maquiagem e cabeleireiro. Também não deve sobrar tempo para namorar. Mas Fabiane Niclotti parecia não se importar, já que estava sozinha há um ano, depois de terminar um namoro de três. Ela só não escondia a saudade da família, evidente na emoção e nas lágrimas ao falar com a mãe pelo celular, três dias depois de ser eleita.

A filha de marceneiro e dona-de-casa, que nunca havia viajado de avião e o local mais distante que conhecia era Santa Catarina, viu sua vida começar a se transformar assim que recebeu a faixa de Miss Brasil, na quinta-feira, 15/04/2004.

"Costumo brincar que dormi representando um Estado e acordei com mais 26. É uma responsabilidade maior", disse ela. Independente do resultado do resultado do concurso Miss Universo, Fabiane Niclotti deixou claro que quando entregasse a coroa no próximo ano, 2005, pretendia retomar a vida de onde parou: "Vou terminar o meu curso de enfermagem e estudar administração hospitalar, tenho o sonho de fundar um pronto-socorro ou uma clínica em Gramado!".

Morte

Fabiane Niclotti foi encontrada morta na noite de terça-feira, 28/06/2016, em Gramado, RS. Segundo a Delegacia de Polícia Civil tudo indica que foi suicídio. No município, o comentário é que Fabiane Niclotti sofria de depressão. A informação foi confirmada pelo irmão da vítima, Maico Niclotti, ao prestar depoimento. Ainda segundo a apuração da Polícia, Fabiane Niclotti já teria tentado se matar outras vezes. Também de acordo com a delegacia, o irmão da modelo relatou ter tentado telefonar para ela diversas vezes ao longo do dia. Fabiane Niclotti não atendeu as ligações e então ele chamou a polícia.

Os agentes entraram na casa por volta de 22h30 e encontraram o corpo de Fabiane Niclotti. Ela estava sozinha na residência, não havia ferimentos e nenhuma lesão no corpo da moça, o que reforça a hipótese de suicídio. A perícia foi acionada e deslocada até a casa, que fica em um condomínio residencial no centro da cidade.

Muito abalado, Maico Niclotti foi o único familiar a comparecer na delegacia para prestar depoimento. O inspetor Gustavo Celiberto Barcellos  contou que a mãe de Fabiane Niclotti precisou ser hospitalizada ao receber a informação da morte da filha. Barcellos também disse que o corpo da modelo deve ser liberado pelo Instituto Médico Legal ainda na quarta-feira, 29/06/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!