Teixeira Filho

ANTÔNIO TEIXEIRA FILHO
(61 anos)
Autor de Novela

* Cambará, PR (10/10/1922)
+ São Paulo, SP (24/04/1984)

De vida simples e avesso a badalações, ele chegou a se formar em Direito mas nunca exerceu a profissão. Casado com Carmem Lídia, pai da atriz Clênia Teixeira e do ator e compositor Cleston Teixeira, começou a escrever telenovelas em 1963, quando adaptou para a TV Tupi o clássico de Félix Caignet, O Direito de Nascer.


Na TV Globo ele escreveu Ciranda de Pedra, um grande sucesso, e O Homem Proibido, adaptações das obras de Lygia Fagundes Telles e Nelson Rodrigues respectivamente, ambas exibidas no horário das 18:00 hs. Teve ainda sua novela Ídolo de Pano, adaptada em 1982, no México, com o título de Vanessa.

Teixeira Filho morreu no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, vítima de uma Insuficiência Pulmonar.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!