Barão de Marajó


JOSÉ COELHO DA GAMA E ABREU
(74 anos)
Político e Historiador

* Belém, PA (12/04/1832)
+ Lisboa, Portugal (25/11/1906)

José Coelho da Gama e Abreu, o Barão de Marajó foi um político, historiador brasileiro e membro da Academia das Ciências de Lisboa.

Filho de um oficial da marinha portuguesa, sua família sofreu muito por causa dos acontecimentos políticos de 1831 a 1835 no Brasil, fazendo com que se refugiassem em Portugal quando ele tinha cinco anos.

Em Lisboa passou sua infância, estudou e fez o curso secundário. Quando completou catorze anos adoeceu e retornou ao Pará. Recuperou a saúde aos dezessete anos e fez nova viagem a Portugal, formou-se em filosofia pela Universidade de Coimbra e também em matemática.

Retornou ao Pará em 1855, tendo lecionado matemática no Liceu Paraense, sido diretor das obras públicas da província do Pará, quanto foi responsável por obras como o Bosque Rodrigues Alves e o Palácio Antônio Lemos.

Foi deputado, presidente da província do Amazonas, de 25 de novembro de 1867 a 9 de fevereiro de 1868 e, depois, presidente da província do Pará de 1879 a 29 de março de 1881, intendente de Belém, hoje prefeito. Devido aos bons serviços prestados a nação recebeu o título de Barão do Marajó.

Escreveu "Do Amazonas ao Sena, Nilo, Bósphoro e Danúbio". "Apontamentos de Viagem", 1874-1876, editado em Lisboa em três tomos de 291, 273 e 284 páginas; "A Amazônia, As Províncias do Pará e Amazonas e o Governo Central do Brazil", Lisboa, 1883, 125p.; "Um Protesto. Respostas às Pretenções da França a Uma Parte do Amazonas, Manifestadas Pelo Mr. Delande", Liboa, 1884, 45p.; 

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!