Silvinho

SÍLVIO DE LIMA
(87 anos)
Cantor e Compositor

☼ Petrópolis, RJ (05/12/1931)
┼ Petrópolis, RJ (02/11/2019)

Sílvio de Lima, mais conhecido como Silvinho, foi um cantor e compositor nascido em Petrópolis, RJ, no dia 05/12/1931.

Silvinho compôs sua primeira música aos 15 anos, "Assim Como As Flores Morrem". Nas década de 1950 e 1960, teve intensa atuação nos conjuntos vocais Os Trovadores, Os Vocalistas, Trio QuitandinhaConjunto Harmonia, entre outros.

Nos primeiros anos da década de 60, foi um dos maiores sucessos em vendagem de disco. Em 1961 gravou o samba "Boemia" (Maurílio Lopes, Sebastião de Oliveira e Nuno Soares) e o bolero "Ciúme" (Aôr Ribeiro, Maurílio Lopes e Sebastião de Oliveira). No mesmo ano gravou o bolero "Quem É?" (Silvinho e Maurílio Lopes), que se tornou grande sucesso. Feita no ritmo do bolero, essas perguntas tristes ecoaram em vozes robustas como as dos cantores Agnaldo Timóteo e Gregorio Barrios.
"Quem é que não sofre por alguém?
Quem é que não chora uma lágrima sentida?
Quem é que não tem um grande amor?
Quem é que não chora uma grande dor?"
O bolero "Quem É?" alavancou no início dos anos 1960 a carreira desse cantor em quem foi cunhado o epíteto genérico "O Rei do Bolero e da Seresta".


O seu segundo maior sucesso foi a marchinha "Marcha da Coroa" (Carvalhinho e Jair Maia) que gravou em 1962, tendo sido lançada no Carnaval de 1963.

Em 1963, gravou "Esta Noite Eu Queria Que o Mundo Acabasse" (Silvinho) e o bolero "Se Tu Gostasses de Mim" (Rossini Pinto e Fernando Costa). Em 1964 esteve nas paradas de sucesso com "Mulher Governanta" (Getúlio Macedo), gravada em 1963.

Silvinho trabalhou na Rádio Nacional e em várias emissoras de rádio e televisão do Rio de Janeiro e de São Paulo. Fez várias excursões ao longo de sua carreira de cantor, tendo se apresentado na Argentina, Uruguai, Chile e México.

Muitas de suas músicas, principalmente os boleros, continham declamações.

Em 1999, a Polydisc, dentro da série "20 Super Sucessos", lançou um CD com seus grandes sucessos, entre os quais "Quem É?", "Mulher Governanta", "Ciúme" e "Confesso".

Silvinho foi premiado com os mais importantes troféus da música brasileira, tais como: Chico Viola, Roquette-Pinto e Buzina do Chacrinha.

Morte

Silvinho faleceu na madrugada de sábado, 02/11/2019, em Petrópolis, RJ, aos 87 anos. Foi sepultado no mesmo dia da morte. A causa da morte não foi divulgada.

Indicação: Miguel Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!