Xangô da Mangueira

OLIVÉRIO FERREIRA
(85 anos)
Cantor e Compositor

☼ Rio de Janeiro, RJ (19/01/1923)
┼ Rio de Janeiro, RJ (07/01/2009)

Xangô da Mangueira iniciou-se no samba na Escola de Samba União de Rocha Miranda, transferindo-se posteriormente para a Portela, onde foi discípulo do célebre Paulo da Portela.

Após a saída de Paulo da Portela da escola, no início da década de 40, Xangô seguiu Paulo por um tempo na Lira do Amor, porém, como também admirava a Mangueira, pediu permissão a seu mestre, sendo por ele indicado a diretoria mangueirense, onde Paulo da Portela também possuía grandes amigos.

Na Mangueira, Xangô permaneceu pelo resto da vida, notabilizando-se como diretor de harmonia, cargo que ocupou por várias décadas. Foi também o intérprete oficial do samba da escola até 1951, sendo antecessor de Jamelão.

Na década de 70, gravou quatro LPs pela gravadora Tapecar e desenvolveu extensa atividade artística, apresentando-se como cantor em todo o Brasil e no exterior. Como compositor, teve diversas obras gravadas por cantores como Clara Nunes e Roberto Ribeiro.

Morte

Xangô da Mangueira morreu na noite de quarta-feira, 07/01/2009, aos 85 anos, no Hospital de Irajá, na zona norte do Rio de Janeiro. Ele tinha infecção renal crônica, agravada pelo diabetes e também sofria de Mal de Parkinson.

Durante o período de internação, Xangô da Mangueira manteve-se lúcido. Com a piora do quadro, foi transferido para o Centro de Tratamento Intensivo, onde morreu. Baluarte da Mangueira, Xangô da Mangueira completaria 86 anos no dia 19/01/2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!