Dilu Melo

MARIA DE LOURDES ARGOLLO
(86 anos)
Cantora, Compositora, Instrumentista e Folclorista

 * Viana, MA (25/09/1913)
+ Rio de Janeiro, RJ (24/04/2000)

Criada em Porto Alegre, Dilu Melo começou a estudar música e violino aos cinco anos de idade. Aos nove anos, iniciou o aprendizado de violão com sua mãe, Dona Nenê, e de piano com a professora Elizéne D’Ambrósio. Aos 10 anos, compôs sua primeira obra, uma valsinha intitulada Heloísa, em homenagem à sua irmã mais nova.

Em 1938, Dilu foi para o Rio de Janeiro, estreando na Rádio Cruzeiro do Sul, surgindo então o convite para apresentar-se na Rádio Kosmos, de São Paulo. No mesmo dia da estréia, gravou um disco na Colúmbia, cantando as músicas Engenho D’Água (Dilu Melo e de Santos Meira) e Coco Babaçu (Dilu Melo). Depois, a serviço do Ministério da Educação, apresentou nossa música folclórica em vários estados, bem como na Argentina, onde morou 2 anos.

Em 1944 gravou na Continental o segundo disco, também com músicas suas, o coco Sapo Cururu e o xote Fiz a Cama na Varanda (Dilu Melo e Ovídio Chaves), este seu maior sucesso, música regravada também em outros países.

Atuou no Cassino Atlântico e foi contratada da Rádio Nacional, do Rio de Janeiro.

Em 1947, Meu Cavalo Trotador (Dilu Melo e de Ademar Pimenta), gravada pelos Trigêmeos Vocalistas, também fez sucesso no exterior. Em 1949 obtiveram êxito a canção Rolete de Cana (Dilu Melo e de Osvaldo Santiago), o xote Qual o Valor da Sanfona (Dilu Melo e de J. Portela) e o jongo Conceição da Praia (Dilu Melo e Oldemar Magalhães), gravado por Marlene.

Em 1958, gravou de Altamiro Carrilho e Armando Nunes, o xote Nos Velhos Tempos. Por influência de Antenógenes Silva, começou a tocar acordeão recebendo da imprensa a denominação de Rainha do Acordeão. Autora de mais de cem músicas.

Foi professora de dicção, empostação, danças folclóricas e história da música. Também escreveu peças infantis.


Um comentário:

  1. Como e bom relembra essas pessoas maravilhosas , que nós fez muitos momentos felizes, sinto saudade.Parabéns vc é o cara.
    Marcos Aurelio

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!