Orlando Peçanha

ORLANDO PEÇANHA DE CARVALHO
(74 anos)
Jogador de Futebol

* Niterói, RJ (20/09/1935)
+ Rio de Janeiro, RJ (10/02/2010)

Foi um dos maiores zagueiros da história do futebol brasileiro pela sua grande habilidade, aplicação, força física e incrível capacidade de antecipação.

Se destacou no Vasco, pelo qual atuou entre 1955 e 60. Pelo clube, chegou à seleção brasileira em 58. No mesmo ano, formou a zaga titular da equipe campeã na Suécia ao lado de Bellini, seu companheiro no clube carioca, atuando em todos os seis jogos da equipe no Mundial.

Em 1960, foi contratado pelo Boca Juniors, onde permaneceu até 1964 e atuou ao lado de outros brasileiros (Dino Sani, Paulinho Valentim e Almir Pernambuquinho). No clube argentino, foi campeão nacional em 62 e 64. Mostrou sua categoria na Argentina, mas a transferência para o exterior acabou impedindo sua convocação para a Copa de 1962, perdendo a chance de ser bicampeão mundial no Chile. Na época, atletas brasileiros que atuavam no exterior não eram convocados para a seleção.

Voltou ao Brasil em 65, para atuar no Santos. No Alvinegro Praiano, foi campeão paulista em 65 e 67 e da Taça Brasil de 65 . E voltou à seleção brasileira. Aos 31 anos, disputou a Copa do Mundo de 66. No Mundial disputado na Inglaterra, sofreu sua única derrota em 34 partidas pela seleção: 3 a 1 para Portugal, jogo que eliminou o Brasil do torneio.

O zagueiro encerrou a carreira em 1970, no Vasco, aos 35 anos.

Após pendurar as chuteiras, tentou iniciar a carreira de treinador, comandando o CSA, em 1977, e o Vitória, em 1980. Mas acabou se destacando por defender os interesses dos técnicos, como presidente da Associação Brasileira de Treinadores de Futebol.

Clubes: Vasco, Boca Juniors e Santos

Títulos por clubes: Campeão Carioca em 1956 e Super-Super Campeão Carioca de 1958, campeão argentino em 1962 e 64, campeão paulista em 65 e 67 e da Taça Brasil de 65 (Santos)

Jogos pela seleção brasileira: 34 (25 vitórias, 7 empates e uma derrota)

Títulos pela seleção: Copa do Mundo 1958, Taça Bernardo O'Higgins 1959 e Taça Atlântico 1960.

Morreu vítima de um Ataque Cardíaco.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!