Augusto Rademaker

AUGUSTO HAMANN RADEMAKER GRÜNEWALD
(80 anos)
Militar e Presidente do Brasil

* Rio de Janeiro, RJ (11/05/1905)
+ Rio de Janeiro, RJ (13/09/1985)

Foi um militar brasileiro que integrou a Junta Militar que presidiu o país de 31 de agosto a 30 de outubro de 1969, após a morte do presidente Artur da Costa e Silva. Posteriormente foi eleito vice-presidente na chapa encabeçada pelo general Emílio Garrastazu Médici. Na época em que ocupava o cargo, em 1971, foi criada a Bandeira Vice-Presidencial do Brasil.

Almirante, com cursos de especialização realizados nos Estados Unidos, participou de operações na Segunda Guerra Mundial como comandante das corvetas Camocim e Carioca, e também como encarregado geral do armamento do Cruzador Bahia.

Ativo colaborador do golpe militar que depôs o presidente João Goulart em 31 de março de 1964, foi membro do Conselho Supremo da Revolução e Ministro da Marinha na segunda passagem de Paschoal Ranieri Mazzilli pela Presidência da República, cargo que exerceu cumulativamente com o de Ministro de Viação e Obras Públicas (o atual Ministério dos Transportes só seria criado em 1967).

Retornou ao Ministério da Marinha no governo Artur da Costa e Silva sendo que, com o afastamento deste em 31 de agosto de 1969 ascendeu ao poder como integrante de uma junta militar que governou o país até a posse de Emílio Garrastazu Médici em 30 de outubro daquele ano, com Rademaker ocupando o posto de vice-presidente do Brasil, exercendo-o até 15 de março de 1974.

Augusto Rademaker, Márcio de Souza Mello e Aurélio de Lyra Tavares

A Junta Governativa Provisória de 1969 era composta por: Aurélio de Lyra Tavares (Ministro do Exército), Augusto Hamann Rademaker Grünewald (Ministro da Marinha) e Márcio de Souza Mello (Ministro da Aeronáutica).

Investido no governo como integrante de uma Junta Militar por força do Ato Institucional nº 12/69 não há registro oficial desse fato no Livro de Posse, cabendo ao respectivo Ato Institucional referenciar tal acontecimento. Como vice-presidente da República ocupou por três vezes a condição de titular por motivo de viagens ao exterior do presidente da República.

Foi casado com Ruth Lair Rist Rademaker, nascida no Rio de Janeiro, tendo como filhos, Eliana Rist Rademaker, Anecy Rist Rademaker, André Rist Rademaker, Pedro Rist Rademaker (falecido ao nascer), Ana Laura Rist Rademaker e Guilherme Rist Rademaker.

Augusto Rademaker faleceu vítima de uma Parada Cardiorrespiratória.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!