Padre Libério

LIBÉRIO RODRIGUES MOREIRA
(96 anos)
Padre

* Lagoa Santa, MG (30/06/1884)
+ Divinópolis, MG (21/12/1980)

"Eu não faço milagres não! O que faço é apenas abençoar com boa vontade. Só Deus tem o poder de ajudar". Esta era a resposta de uma das figuras religiosas mais admiradas pela população de Pará de Minas, MG, e região, quando lhe qualificavam como um santo.

Libério Rodrigues Moreira foi um padre católico brasileiro nascido em Lagoa Santa, MG, no dia 30/06/1884. Seus pais eram Joaquim Rodrigues Castro e Francisca Moreira Costa.

Seus pais eram de origem humilde e tiveram sete filhos, criados com dificuldades. Desde criança, Libério tinha que ajudar o pai guiando bois. Em 1902 a família mudou-se para Mateus Leme, MG, onde Libério trabalhou como servente de pedreiro.

Aos sete anos Libério já mostrava os primeiros sinais de sua vocação pela vida sacerdotal. Sempre muito dedicado e perseverante, mas com condições financeiras precárias, o jovem soube esperar o momento certo quando contou com a ajuda de um parente para ingressar nos estudos. Após dez anos de estudo Libério ordenou-se sacerdote, em 25/04/1916. O maior sonho de Libério havia se concretizado.


Sua primeira missa foi celebrada na vizinha cidade de Mateus Leme, MG, quando pela primeira vez, Padre Libério sentiu o prazer em vestir os paramentos sagrados. Daí então prestou vários serviços sacerdotais em diversas localidades do Estado. Mas foi em Pitangui, MG, que trabalhou em sua primeira paróquia.

Já a localidade de Leandro Ferreira, MG, foi sua última paróquia onde permaneceu por 19 anos. Em um breve relato de sua vida nesta cidade pode-se dizer que Padre Libério morava com a única irmã, Maria Rodrigues Moreira, numa casa que chamavam de chalé. Foi o responsável pela criação da igreja-matriz e da casa paroquial da cidade, que conseguiu erguer com diversas contribuições num tempo de oito anos. Leandro Ferreira através de sua bondade foi crescendo e se tornando um lugarejo bastante visitado e estimado. Pequena no tamanho e enorme na fé. Mais tarde, ele próprio pediu dispensa do paroquiato preocupado com sua saúde, associada à idade avançada.

Assim, Padre Libério mudou-se para Pará de Minas, MG, e, mesmo doente não deixava de celebrar diariamente sua missa na Igreja Nossa Senhora das Graças. Sempre atendeu com bom humor a todos que o procuravam e de fato não eram poucos, encantando os visitantes com suas brincadeiras.


Recebeu homenagens como o título de Cidadão Honorário de Pará de Minas através da Câmara Municipal, além de seu nome ser também o de uma rua da cidade. Além disso, o artista, já falecido, Raimundo Nogueira de Faria, mais conhecido como Sica, esculpiu a sua imagem em pedra sabão que se encontra na praça que também leva o seu nome, localizada em frente à Igreja Nossa Senhora das Graças.

De Pará de Minas, Padre Libério decidiu fixar moradia em Divinópolis, MG, onde morou na Vila Vicentina, até o dia em que foi internado no Hospital São João de Deus, falecendo em 21/12/1980. Após seu corpo ter sido velado na própria Vila Vicentina, foi levado para Pará de Minas onde permaneceu várias horas na Igreja Nossa Senhora das Graças. Em seguida o cortejo fúnebre partiu em direção à cidade de Leandro Ferreira onde seu corpo foi depositado na igreja-matriz construída por ele.

Em Leandro Ferreira foi instalado um pequeno museu que conta parte de sua história. Por sua vida piedosa e por alguns milagres que lhe são atribuídos, é considerando popularmente como santo na região Centro-Oeste de Minas Gerais. Embora não estando canonizado, a sua sepultura é local de romaria e peregrinações. Recentemente tem sido organizado eventos visando angariar fundos para custear o processo de canonização do religioso.

A data de nascimento do religioso é recordada, anualmente, com um feriado municipal, e diversas atividades.

Indicação: Vanessa Elysee

Um comentário:

  1. Obrigado Marcos Carvalho por adicionar o querido Padre Liberio ao blog. Lindo trabalho!

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!