Geraldo Casé

GERALDO CÉSAR CASÉ
(80 anos)
Produtor, Compositor, Escritor e Diretor de TV

* Rio de Janeiro, RJ (07/06/1928)
+ Rio de Janeiro, RJ (21/07/2008)

Geraldo César Casé nasceu de uma de família pernambucana. Era filho de Graziela e Ademar Casé, o pioneiro apresentador de rádio brasileiro (Seu pai, Ademar Casé, foi um homem famoso no rádio na década de 40, com o "Programa Casé"), irmão do arquiteto Paulo Casé e do publicitário Maurício Casé, além de pai da atriz Regina Casé.

Acompanhou desde moço seu pai auxiliando-o no Programa do Casé da Rádio Philips, onde trabalhou como sonoplasta, operador de áudio e, depois, diretor artístico. Além da Phillips, trabalhou na Rádio Mayrink Veiga e na Rádio Globo. Após algum tempo vai trabalhar também na televisão.

Trabalhou em quase todas as emissoras de televisão da época (TV Tupi, TV Rio, TV Excelsior, TV Continental, TV Educativa e TV Paulista, a um passo de se transformar numa sucursal da Rede Globo). Na área de entretenimento criou o programa de auditório Um Instante, Maestro, em que Flávio Cavalcanti apresentava.

Sempre ligado ao público infanto-juvenil criou programas como Teatro de Malasartes e Fantoche estrela. No teatro, dirigiu A fábrica dos sonhos. Mas a maior realização de Casé foi a adaptação das histórias do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Monteiro Lobato, para uma série de televisão, entre 1977 e 1986.

Também compôs com Dori Caymmi as músicas da trilha sonora como "A Cuca Te pega", "Rabicó" e "Quindim".

Decorrente de um código de comunicação entre ele e Regina Casé, batizou o nome de um grupo teatral no qual sua filha trabalhava de Asdrúbal Trouxe o Trombone.

Também dirigiu o Setor Artístico da TV Bandeirantes e sua última ocupação era de Diretor Artístico da Divisão Internacional da Rede Globo.

Em 2002 lançou o livro de poesias "Um Dia Fui Pássaro".

Ele morreu, aos 80 anos, de Insuficiência Respiratória, depois de vários dias internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Fonte: Wikipédia e Dramaturgia Brasileira - In Memoriam



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!