Betinho

ALBERTO BORGES DE BARROS
(82 anos)
Cantor, Compositor e Guitarrista

* Rio de Janeiro, RJ (1918)
+ Maringá, PR (30/03/2000)

Filho de Josué de Barros, quem descobriu Carmen Miranda, Betinho nasceu no Rio de Janeiro no ano de 1918. Chegou a acompanhar a cantora ao violão, ao lado do pai, quando era adolescente. Juntos, introduziram o violão elétrico nas apresentações musicais, uma novidade para aquela ocasião. Betinho, na época que integrava orquestras de jazz onde se apresentava na Argentina. Compôs sucessos como "Fel", "Abandono", "Moral da História", "O Vendedor de Laranjas" e "Parte".

Entre 1941 e 1946 foi solista da orquestra de Carlos Machado, no Rio de Janeiro e Niterói.

Considerado pelos críticos musicais como sendo o primeiro cantor de Rock'n Roll do Brasil, Betinho começou a carreira artística como violonista acompanhando seu pai Josué de Barros, em apresentações artísticas pelo país. Sempre a frente do seu tempo, foi o pioneiro na utilização do violão elétrico e da guitarra, instrumentos estes até então desconhecidos no cenário musical daquela época.

Atuou durante vários anos em Buenos Aires na Argentina onde tocou em conjuntos de jazz. Foi guitarrista em diversas orquestras, entre as quais, a do maestro Zacarias. De 1941 até 1946, foi instrumentista da orquestra de Carlos Machado, que se apresentava no Cassino da Urca e no Cassino de Icaraí.

No início da década de 1950, fundou o grupo Betinho & Seu Conjunto, que obteve vários sucessos, apresentando-se na Rádio Nacional paulista e na Boate Excelsior. Em 1953 estreou em disco com seu conjunto gravando pela Copacabana o baião "É Sobremesa", de sua autoria em parceria com Nelson Figueiredo, e o choro "Betinho no Choro", de sua autoria. O baião "É Sobremesa" não fez muito sucesso no Brasil, mas chegou a receber sete gravações na Europa, entre as quais, uma com a orquestra do maestro Roberto Ingles com o título de "Sunrise Samba".

Em 1954 obteve grande sucesso com o fox "Neurastênico", que fez parte da trilha sonora da novela "Estúpido Cupido", parceria com Nazareno de Brito, que logo foi regravado seis vezes no Brasil e oito na Argentina, onde também fez muito sucesso, assim como também no Uruguai. Em 1956, o "Mambo do Galinho", também em parceria com Nazareno de Brito, foi gravado por Cauby Peixoto no LP "Canção do Rouxinol".

Novo Ritmo

No Brasil, a partir de 1955, começou a estourar nas rádios um novo ritmo musical: o Rock'n Roll. Aproveitando esta onda, Betinho acabou adquirindo, em uma viagem que fez aos Estados Unidos, uma guitarra Fender Stratocaster modelo Sunburst em substituição a sua Gibson-Les Paul comprada no início daquela década. Assim, em abril de 1957, com sua nova guitarra e a participação de seu conjunto, foi gravada nos estúdio da Rádio Record em São Paulo, o primeiro rock nacional, a música "Enrolando o Rock", de autoria sua juntamente com o compositor Heitor Carrilho. A música acabou fazendo parte da trilha sonora do filme "Absolutamente Certo", com Anselmo Duarte e Odete Lara, onde o grupo fez uma aparição: O primeiro clip de rock do Brasil.

No ano seguinte gravou "Little Darlin'", de William, com versão de Heitor Carrilho, o calipso "Baby Lover", de Wandra Herrel e o rock "Peanuts" de J. Cock. Na mesma época, o cantor Valdemar Roberto gravou na Polydor a toada "Vou Falar de Você", de sua parceria com Nazareno de Brito.

Em 1959 gravou com sucesso a guarânia "Quero Beijar-te as Mãos", de Arsênio de Carvalho e Lourival Faissal. Acompanhou com seu conjunto as gravações de diversos artistas  entre os quais, Ronnie Cord, Moacyr Franco em "O Rock do Mendigo", Gessy Soares de Lima, Rossini Pinto e Cleide Alves.

Vida Pessoal

Betinho casou-se em 1941 com a polonesa Presyla Herminia Zseja de Barros e tiveram 2 filhos: Alberto Josué Borges de Barros e Irany Borges de Barros. Em meados da década de 60, Betinho se tornou evangélico e mais tarde, um renomado pastor. Passou a compor músicas religiosas no estilo rock-balada, sendo o primeiro guitarrista evangélico do Brasil. Participou de gravações, fazendo solos de guitarras em alguns LP's de cantores do meio evangélico como por exemplo, Luiz de Carvalho. Após sua jubilação como pastor, foi morar com sua família na cidade de Maringá, PR onde frequentava a Igreja Batista Sião.

Betinho faleceu aos 82 anos, cheio de vitalidade, três anos após a morte de sua esposa, em 30 de março de 2000, na cidade deMaringá, PR.

Betinho & Seu Conjunto

Betinho & Seu Conjunto foi um grupo musical surgido no início dos anos 50 formado pelo guitarrista, compositor e cantor Alberto Borges de Barros, o Betinho, considerado pelos pesquisadores musicais como sendo o primeiro grupo de rock'n roll no Brasil. O grupo era eclético e tocava jazz, calipso, baião, choro, rock'n roll, fox, música cubana, entre outros. Os músicos que acompanhavam Betinho eram Renatinho (acordeão), Salinas (piano), Navajas (contrabaixo), Bolão (sax) e Pirituba e Rafael (percussões/baterias). Além de donos de uma impecável técnica musical e modernos, ajudaram à abrir as portas para novos estilos e movimentos da música brasileira como a jovem guarda.

Betinho & Seu Conjunto foi um dos maiores conjuntos de boate de São Paulo, eleito o melhor em 1957. As primeiras canções do grupo são em 1953. Em 1954 lançaram o fox "Neurastênico", um dos clássicos mais conhecidos do grupo. A fase rock'n roll chegou em 1957 com "Enrolando o Rock" e o LP "Rock & Calypso" em 1958. Lançaram mais clássicos no fim dos anos 50 e primeira metade dos anos 60. A banda se desfez no início dos anos 60.


Discografia Como Cantor Popular

  • 1953 - Baião e Sobremesa / Betinho no Choro (Copacabana)
  • 1953 - Batuca Jojo / Baianinho (Copacabana)
  • 1953 - Lig Le no Baião / Ralando Coco (Copacabana)
  • 1954 - Corridinho 1951 / Burrinho Garboso (Copacabana)
  • 1954 - Neurastênico / Burrinho Leiteiro (Copacabana)
  • 1955 - Johnny Apaixonado / O Califa no Mambo (Copacabana)
  • 1955 - Violão Borocochô / A Polca do Véio (Copacabana)
  • 1955 - Casa da Vizinha / Não Caio Noutra (Copacabana)
  • 1957 - Enrolando o Rock / Cha Cha Cura (Copacabana)
  • 1958 - Loucamente (Little Darling) / Se Ela Vier (Copacabana)
  • 1958 - Baby Lover / Peanuts (Copacabana)
  • 1959 - Quero Beijar-te as Mãos / A Lágrima Rolou (Copacabana)
  • 1960 - Limelight / Aquarela do Brasil (Copacabana)
  • 1961 - Theme From a Summer Place / Love Is a Many Splendoured Thing (Copacabana)
  • 1961 - Betinho & Seu Conjunto Dançante (Copacabana)
  • 1962 - Betinho, Rock e Calypso (Copacabana)
  • 1963 - O Rei da Noite (Copacabana)
  • 1963 - Betinho, Twist e Bossa Nova (Copacabana)
  • Queimando a Sanfona (Tropicana)
  • 1976 - LP Estupido Cupido Nacional (Música "Neurastênico" - Som Livre)
  • 1987 - LP Rock dos Anos 60 (Música "Enrolando o Rock" - Phonodisc)


Discografia Como Evangélico

  • Uma Rosa Com Amor Para Mamãe (Luiz de Carvalho - Participação Tocando Guitarra)
  • Eu Creio Num Ser (Luiz de Carvalho - Participação Tocando Guitarra)
  • Suave Mensagem
  • Festival de Louvores 

Fonte: Wikipédia
Indicação: Miguel Sampaio

7 comentários:

  1. PRIMEIRO ROQUEIRO DO BRASIL E LIDER DE UMA BANDA C/SUA GUITARRA IMPORTADA REALMENTE FOI O PIONEIRO
    TEMOS QUE ABRIR O CHAPEU PARA ELE. GRANDE BETINHO.

    ResponderExcluir
  2. Tenho 36 anos, e enquanto eu viver irei falar da arte desse grande artista, abençoado por Deus com um talento fantástico!!
    Tive a sorte de garimpar e adquirir aguns de seus principais e raros LPs, espcialmente o histórico "Calipso Rock"!

    Como músico evengélico, Betinho coincidentemente esteve em minha cidade, Caruaru (PE) nos anos 80, no bairro onde nasci e cresci, um colega guitarrista, excursionou com ele pelo NE...

    R.I.P Betinho, Deus o abençoe!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho com meu vovô.
      Eu acabei casando com um Pernambucano. :)
      Ele realmente foi um homem inesquecível!

      Excluir
  3. Já ia esquecendo, perdão! PARABÉNS pelo site e por esse resgate da memória de tanta gente que fez acontecer e que infelizmente as novas gerações tende a esquecer!

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu amigo por sua visita e por suas palavras. Abraços

      Excluir
    2. ola amigo
      Na discografia evangélica tem mais dois acrescentar viu.

      Suave Mensagem e Festival de Louvores

      Excluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!