Dino Santana

ONDINO SANT'ANNA
(70 anos)
Diretor, Ator e Humorista

* Niterói, RJ (09/08/1940)
+ Rio de Janeiro, RJ (26/12/2010)

Dino Santana era irmão legitimo do trapalhão Dedé Santana do programa "Os Trapalhões". Iniciou sua carreira formando a dupla "Maloca e Bonitão" na televisão, ao lado do irmão Dedé Santana, nos anos 60. Com Dedé Santana, o ator realizou três filmes com estes personagens na década de 60 e 70.

Nas décadas de 70 e 80, participou de diversos quadros do programa "Os Trapalhões", na TV Globo e na TV Tupi. Participou ativamente das turnês de shows de "Os Trapalhões" pelo Brasil e fazia o papel de escada do saudoso trapalhão Zacarias.

Após o fim do programa "Os Trapalhões", em 1996, Dino Santana se juntou novamente a Dedé Santana e seguiram juntos para a Rede Manchete, onde participavam do quadro "Os Trapalhaços" ao lado de Sérgio Mallandro e Tiririca.

De 2004 a 2008, trabalhou também ao lado do irmão no programa televisivo "Dedé e o Comando Maluco".

No cinema, atuou como coadjuvante em diversos filmes dos Trapalhões, tais como "O Rei e Os Trapalhões" (1979), "O Cinderelo Trapalhão" (1979), "Os Trapalhões e o Mágico de Oróz" (1984), "A Filha Dos Trapalhões" (1984) e "Os Fantasmas Trapalhões" (1987), entre outros.

Dino Santana faleceu na tarde de domingo, 26/12/2010, em sua casa no Rio de Janeiro, vitima de câncer de próstata. O ator enfrentava o diagnóstico há cerca de quatro anos.

O velório aconteceu na noite de domingo, 26/12/2010, no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O corpo foi enterrado às 9:00 hs de segunda-feira, 27/12/2010.

Televisão

  • 2004 / 2008 - Dedé e o Comando Maluco ... Portugês (SBT)
  • 1978 / 1993 - Os Trapalhões ... Vários Quadros (Rede Globo)
  • 1974 / 1976 - Os Trapalhões ... Vários Quadros (TV Tupi)
  • 1965 - Maloca e Bonitão ... Bonitão (TV Tupi)

Cinema

  • 1968 - A Ilha dos Paqueras
  • 1969 - Deu Uma Louca no Cangaço
  • 1969 - 2000 Anos de Confusão
  • 1969 - Os Desempregados
  • 1970 - Se Meu Dólar Falasse (Participação)
  • 1975 - Zé Sexy... Louco, Muito Louco Por Mulher
  • 1976 - O Mulherengo
  • 1979 - O Rei e Os Trapalhões
  • 1979 - O Cinderelo Trapalhão
  • 1983 - Atrapalhando a Suate
  • 1984 - Os Trapalhões e o Mágico de Oróz
  • 1984 - A Filha dos Trapalhões
  • 1987 - Os Fantasmas Trapalhões

Fonte: Wikipédia

2 comentários:

  1. Dino Santana, assim como os demais trapalhões marcou muito minha infancia...que pena que também se foi, cada vez que vejo um deles partindo sinto uma tristeza como se tivesse sido alguém da minha familia.Ainda bem que tenho os dvd's de filmes e programas dos trapalhões...assim recordo os momentos desse grande humorísta.

    ResponderExcluir
  2. Dino Santana, me ensinou quase tudo que sei de ator, trabalhei com ele em teatro de revista e com ele fizemos uma dupla de muito sucesso, pena que depois na televisão não tivemos a felicidade de atuarmos juntos.pois tenho certeza que se isto tivesse acontecido, teríamos feito muito sucesso também, mas... Assim é a vida. Espero encontra-lo um dia em algum lugar, pois guardo com carinho muitas lembranças desse querido amigo e grande colega.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!