Mário Benvenutti

MÁRIO BENVENUTTI
(67 anos)
Ator, Diretor, Produtor e Roteirista

* São Paulo, SP (1926)
+ São Paulo, SP (13/11/1993)

Ator, diretor e produtor, Mário Benvenutti foi um dos atores mais atuantes do cinema brasileiro nas décadas de 60, 70 e 80, tendo participado de mais de 50 filmes. Foi um dos atores preferidos do diretor Walter Hugo Khouri que conheceu em 1963 e com quem fez cinco filmes: A Ilha, Noite Vazia, O Corpo Ardente, As Cariocas e As Deusas. Trabalhou também com muitos outros diretores famosos e ganhou o Saci de melhor ator de cinema em 1964 por seu papel em Noite Vazia.

Estreou no cinema em 1953 fazendo uma ponta em O Homem dos Papagaios, estrelado por Procópio Ferreira, mas sua carreira ganharia impulso a partir de 1960, quando faz Moral em Concordata, Conceição e Mulheres e Milhões.

Fazendo um filme atrás do outro, Mário Benvenutti só foi para a TV em 1975, quando na TV Tupi participou do elenco da novela Ovelha Negra. Na mesma emissora fez Cinderela 77 ao lado de Ronnie Von e Vanusa.

Participou de teleteatros e minisséries na TV Cultura e fez sucesso na Rede Globo como o Guido da novela Pão Pão, Beijo Beijo, onde fazia o chefe do núcleo italiano da novela e o pai das personagens de Maria Cláudia e Elizabeth Savalla.

Filmografia
  • 1987 - As Belas da Billings
  • 1987 - Prisioneiras da Selva Amazônica
  • 1984 - S.O.S. Sex-Shop
  • 1983 - Flor do Desejo
  • 1982 - Amado Batista em Sol Vermelho
  • 1982 - O Fuscão Preto
  • 1982 - Viúvas Eróticas
  • 1981 - Como Faturar a Mulher do Próximo
  • 1980 - Bordel - Noites Proibidas
  • 1980 - Os Indecentes
  • 1979 - Gugu, O Bom de Cama
  • 1979 - Mulheres do Cais
  • 1979 - Os Pankekas e o Calhambeque de Ouro
  • 1978 - Os Melhores Momentos da Pornochanchada
  • 1978 - A Noite dos Duros
  • 1977 - Nem As Enfermeiras Escapam
  • 1976 - As Desquitadas em Lua-de-Mel
  • 1976 - As Meninas Querem... Os Coroas Podem
  • 1975 - O Leito da Mulher Amada
  • 1975 - As Secretárias... Que Fazem de Tudo
  • 1974 - Adultério, as Regras do Jogo
  • 1974 - Macho e Fêmea
  • 1974 - O Supermanso
  • 1973 - Anjo Loiro
  • 1973 - Os Garotos Virgens de Ipanema
  • 1973 - Os Mansos
  • 1972 - Os Machões
  • 1972 - As Deusas
  • 1972 - Maridos em Férias, o Mês das Cigarras
  • 1971 - Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva
  • 1971 - Roberto Carlos a 300 Quilômetros Por Hora
  • 1970 - Ascensão e Queda de um Paquera
  • 1970 - Os Maridos Traem... E as Mulheres Subtraem
  • 1970 - Um Uísque Antes, Um Cigarro Depois
  • 1969 - Adultério à Brasileira
  • 1969 - As Armas
  • 1969 - Viver de Morrer
  • 1968 - Até Que o Casamento Nos Separe
  • 1967 - A Margem
  • 1966 - As Cariocas
  • 1966 - O Corpo Ardente
  • 1964 - Noite Vazia
  • 1963 - Crime no Sacopã
  • 1963 - A Ilha
  • 1961 - Tristeza do Jeca
  • 1961 - A Moça do Quarto 13
  • 1961 - Mulheres e Milhões
  • 1960 - Conceição
  • 1960 - Nudismo Não é Pecado
  • 1959 - Moral em Concordata
  • 1957 - Absolutamente Certo

Morte

Mário Benvenutti Faleceu aos 67 anos, vitima de um acidente automobilístico.


2 comentários:

  1. João Carlos Santannaterça-feira, 25 junho, 2013

    Quando criança fui muito amigo do seu filho, Mário Benvenutti Filho. Se alguém puder me informar seu paradeiro, agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente desconheço está informação João Carlos. Mas deixe aqui seu email pois caso ele ou algum parente acesse, poderá entrar em contato com você. Abraços!

      Excluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!