Ênio Santos

ÊNIO DE AZEVEDO SANTOS
(79 anos)
Ator e Dublador

* Porto Alegre, RS (15/01/1922)
+ Rio de Janeiro RJ (30/01/2002)

As principais atuações de Ênio Santos foram na televisão. Um dos mais famosos coadjuvantes das novelas de TV.

Aos 13 anos, já morando no Rio de Janeiro e sozinho, Ênio Santos começou a frequentar os programas de calouros de Renato Murce na Rádio Nacional. O esforço o levou a ser contratado como cantor pela Rádio Record de São Paulo na década de 40.

Passou, depois, para o radioteatro onde ficou até a década de 60.

Ênio Santos estreou na TV no final da década de 50 na TV Continental, antigo canal 9 do Rio de Janeiro, e sua primeira novela foi Anastácia, a Mulher Sem Destino, em 1967, na TV Globo.

Sua última participação em novelas foi em 2000, em O Cravo e a Rosa e nas horas vagas sua diversão era a pescaria.

Ele foi casado e teve três filhos, mas manteve sempre uma vida muito discreta e a família nunca aparecia nas entrevistas.

Cinema

1976 - Tem Folga na Direção
1975 - Ipanema, Adeus
1973 - As Moças Daquela Hora
1973 - Os Condenados
1969 - Copacabana me Engana
1961 - Por um Céu de Liberdade
1948 - Poeira de Estrelas
1948 - Obrigado Doutor
1947 - Asas do Brasil
1946 - Fantasma Por Acaso

Dublagem

Zangado (Branca de Neve e os Sete Anões)
Timóteo (Dumbo)
Emelius Browne (Se a Minha Cama Voasse)
Thomas O'Malley (Aristogatas)
Narrador (Hércules)
Fa Zu (Mulan)
Rei Kashekim Nedakh (Atlântida: O Reino Perdido)
Chefe Pondo (Moby Dick e o Poderoso Mightor)
Willy Wonka (A Fantástica Fábrica de Chocolate - 1ª dublagem)

Televisão

2000 - O Cravo e a Rosa ... Padre
1996 - Quem é você? ... Ladislau
1994 - Incidente em Antares ... Aristarco Belaguarda
1991 - Salomé ... Tonho
1990 - La Mamma ... Fuad
1989 - Tieta ... Teto
1988 - Vida Nova ... Mariano
1988 - O Primo Basílio ... Srº Paula
1988 - O Pagador de Promessas ... Rupió
1986 - Selva de Pedra ... Neves
1984 - Vereda Tropical ... Péricles
1983 - Eu Prometo ... Drº Ribeiro
1982 - Final Feliz ... Messias
1982 - Sétimo Sentido ... Tomás Rezende
1981 - Ciranda de Pedra ... Francisco
1981 - Os Imigrantes (Bandeirantes) ... Olavo
1980 - Água Viva ... Delegado
1980 - Olhai os Lírios do Campo ... Seixas
1979 - Os Gigantes ... Marcelo
1979 - Feijão Maravilha ... Giacometti
1977 - O Astro ... Cerqueira
1977 - Dona Xepa ... Henrique Becker
1976 - Estúpido Cupido ... Prefeito Aquino
1975 - Pecado Capital ... Delegado
1975 - Escalada ... Artur Freitas Ribeiro
1974 - Fogo Sobre Terra ... Juliano
1972 - Uma Rosa Com Amor ... Egídio
1971 - O Homem Que Deve Morrer ... Prof. Hilário Valdez
1970 - Irmãos Coragem ... Drº Maciel
1969 - Véu de Noiva ... Eugênio
1969 - Rosa Rebelde ... José de Aragón
1968 - Sangue e Areia ... Drº Luiz
1967 - Anastácia, a Mulher Sem Destino ... Pierre

Ênio Santos faleceu no Rio de Janeiro, em 30 de janeiro de 2002, de Falência Múltipla dos Órgãos decorrente de um Infarto sofrido dois meses antes.

Um comentário:

  1. Ótimo ator. Era garota mas me comovia ao vê-lo como o pai de RITINHA (Regina Duarte), médico alcoólatra em Irmãos Coragem. Era daqueles atores que não eram lembrados pela crítica, mas que não ficavam desempregados pelo gradnde talento.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!