Benjamin Cattan

BENJAMIN CATTAN
(69 anos)
Ator, Escritor e Diretor

* São Paulo, SP (1925)
+ São Paulo, SP (09/01/1994)

Benjamin Cattan foi um dos pioneiros da televisão brasileira. Estreou na TV Tupi de São Paulo, como diretor do principal programa teleteatral da emissora, o "TV de Vanguarda" e, depois, se transformou em diretor artístico da emissora. Ainda na TV Tupi, escreveu telenovelas como "Hospital" (1971) e "Simplesmente Maria" (1970), esta última também dirigida por ele.

Atuou como ator nas novelas "A Muralha" (1961), "Vitória Bonelli" (1972), "Maria Antonieta", entre outras. Foi, depois, para a Rede Bandeirantes de Televisão, para a TV Cultura e, por fim, para a TV Globo, onde trabalhou em cinco produções entre 1989 e 1992, quase em seguida: "O Salvador da Pátria" (1989), "Gente Fina" (1990), "Araponga" (1991), "Felicidade" (1991) e "As Noivas de Copacabana" (1992), seu último trabalho.

Em 1964, organizou, o Primeiro Concurso de Peças Nacionais, vencido por Oduvaldo Viana Filho, com "O Matador", Osmar Lins, com "A Ilha no Espaço", e Plínio Marcos, com "Estória de Subúrbio". Atuava nos palcos eventualmente, sempre em papéis marcante.

No teatro, Benjamin Cattan, dirigiu as primeiras apresentações da peça "Dois Perdidos Numa Noite Suja" de Plínio Marcos, em 1966.

No cinema, começou na Vera Cruz e participou de algumas chanchadas dos anos 50, como "Uma Pulga na Balança" (1953). Também fez filmes como "O Beijo da Mulher Aranha" (1985), de Hector Babenco e "Dias Melhores Virão" (1989), de Cacá Diegues.

Benjamin Cattan faleceu em São Paulo, onde nasceu e sempre viveu, vítima de um Acidente Vascular Circulatório.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!