Farias Brito

RAIMUNDO DE FARIAS BRITO
(54 anos)
Escritor e Filósofo

☼ São Benedito, CE (24/07/1862)
┼ Rio de Janeiro, RJ (16/01/1917)

Farias Brito foi um escritor e filósofo brasileiro, sendo considerado como um dos maiores nomes do pensamento filosófico do país e autor de uma das mais completas obras filosóficas produzidas originalmente no Brasil, em que identificou os planos do conhecimento e do ser, voltando dogmaticamente à metafísica tradicional, de caráter espiritualista. Era também maçom.

Filho de Marcolino José de Brito e Eugênia Alves de Farias, fez seus primeiros estudos na cidade de Sobral, CE, todavia, devido à seca, teve de mudar-se com a família para a capital do Estado, Fortaleza, onde completou o curso secundário no Colégio Estadual Liceu do Ceará. Formou-se em direito na Faculdade de Direito do Recife, onde foi aluno de Tobias Barreto, obtendo o título de Bacharel em 1884.

Atuou como promotor e, por duas vezes, como secretário no Governo do Estado do Ceará. Mais tarde transferiu-se para o estado do Pará, onde lecionou na Faculdade de Direito de Belém do Pará (1902-1909) e trabalhou como advogado e promotor.

Tido como autor de prestígio, mudou-se para o Rio de Janeiro em 1909 e venceu o concurso para a cátedra de lógica do Colégio Pedro II, cargo que exerceu pelo resto da vida. É patrono da cadeira número 31 da Academia Cearense de Letras.

Filosofia

Muito religioso, em suas primeiras obras criticou a filosofia da época, a seu ver dissolvente, propondo-se a combater o materialismo, a teoria da evolução e o relativismo, pregando um Deus como um princípio que explica a natureza e serve de base ao mecanismo da ordem moral na sociedade. Nas obras seguintes evoluiu para um espiritualismo mais pronunciado, abandonando o naturalismo inicial.

O pensamento do filósofo poderia ser resumido nas seguintes palavras:

"Há pois a luz, há a natureza e há a consciência. A natureza é Deus representado, a luz é Deus em sua essência e a consciência é Deus percebido."

Curiosidades

Para homenageá-lo, a localidade cearense de Quixará passou a ser a cidade denominada Farias Brito.

Na capital cearense, há a rede de ensino particular Farias Brito, que homenageia o primeiro grande filósofo do Brasil. Esta entidade atua no Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Superior. E seguindo os ideais de seu patrono, ensina Filosofia a partir da 1ª série do Ensino Fundamental, quando seus alunos aprendem filosofia antes de saberem ler.

Obras

A obra filosófica de Farias Brito compõe-se de duas trilogias:

Finalidade do Mundo

  • 1895 - A Filosofia Como Atividade Permanente do Espírito
  • 1899 - A Filosofia Moderna
  • 1905 - Evolução e Relatividade

Ensaios Sobre a Filosofia do Espírito

  • 1905 - A Verdade como Regra das Ações
  • 1912 - A Base Física do Espírito
  • 1914 - O Mundo Interior

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!