Vagareza

HAMILTON AUGUSTO
(69 anos)
Humorista

* Rio de Janeiro, RJ (1928)
+ São Paulo, SP (18/04/1997)

Humorista brasileiro de teatro, cinema e televisão de muito sucesso nos anos 50 e 60. Vagareza foi casado com a atriz e bailarina Siwa. O casal fundou em 1968 em São Paulo o Siwa Ballet. Nos anos 70 editou em São Paulo o Jornal do Ballet.

Televisão

Vagareza atuou numa das primeiras formações da "Escolinha do Professor Raimundo" fazendo um tipo que seria o embrião do Rolando Lero, o personagem interpretado por Rogério Cardoso na "Escolinha do Professor Raimundo" na década de 90.

Em fins dos anos 50, ele e a esposa fizeram shows em todo o país com enorme sucesso. No Recife, Hamilton recebeu o apelido de Vagareza por causa do bordão que ele dizia: "Comigo é na Vagareza". O apelido pegou, e ele tornou-se um dos principais nomes do humor no Brasil de então.

Siwa e Vagareza
Vagareza fez pouco cinema, apenas cinco filmes. "Eu Sou o Tal" (1959) de Victor Lima, do qual era protagonista, "Quanto Mais Samba Melhor" (1960) de Carlos Manga, "Mulheres e Espiões" (1961) também de Carlos Manga, e "Os Apavorados" (1962) de Ismar Porto. Essas duas últimas películas foram as últimas chanchadas da Atlântida em que ele atuou ao lado do genial Oscarito. Cogitava-se em fazer uma nova dupla cômica para o cinema nacional: Oscarito e Vagareza. Infelizmente o gênero estava desgastado.

Seu quinto e último filme foi "Crônicas da Cidade Amada" (1965) de Carlos Hugo Christensen, no episódio "Aventura Carioca", no qual viveu o malandro Passarinho contracenando com o jovem ator Cecil Thiré.

Nos anos de 1964 e 1965, ele atuou nos principais programas humorísticos da televisão brasileira: "Times Square" e "Noites Cariocas", ambos da TV Rio, ao lado de grandes comediantes da época como, Costinha, Chico Anysio, Paulo Celestino, Castrinho, Dorinha Duval, Hamilton Ferreira, entre outros.

Um dos últimos programas humorísticos em que atuou foi o "Que Graça!" nos idos de 1968 e 1969 também no Rio de Janeiro. A partir daí sua carreira declinou e ele foi para São Paulo onde abriu uma academia de dança com a esposa Siwa e a filha.

Vagareza e Oscarito
Teatro

Em 1952, entrou para companhia teatral de Juan Daniel, pai do ator e diretor da Rede Globo, Daniel Filho.

2 comentários:

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!