Zanoni Ferrite

ZANONI FERRITE
(32 anos)
Ator

* Tupi Paulista, SP (01/03/1946)
+ São Paulo, SP (25/07/1978)

Ele iniciou sua carreira no teatro amador, no interior de São Paulo, nos anos 60. Ao mudar-se para a cidade de São Paulo, cursou a Escola de Arte Dramática (EAD), quando recebeu o Prêmio Chinita Ulmann de "Melhor Ator".

Em 1967, entrou para o Teatro de Arena, onde atuou em "Arena Conta Tiradentes", de Augusto Boal e Gianfrancesco Guarnieri, com direção de Augusto Boal, e, em 1968 fez "MacBird", de Bárbara Garson, dirigida por Augusto Boal. Em 1969, atuou em "Hamlet", de William Shakespeare.

Em 1970, ganhou o Prêmio Molière, concedido pela Air France às personalidades que mais se destacaram em teatro, em São Paulo e Rio de Janeiro. Sua premiação foi resultado de seu trabalho em "As Alegres Comadres De Windsor", "A Longa Noite De Cristal" e "O Interrogatório".


Em 1971, faz um de seus papéis marcantes ao protagonizar, ao lado de Antônio Fagundes "Castro Alves Pede Passagem", de Gianfrancesco Guarnieri.

No Rio de Janeiro, participou da montagem de "Encontro No Bar", de Bráulio Pedroso, direção de Celso Nunes, em 1973.

Em 1975, fez parte do elenco de "A Noite dos Campeões", de Jason Miller e direção de Cecil Thiré.

Em 1977, atuou no espetáculo "A Mais Sólida Mansão", de Eugene O'Neill, com direção de Fernando Torres, ao lado de Fernanda Montenegro e Yara Amaral.

Seu último papel no teatro foi em "O Santo Inquérito", de Dias Gomes, com direção de Flávio Rangel, no papel do Padre Bernardo, ao lado de Regina Duarte.


Zanoni Ferrite também participou de diversas novelas. Estreou em "Pingo De Gente" (1971), na TV Record. Na TV Globo, participou de "Escalada" (1975), "Pecado Capital" (1975), "Anjo Mau" (1976) e "Estúpido Cupido" (1976).

Em 1977, contratado pela TV Tupi, foi incluído no elenco de "Um Sol Maior" e na segunda versão de "O Direito de Nascer", onde interpretava o papel de Dom Jorge Luís. Ele morreu duas semanas após o início das gravações e foi substituído pelo ator Adriano Reys.

Um dos mais promissores atores de sua geração, Zanoni Ferrite teve sua carreira interrompida no dia 2 de agosto de 1978, aos 32 anos, quando morreu em um acidente automobilístico.

No dia dia 11 de junho de 2010, a Prefeitura da Cidade de São Paulo inaugurou o Teatro Zanoni Ferrite, em homenagem ao ator, na Avenida Renata, 163, na Vila Formosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!