Francisco di Franco

FRANCISCO DE SOUZA NETO
(62 anos)
Ator e Modelo

☼ São Paulo, SP (07/05/1938)
┼ São Paulo, SP (10/04/2001)

Francisco de Souza Neto, mais conhecido como Francisco di Franco, foi modelo e ator, nascido em São Paulo, SP, no dia 07/05/1938. Em alguns filmes, foi creditado como Francisco de Souza.

O ator Francisco di Franco, foi criado na Rua da Consolação, em São Paulo. O seu pai, Srº Waldomiro, tinha um açougue na Rua da Consolação próximo à Alameda Santos. Todas as noites, depois do trabalho, Francisco di Franco ia paquerar com as empregadas domésticas no Parque Trianon. Dono de um pequeno caminhão, reunia-se com amigos no Bar do Bigode, onde bebiam, comiam pizza e contavam histórias.

Depois de alguns anos, Francisco di Franco se tornou ciclista e ganhou várias corridas junto com o famoso Cláudio Rosa, campeão da 9 de Julho. Mais tarde, Francisco di Franco tornou-se mecânico de automóveis na oficina do Srº Albino. Foi aí que sua vida mudou totalmente.

O ator Mazzaropi foi consertar o carro e ficou impressionado com a aparência de Francisco di Franco: 1,85m de altura, corpo Atlético, boa pinta e muito falante. Mazzaropi o convidou para fazer um teste no cinema.

Fez o seu primeiro filme, "Jeca Tatu" (1959), e não parou mais de atuar. Fez mais de 40 filmes, novelas e seriados.

Francisco di Franco e Lídia Mattos
Foi convidado pelo Pelé para fazer um filme que ele dirigiu, "Os Trombadinhas" (1979).

Na TV Globo atuou em "Bandeira 2" (1971) e na TV Tupi fez "A Viagem" (1975), "Ovelha Negra" (1975) e "Jerônimo, o Herói do Sertão" (1972). Nessa novela, que mais parecia um seriado, ele fez muito sucesso como o protagonista. A história foi Inspirada na radionovela do mesmo nome, feita pela Rádio Nacional, na década de 60. A história, escrita por Moyses Weltman, foi novamente levada ao ar em 1984, pelo SBT. Aí ganhou o nome de "Jerônimo". Francisco Di Franco foi novamente chamado para encabeçar o elenco.

Em 1972, Francisco di Franco, foi eleito o homem mais bonito do Brasil.

Ganhador de vários prêmios, foi convidado pelo diretor italiano Sergio Leone, de "O Dólar Furado" (1965), com Giuliano Gemma, para fazer, na Itália, um filme com Anthony Quinn.

"Até Que a Vida nos Separe" (1999) foi seu último trabalho como ator.

Repentinamente, Francisco di Franco desapareceu das telas de cinema, da televisão e da mídia. Viveu os últimos anos de sua vida na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, trabalhando na Prefeitura Municipal.

Francisco di Franco faleceu vítima de Câncer, em São Paulo, SP, no dia 10/04/2001. Ele era solteiro, sem filho e deixou um irmão e uma irmã.

Filmes
  • 1999 - Hans Staden
  • 1999 - Até que a Vida Nos Separe
  • 1984 - Anúncio de Jornal
  • 1984 - Sexo, Sexo, Sexo
  • 1984 - O Filho Adotivo
  • 1983 - A Difícil Viagem
  • 1982 - Tessa, a Gata
  • 1981 - Sexo e as Pipas
  • 1980 - Boneca Cobiçada
  • 1979 - Iracema, a Virgem dos Lábios de Mel
  • 1979 - Os Trombadinhas
  • 1979 - Os Pankekas e o Calhambeque de Ouro
  • 1979 - Mulheres do Cais
  • 1979 - As Borboletas Também Amam
  • 1979 - Os Três Boiadeiros
  • 1979 - Paixão de Sertanejo
  • 1978 - A Força do Sexo
  • 1978 - As Aventuras de Robinson Crusoé
  • 1977 - O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão ... Alberto
  • 1974 - A Noiva da Noite ... Danilo
  • 1974 - O Supermanso
  • 1974 - O Marginal
  • 1973 - Como Evitar o Desquite
  • 1972 - Independência ou Morte
  • 1972 - Um Marido Sem... é Como um Jardim sem Flores ... Ricardo
  • 1971 - Cordélia, Cordélia ... Leônidas
  • 1971 - Quando as Mulheres Paqueram
  • 1971 - Uma Verdadeira História de Amor ... Paulo
  • 1971 - Um Anjo Mau ... Lucas
  • 1971 - Os Devassos
  • 1971 - Pantanal de Sangue ... José Neves
  • 1971 - Um Certo Capitão Rodrigo ... Rodrigo Cambará
  • 1970 - O Pornógrafo
  • 1970 - Balada dos Infiéis ... Fernando Cavalcanti
  • 1970 - Sertão em Festa
  • 1970 - Juliana do Amor Perdido
  • 1969 - O Cangaceiro Sem Deus
  • 1969 - Sentinelas do Espaço
  • 1969 - Meu Nome é Lampião
  • 1968 - O Quarto
  • 1966 - As Cariocas
  • 1966 - O Corpo Ardente ... Marido de Glória
  • 1964 - O Lamparina
  • 1962 - O Vendedor de Linguiças
  • 1961 - Tristeza do Jeca
  • 1960 - As Aventuras de Pedro Malazartes
  • 1960 - Jeca Tatu

Novelas e Minisséries
  • 1984 - Jerônimo ... Jerônimo
  • 1978 - Jorge, um Brasileiro
  • 1975 - A Viagem ... Mauro
  • 1975 - Ovelha Negra ... Chapéu
  • 1972 - Jerônimo, o Herói do Sertão ... Jerônimo
  • Bandeira 2 ... Galileu

Fonte: Wikipédia

4 comentários:

  1. Revivi agora momentos inesquecíveis da minha infância. Jerônimo era o meu herói. Vibrava todas as vezes que Francisco Di Franco aparecia na tela da TV. Saudades.

    ResponderExcluir
  2. Francisco di Franco, ao contrario do que esta escrito, foi casado e teve dois filhos Guilherme e Ana...e morou muitos anos em São Bernardo do Campo.

    ResponderExcluir
  3. Apenas um adendo, O Dolar Furado foi dirigido por Giorgio Ferroni, e não Sergio Leone.

    ResponderExcluir
  4. Ele estava no auge da sua carreira quando um travesti armou uma grande cilada. Foi em um apartamento na cidade de São Paulo, onde o ator morava. O travesti era seu vizinho de apartamento.

    Certo dia, o vizinho tocou a campainha do apartamento do ator, ao abrir a porta, ele foi atacado a facadas, levou vários cortes, mas conseguiu fugir pelo corredor do prédio. Ao chegar na portaria, a porta estava fechada. Já que ele era um cara bem forte, com o corpo conseguiu quebrar a porta de vidro do prédio. Ao sair, na calçada, ele se jogou em baixo de um caminhão que estava parado no meio-fio.Ficou ali escondido em baixo do caminhão por um tempo, foi o que salvou sua vida.

    Os moradores do prédio, com o barulho, chamaram a polícia, o Francisco foi levado para o hospital com várias facadas nos braços. Foi aí que sua carreira começou a ir para o buraco pela difamação.

    O vizinho mentiu para a polícia, dizendo que o Francisco não queria pagar o programa que foi combinado. Foi uma grande mentira, o Francisco não falava com o travesti, apesar de ser seu vizinho. Ele, o travesti, tinha bronca do Francisco porque não era correspondido pelo ator.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!