Eduardo Mascarenhas

EDUARDO MASCARENHAS
(54 anos)
Psicanalista e Político

* Rio de Janeiro, RJ (06/07/1942)
+ Rio de Janeiro, RJ (29/04/1997)

Eduardo Mascarenhas foi um psicanalista e político brasileiro famoso na década de 1980 pela participação em vários programas de TV, como o "TV Mulher".

Eduardo Mascarenhas sofreu por ter denunciado, junto com Hélio Pellegrino, a conivência do então presidente da Sociedade Brasileira de Psicanálise com Amílcar Lobo e com as torturas praticadas durante o regime militar, chegando a ser expulso daquela associação.


Foi casado com a atriz Christiane Torloni e escreveu três livros sobre assuntos relativos à psicanálise: "Emoções" (1986), "Cartas a um Psicanalista" (1986) e "Alcoolismo, Drogas e Grupos Anônimos de Ajuda Mútua" (1990). Manteve, também, até sua morte, colunas em revistas femininas, como Cláudia e Contigo!.

Filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT)  em 1989, pelo qual foi eleito deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro em 1990, chegando a ser vice-líder da bancada do partido na Câmara. Mudou para o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em 1993, por onde foi reeleito deputado no ano seguinte.

Eduardo Mascarenhas não conseguiu terminar o segundo mandato, por ter falecido vítima de um  câncer em 29 de abril de 1997, aos 54 anos.

Fonte: Wikipédia

Um comentário:

  1. Dr. Eduardo Mascarenhas, tenho um livro dele que guardo até hoje. Emoções no divã. Grande psicanalista, simples e inteligente.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!