Tom Veiga

NEILTON VEIGA JÚNIOR
(47 anos)
Coordenador de Estúdio, Produtor e Assistente de Direção

☼ São Paulo, SP (06/02/1973)
┼ Rio de Janeiro, RJ (01/11/2020)

Neilton Veiga Júnior, mais conhecido por Tom Veiga, foi um coordenador de estúdio, produtor e assistente de direção nascido em São Paulo, SP, no dia 06/02/1973.

Filho de Nedina Veiga e Neilton Veiga, o rapaz de apelido Tom se tornaria conhecido no Brasil inteiro sob outra alcunha, a de Louro José.

Tom Veiga era coordenador de estúdio e produtor executivo do programa Note e Anote, da TV Record, que era apresentado por Ana Maria Braga. Antes do programa, ele foi office-boy, motorista de ambulância e até trabalhou com eventos.

Tímido e engraçado, Tom Veiga começou a carreira trabalhando em uma empresa de eventos na capital paulista, nos anos 1980. Ele fazia divulgação de uma feira de artesanatos no Museu de Arte de São Paulo. Depois de tentar vender uma pauta para o programa Note e Anote, comandado por Ana Maria Braga, na TV Record, Veiga foi chamado para trabalhar na produção do programa, em 1989. Ficou alguns anos nos bastidores: começou como assistente de produção, tornou-se produtor e logo assumiu o cargo de produtor-executivo.

Tom Veiga conheceu Ana Maria Braga pelos idos de 1995. Ele organizava feirinhas de artesanato, onde Ana Maria Braga ia para divulgar o Note e Anote. Convidado a integrar a equipe, Tom Veiga aceitou e virou assistente de palco.

Em março de 1997, Ana Maria Braga, presa num engarrafamento em São Paulo, disse ao seu ex-segurança e então marido Carlos Madrulha que "precisava de um boneco para fazer uma passagem menos dolorosa", já que o Note e Anote vinha logo depois de um programa infantil.


Diversas formas para o boneco foram testadas e no dia 6 de março, Louro José estrearia em rede nacional. Na falta de quem o manejasse, Tom Veiga, por conta de seu senso de humor (sempre brincava com o câmera, com as meninas do merchandising, com a Ana Maria) foi improvisado no posto.

Nos primeiros meses, Tom Veiga se dividiu entre as duas funções. Efetivado papagaio, comemorou, dizendo: "Minha vida mudou da água para o vinho!".

Em 1999, Ana Maria Braga e o Louro José foram contratados pela TV Globo, passando a ser construído por Glória Maria e pela equipe do Cem Modos, a mesma do programa TV Colosso.

Nos primeiros anos do papagaio, quando o Mais Você era produzido em São Paulo, o Louro José se afiliava ao Carlos Tramontina, sendo trocado quatro anos depois por William Waack. Em 2008, com a transferência da produção do Mais Você para o Rio de Janeiro, o apresentador do Jornal da Globo foi substituído pelo apresentador do RJTV, Márcio Gomes. Porém, Márcio Gomes deixou sua afiliação com o papagaio em 2013, quando se tornou correspondente da TV Globo em Tóquio, ficando lá até 2018.

Em maio de 2012, renovou contrato por mais 4 anos com a TV Globo, afastando assim as polêmicas acerca do possível fim da sua participação no programa Mais Você.

Desde 2013, o Louro José se afilia a Renata Vasconcellos, que já apresentava o dominical Fantástico e atualmente apresenta o Jornal Nacional ao lado de William Bonner.

Segundo a coluna Outro Canal, em 2015, Tom Veiga foi promovido a assistente de direção.

Louro José

Louro José é um boneco de um papagaio que mistura artifícios de fantoches com a tecnologia de controle remoto. Ele é destaque por ser o companheiro de Ana Maria Braga desde a fase inicial do programa Mais Você, levado ao ar de segunda a sexta-feira pela TV Globo. O Louro José foi interpretado pelo ex-coordenador de palco Tom Veiga, responsável pela sua voz e manipulação.

Mais que um mero coadjuvante, o Louro José participa ativamente do programa com colocações irônicas e bem-humoradas, contando piadas, opinando e até mesmo discordando propositalmente da apresentadora. É o elemento cômico do programa e costuma fazer concursos de charadas com Ana Maria Braga ou dublar músicas. A voz (esganiçada) procura imitar a de um papagaio.
"Louro José é a alma do programa. Simplório, infantil, sua função é ajudar a reduzir as histórias reais das mulheres de classe média baixa a contos de fada de um sucesso aparentemente admirado, mas bem colocado na devida perspectiva: pequena e bem distante da fulgurância da apresentadora!"
(Bia Abramo)

Disputa Judicial

Conforme Roberto Kaz, no livro "O Livro dos Bichos", em setembro de 1997, 6 meses após a criação do Louro José, a TV Record tentou registrar a marca Louro José no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). O pedido foi negado, uma vez que a empresa de Ana Maria Braga (Anbra Agencia de Eventos e Produtora Ltda) já havia feito o registro antes. Este registro diz respeito ao uso comercial da marca.

Roberto Kaz explica também que, ainda no ano de 1997, a Disney impetrou uma ação alegando "não concordar que terceiros obtenham registro de desenho que imite o Zé Carioca", cuja propriedade pertence à Disney. A justiça novamente deu ganho de caso a Ana Maria Braga.

Ainda segundo o Roberto Kaz, em 1998, os artistas Antônio Marcos Costa de Lima e Renato Aparecido Gomes (contratados por Carlos Madrulha, que é o empresário da Ana Maria Braga, para fazer o desenho do fantoche) tentaram registrar 3 croquis com a imagem do papagaio na Escola de Belas Artes, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), responsável por zelar pelo direito autoral de qualquer objeto criado no Brasil (este registro zela pela autoria do objeto, sem ter necessariamente um fim comercial). Porém, o pedido foi negado, uma vez que ele já estava registrado em nome da empresa de Ana Maria Braga.

Por conta disso, em 2004, os dois artistas entraram com uma ação judicial reivindicando a autoria do personagem (embora eles não reivindicasse a autoria do filme "Dr. Hollywood - Uma Receita de Amor"). Por lei, o direito de imagem é de quem desenha, e não de quem inventa o personagem.


Em 2005, Antônio Marcos Costa de Lima e Renato Aparecido Gomes venceram a ação em primeira instância. De acordo com uma nota publicada em 2005 pela revista Veja, a sentença proferida em julho daquele ano pelo juiz Décio Luiz Rodrigues dizia:
"Ainda que a idealização do personagem seja de Ana Maria e seu ex-marido, a criação e materialização do Louro é dos artistas Antônio Marcos Costa de Lima e Renato Aparecido Santos, da Display Set Produções."
A defesa apelou ao Tribunal de Justiça, reclamando que o caso foi julgado sem que seus clientes fossem convocados. A ação, que correu em segredo de Justiça, permaneceu por seis anos, até que em maio de 2011, o desembargador José Carlos Ferreira Alves, da 2ª Câmara de Direito Privado de São Paulo, votou pela anulação do processo, em segunda instância, por falta de provas. Na prática, isso significa que o caso voltou à estaca zero.

De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, de 30/10/2011, o processo voltou à Primeira Instância. Em 16/10/2018, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou que uma ação movida pela apresentadora pedindo o reconhecimento da criação do boneco e uma indenização por danos morais no valor de R$ 650 mil contra os artistas Antônio Marcos Costa de Lima e Renato Aparecido dos Santos fosse julgado pela Justiça de São Paulo, uma vez que o esta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu, por unanimidade, que Ana Maria Braga e o ex-marido possuem direito a questionar o tema na Justiça.

Morte

Tom Veiga faleceu no domingo, 01/11/2020, aos 46 anos, no Rio de Janeiro, RJ. Tom Veiga foi encontrado morto em seu apartamento na tarde de domingo. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Outras Aparições na Mídia

Louro José é um personagem tão popular, que já fez aparições em outros programas da TV Globo, a saber:
  • 2003 - Sítio do Pica-Pau Amarelo (O Sumiço de Emília)
  • 2011 - Malhação (Episódio que foi ao ar no dia 11/11/2011)
  • 2011 - A Mulher Invisível (Episódio 3 da 2ª temporada)
  • 2012 - Louco Por Elas (Episódio 1)
  • 2012 - Cheias de Charme (Episódios 44 e 45)
  • 2019 - A Dona do Pedaço (Episódio do dia 30/10/2019)
Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #TomVeiga

Um comentário:

  1. O IML emitiu o laudo na manhã de hoje, 02/11/20. A causa da morte foi hemorragia intra craniana por rotura de aneurisma cerebral (AVC).

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!