Barão de Pindamonhangaba

MANOEL MARCONDES DE OLIVEIRA E MELLO
(83 anos)
Militar

* Pindamonhangaba, SP (1780)
+ Pindamonhangaba, SP (06/08/1863)

Manoel Marcondes de Oliveira e Mello, primeiro Barão de Pindamonhangaba, foi um militar brasileiro, tendo tomado parte da comitiva que acompanhava Dom Pedro I quando do Grito do Ipiranga como comandante do I Esquadrão da Guarda de Honra.

Filho do capitão-mor Inácio Marciondes do Amaral e de Ana Joaquina de Oliveira. Casou-se em primeiras núpcias com Maria Justina do Bom-Sucesso, filha de Custódio Gomes Varela Lessa, Barão de Paraibuna, e em segundas com a viúva Maria Angélica. Não deixou descendência.

Recebeu o grau de comendador da Imperial Ordem de Cristo e da Imperial Ordem da Rosa, além de Oficial do Cruzeiro.

Foi o primeiro fazendeiro do Vale do Paraíba a receber um título nobiliárquico, pleiteando já na década de 1820 o título de Barão de Mombaça, em honra a sua fazenda em Pindamonhangaba.

Fonte: Wikipédia

3 comentários:

  1. Boa tarde.
    Estou a contactar desde Portugal, onde sou investigador universitário de História, estando actualmente a trabalhar a biografia do visconde de Taíde. Tendo ele casado com uma senhora de Pindamonhangaba D. Maria da Conceição de Oliveira e Costa, que viria a tornar-se Viscondessa de Taíde por seu casamento com o súdito português Fernando A. Pinto de Miranda, visconde do mesmo título, consoante informação constante do livro Moura, Carlos Eugênio Marcondes, O Visconde de Guaratinguetá. Um Fazendeiro de Café do Vale da Paraíba, São Paulo, Studio Nobel, Lda., 2002, p. 106, vinha perguntar se possuiu alguma informação sobre este senhora que me possa facilitar.
    Obrigado.
    JAC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Abílio, sua resposta foi enviada para o e-mail informado. Agradeço a visita e espero poder sempre contar com sua presença no blog.

      Excluir

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!