Maurício do Valle

MAURÍCIO DO VALLE
(66 anos)
Ator


* Rio de Janeiro, RJ (01/03/1928)
+ Rio de Janeiro, RJ (07/10/1994)

Estreou nos cinemas em 1950, depois de ver um anúncio no jornal solicitando extras para o filme "Tudo Azul" de Moacyr Fenelon.

Na televisão, ainda na década de 50, fez um teleteatro em uma adaptação de "A Dama das Camélias" ao lado de Fernanda Montenegro.

Um dos principais nomes do Cinema Novo, Maurício do Valle chegou a participar de mais de 80 produções ao longo de uma carreira de 44 anos, e ficou conhecido por sua dureza natural, o tom de voz e o rosto agreste como se esculpido em pedra.

O sucesso chegou com o diretor Glauber Rocha, com quem fez quatro filmes e que lhe deu o papel de Antonio das Mortes, um matador de cangaceiros, nos filmes "Deus e O Diabo na Terra do Sol" de 1964 e "O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro" de 1969. Glauber o considerava seu ator preferido.

Ganhou vários prêmios como melhor ator de cinema e se destacou em filmes como "O Grande Sertão"; "A Hora e a Vez de Augusto Matraga"; "Terra em Transe"; "Bebel, Garota Propaganda"; "Pindorama"; "O Profeta da Fome"; "O Dia em que o Santo Pecou"; "Pecado na Sacristia"; "Bacalhau"; "O Caçador de Esmeraldas" e "Os Sete Gatinhos", entre outros.

Maurício do Valle participou de diversas telenovelas, entre elas, "Meu Pedacinho de Chão"; "Jerônimo, o Herói do Sertão"; "Cabocla"; "Pé de Vento"; "Rosa Baiana"; "Roque Santeiro" e a minissérie "O Tempo e o Vento".

Morreu vítima de Diabetes e Complicações Coronárias.

Fonte: Dramaturgia Brasileira - In Memoriam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!