Dida

EDVALDO ALVES DE SANTA ROSA
(68 anos)
Jogador de Futebol

* Maceió, AL (26/03/1934)
+ Rio de Janeiro, RJ (17/09/2002)

Dida foi o maior artilheiro do Clube de Regatas do Flamengo até a era Zico, marcando 244 gols em 350 jogos entre 1954 e 1966. Curiosamente era o maior ídolo de Zico, de quem acabaria herdando a camisa 10.

Zagallo e Dida
Dida foi descoberto em Maceió, quando a delegação de vôlei do Clube de Regatas do Flamengo assistia a um jogo entre as seleções de futebol de Alagoas e da Paraíba. Os cariocas ficaram impressionados com um jogador da equipe alagoana que marcou três gols na partida e, depois de um tempo, um representante do time da Gávea foi até o Nordeste trazer o jovem talento para o Rio de Janeiro.

Dida (Flamengo) e Coronel (Vasco) Disputam Bola
Dida jogou a primeira vez no profissional do time rubro-negro graças às contusões de Evaristo e Benítez num jogo contra o Vasco da Gama. O Flamengo venceu por 2x1, mas Dida acabou retornando para o time de aspirantes. Só em 1955 ele viria a se firmar definitivamente como titular, substituindo Evaristo mais uma vez. Na final do campeonato daquele ano, o Flamengo venceu por 4x1, conquistando o bicampeonato. O jovem alagoano marcou três gols da partida.

Na Seleção Brasileira de Futebol Dida era o camisa 10, titular absoluto até a Copa do Mundo de 1958. Uma contusão (que hoje teria uma recuperação bem rápida) o deixou no banco de reservas e abriu vaga para o jovem Edson Arantes do Nascimento (Pelé), que encantaria o mundo com seu futebol.

Jogou ao lado de Pelé, Garrincha, Gérson, Evaristo de Macedo, Benítez, Zizinho e outros grandes craques do futebol brasileiro e mundial.

Títulos

Seleção Brasileira de Futebol:
  • 1958 - Copa do Mundo
  • 1957 - Copa Roca
CSA:
  • 1952 - Campeonato Alagoano
  • 1949 - Campeonato Alagoano
Flamengo:
  • 1964 - Espanha Torneio Naranja
  • 1963 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca
  • 1962 - Torneio Internacional da Tunisia
  • 1961 - Rio de Janeiro x São Paulo Torneio Rio-São Paulo
  • 1961 - Torneio Internacional de Verão do Uruguai
  • 1959 - Torneio Hexagonal de Lima
  • 1959 - Rio de Janeiro Torneio
  • 1958 - Troféu Sporting Club de Portugal
  • 1958 - Torneio Internacional de Israel
  • 1957 - Troféu Allmana Idrotts Klubben
  • 1957 - Troféu Ponto Frio Bonzão
  • 1956 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca Aspirantes
  • 1956 - Rio de Janeiro X São Paulo Taça dos Campeões Estaduais
  • 1955 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca Aspirantes
  • 1955 - Torneio Internacional Gilberto Cardoso
  • 1955 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca
  • 1954 - Torneio Internacional do Rio de Janeiro
  • 1954 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca
  • 1953 - Rio de Janeiro Campeonato Carioca

Morte

Faleceu no dia 17 de dezembro de 2002, aos 68 anos, vítima de Insuficiência Hepática e Insuficiência Respiratória. Estava internado há uma semana no Hospital Miguel Couto, que se localiza próximo ao centro de treinamento da Gávea.

Fonte: Wikipédia

Um comentário:

  1. – So teve Triste sina Virou reserva do Garoto Pele – Ai Copa Acabou para ele o Restante teve que sentar com os outros reservas na Tribuna Participou dos 2 primeiros
    Jogos Morreu na Miseria e esquecido e doente Por amar demais aquele que se diz o Maior do Brasil
    Mais a Sua Torcida de hoje acredito que 80% - nem sabem que ele existiu ídolo de Zico
    Segundo artilheiro da historia do Seu Clube que deu a vida ate morte.na Miseria.

    ResponderExcluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!