Vanda Lacerda

VANDA LACERDA
(77 anos)
Atriz

* Rio de Janeiro, RJ (10/09/1923)
+ Rio de Janeiro, RJ (14/07/2001)

Fez estudos no conservatório de música, época em que participa do teatro universitário. Os anos 40 serão fundamentais na carreira dessa talentosa atriz, que leva sua arte também para o rádio e para o cinema.

Estreou nas telas em 1944, no filme "Gente Honesta", de Moacyr Fenelon, cineasta com quem roda mais dois filmes, "Vidas Solitárias" e "Fantasma Por Acaso".

Na década de 50 privilegia seus trabalhos no teatro – veículo onde durante sua trajetória brilha em peças de Jorge Andrade e Nelson Rodrigues, entre outros -, voltando ao cinema, e também estreando em novelas, nos anos 60.

A partir daí emenda um clássico atrás do outro, atuando em filmes inesquecíveis e de primeira linha do cinema brasileiro: "A Falecida" e "São Bernardo", de Leon Hirszman; "Cara a Cara" e "Matou a Família e Foi ao Cinema", de Júlio Bressane.

Não bastasse sua importância como atriz, Vanda Lacerda foi também uma militante da classe artística de primeira grandeza. Ao presidir, em segunda gestão, o Sated-RJ, Sindicato dos Artistas e Técnicos, ela teve a alegria de ver, finalmente, a regulamentação profissional da categoria de ator.

Depois de passar quase toda a década de 80 longe do cinema, Vanda Lacerda volta às telas como protagonista, ao lado de Jofre Soares, do episódio "Bolo", de José Roberto Torero, do filme "Felicidade É...".

Na televisão passou pelas emissoras Globo e Manchete e participou de novelas importantes como "Assim na Terra como no Céu"; "Uma Rosa com Amor"; "O Espigão"; "Anjo Mau"; "Sinal de Alerta"; "Tudo ou Nada"; "Memorial de Maria Moura"; "A Próxima Vítima" ; "Quem é Você?" e "Torre de Babel".

Filmografia

Posta Restante (1997)
Felicidade É... (1995)
Álbum de Família (1981)
Insônia (1980)
O Sol dos Amantes (1979)
Vida Vida (1977)
A Estrela Sobe (1974)
Tati, A Garota (1973)
São Bernardo (1971)
Matou a Família e Foi ao Cinema (1969)
Cara a Cara (1967)
A Falecida (1965)
Fantasma por Acaso (1946)
Vidas Solitárias (1945)
Gente Honesta (1944)

Televisão

Luna Caliente (1999) ... Maria
Torre de Babel (1998) ... Eglantine
Quem É Você? (1996) ... Anita
A Próxima Vítima (1995) ... Tia Anunciata
Memorial de Maria Moura (1994) ... Francisca
Você Decide (1992) (Episódio: Justiça de Deus)
Meu Marido (1991) ... Edith
Abraçar as Árvores (1990) ... Júlia
Tudo ou Nada (1986) ... Ema Barroso
Ciranda, Cirandinha (1978) ... Isabel
Sinal de Alerta (1978) ... Melinda
Anjo Mau (1976) ... Alzira
O Espigão (1974) ... Urânia Camará
Medéia (1973)
Uma Rosa com Amor (1972) ... Joana
Minha Doce Namorada (1971) ... Joana
Assim na Terra Como no Céu (1970) ... Marieta
Demian, o Justiceiro (1968) ... Sumitra

A atriz faleceu aos 77 anos, de Edema Pulmonar, e estava em plena temporada nos palcos cariocas com o espetáculo "Mulher Sem Pecado", um original de Nelson Rodrigues.

Fonte: Wikipédia e Dramaturgia Brasileira - In Memoriam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!