Kito Junqueira

HERÁCLITO GOMES PIZANO
(71 anos)
Ator, Diretor, Publicitário e Político

☼ São Paulo, SP (15/05/1948)
┼ Curitiba, PR (22/08/2019)

Heráclito Gomes Pizano, mais conhecido como Kito Junqueira, foi um ator e político nascido em São Paulo, SP, no dia 15/05/1948.

Kito Junqueira cursou a Escola de Artes Dramáticas de São Paulo e a Universidade de New York.

Kito Junqueira começou a carreira na antiga TV Tupi de São Paulo, em 1973, atuando na novela "As Divinas... e Maravilhosas" (1973). Na mesma emissora ainda fez outros trabalhos como "Vila do Arco" (1975) e "Tchan, a Grande Sacada" (1976).

Em 1977 foi para a TV Globo, onde atuou em "Espelho Mágico" (1977) e "Te Contei?" (1978).

Em 1979 retornou para TV Tupi e participou da última novela da emissora, "Como Salvar Meu Casamento" (1979).

Na década de 80 foi contratado pela TV Bandeirantes, onde atuou em "Cavalo Amarelo" (1980), "Os Adolescentes" (1981), "Ninho da Serpente" (1982) e "O Campeão" (1982).

Ainda na TV Bandeirantes, em 1983, Kito Junqueira dirigiu a novela "Maçã do Amor" (1983), supervisionado por Roberto Talma.


Após estes trabalhos seguidos na TV Bandeirantes, Kito Junqueira trabalhou em várias outras emissoras, "Vereda Tropical" (1984) pela TV Globo, "Jogo do Amor" (1985) pelo SBT, "Tudo ou Nada" (1986) pela TV Manchete, "Chapadão do Bugre" (1988) pela TV Globo e "Pantanal" (1990) pela TV Manchete.

Em 1994, convidado pelo Partido Verde (PV), Kito Junqueira foi eleito Deputado Estadual de São Paulo como fenômeno de votos, tendo mais de 30 mil votos.

No cinema, Kito Junqueira participou de filmes como "Eternamente Pagu" (1988), "La Lona" (1995), "Topografia de um Desnudo" (2010) e um documentário sobre a vida do jornalista Paulo Francis, seu amigo.

No Teatro, Kito Junqueira atuou na peça "Bent" onde, por sua produção e atuação, recebeu os prêmios: Troféu APCA, Prêmio Molière e Troféu Mambembe, criado pelo Ministério da Cultura do Brasil.

Ainda atuou em "O Encontro de Descartes" (Prêmio Revelação de Ator), "Falemos Sem Calça", de Guilherme Gentile, sob a direção de Antônio Abujamra, "Não Explica Que Complica", sob direção de Alexandre Tenório, "A Herdeira", "O Monta Cargas", "As Cinzas da Mamãe" e "O Último Encontro".

Em 2003, Kito Junqueira enfrentou problemas de depressão ao separar-se da esposa e passou a viver um forte drama: A morte da ex-mulher, a advogada Lúcia Alvarez, mãe de sua filha Natalia Alvarez Pizano, que foi vítima de um sequestro relâmpago e assassinada em 23/02/2003. Seis meses depois deste episódio, a publicitária Márcia Bini, com quem o ator estava casado havia 18 anos, pediu a separação. Depois de um ano em depressão, Kito Junqueira voltou ao trabalho em 2004, protagonizando a peça "O Que Leva Bofetadas", dirigida por Antônio Abujamra.


Em 2006, depois de estar afastado da TV, quando fez participações especiais no "Você Decide" e na novela "Por Amor" (1997), da TV Globo, Kito Junqueira voltou ao vídeo no papel do político Laércio de "Cidadão Brasileiro" (2006), trama assinada por Lauro César Muniz, na TV Record. Ainda na TV Record, fez participações especiais nas novelas "Vidas Opostas" (2006) e "Chamas da Vida" (2008) e apresentou o programa "Acredite Se Quiser".

Em 2008, Kito Junqueira atuou na peça "Desencontros Clandestinos", ao lado de Eliete Cigarini.

Em 2009, Kito Junqueira se destacou na série da TV Record, "A Lei e o Crime" (2009), onde interpretou Ari, um inspetor policial sem escrúpulos.

Em 2016, Kito Junqueira casou-se com Maria Santos Pizano.

Em 2018, Kito Junqueira foi candidato a Deputado Federal no Paraná pelo Partido Progressista (PP). Ele não se elegeu.

Kito Junqueira estava se preparando para voltar aos palcos com a peça "À Flor da Pele", com direção de Alexandre Reinecke e produção de Ricardo Peixoto. "Ele estava super bem e na maior expectativa para começar os ensaios da peça!", afirmou Ricardo Peixoto nas redes sociais. Ele atuaria ao lado de Nattalia Rodrigues no espetáculo.

Atualmente, Kito Junqueira pode ser visto na reprise da novela "Por Amor" (1997), exibida no "Vale a Pena Ver de Novo", da TV Globo. Na trama de Manoel Carlos, ele interpretou o mau caráter Olavo, cúmplice da vilã Branca, interpretada por Susana Vieira.

Morte

Kito Junqueira faleceu na noite de quinta-feira, 22/08/2019, aos 71 anos, em sua casa na cidade de Curitiba, PR.

O corpo de Kito Junqueira deu entrada no Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba no início da madrugada de sexta-feira, 23/08/2019. O Instituto Médico-Legal (IML) não informou a causa da morte.

Segundo a filha de Kito Junqueira, Natália Pizano Coca, ele passou mal e chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU).
"Acreditamos que possa ser infarto. Ele sentiu muita dor. O socorro chegou bem rápido, mas não deu!"

Carreira

Televisão (Apresentador)
  • 2006 - Acredite Se Quiser

Televisão (Ator)
  • 2009 - A Lei e o Crime ... Ari Carvalho
  • 2009 - Poder Paralelo
  • 2008 - Chamas da Vida ... Paulo Castelli
  • 2007 - Luz do Sol
  • 2006 - Vidas Opostas ... Oscar Tostão
  • 2006 - Cidadão Brasileiro ... Laércio Rocha
  • 2004 - Carga Pesada: "Homem Não Chora" ... Valdeci
  • 1998 - Você Decide: "O Intruso"
  • 1998 - Você Decide: "Amor ao Próximo"
  • 1997 - Por Amor ... Olavo
  • 1997 - Você Decide: "Vida Secreta"
  • 1997 - Você Decide: "Meu Pai"
  • 1996 - Você Decide: "Amor à Vida"
  • 1994 - Você Decide: "Dor de Amor"
  • 1994 - Você Decide: "Paternidade"
  • 1993 - Retrato de Mulher
  • 1990 - Pantanal ... Pistoleiro
  • 1988 - Chapadão do Bugre ... Clodulfo
  • 1986 - Tudo ou Nada ... Sampaio
  • 1985 - Jogo do Amor ... Fábio
  • 1984 - Vereda Tropical ... Alfredinho
  • 1982 - O Campeão ... Amadeu
  • 1982 - Ninho da Serpente ... Mateus
  • 1981 - Os Adolescentes ... Túlio
  • 1980 - Cavalo Amarelo ... Zeca
  • 1979 - Como Salvar Meu Casamento ... Melão
  • 1978 - Te Contei? ... Joca
  • 1977 - Teleteatro TV Cultura: O Gravador
  • 1977 - Espelho Mágico ... Nestor Rey
  • 1976 - Canção Para Isabel
  • 1976 - Tchan, a Grande Sacada
  • 1975 - Vila do Arco ... Romeu "Canjica"
  • 1973 - As Divinas... e Maravilhosas ... Doutor Cardoso

Televisão (Direção)
  • 1983 - Maçã do Amor

Cinema
  • 1988 - Eternamente Pagú
  • 1995 - La Lona
  • 2009 - Topografia de um Desnudo

Teatro
  • 1968 - Cantares
  • 1968 - Alô... 36-4408
  • 1970 - Tom Paine
  • 1971 - O Santo e a Porca
  • 1971 - Um Homem é Um Homem
  • 1972 - Longe Daqui, Aqui Mesmo
  • 1972 - Violinista no Telhado
  • 1973 - A Morta
  • 1973 - Falemos Sem Calças (Atuação e Produção)
  • 1978 - Apenas 500 Milhões de Dólares
  • 1979 - Baixa Sociedade
  • 1980 - Dona Rosita, a Solteira
  • 1980 - Pega Ladrão
  • 1981 - Bent (Atuação e Produção)
  • 1984 - Não Explica Que Complica
  • 1985 - A Herdeira
  • 1986 - O Segundo Tiro
  • 1988 - O Encontro Entre Descartes e Pascal
  • 1989 - O Último Encontro
  • 2002 - O Monta Cargas
  • 2004 - O Que Leva Bofetadas
  • 2005 - As Cinzas da Mamãe
  • 2006 - Desencontros Clandestinos
  • 2008 - Desencontros Clandestinos (Atuação e Produção)
  • 2015 - Sexo dos Anjos
  • 2019 - À Flor da Pele (Inédito) 

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #KitoJunqueira

Um comentário:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!