Caju

JOSÉ ALBERTINO DA SILVA
(39 anos)
Cantor

☼ São Lourenço da Mata, PE (15/04/1962)
┼ Recife, PE (08/06/2001)

José Albertino da Silva fazia dupla com o irmão José Roberto da Silva. Eram conhecidos pelo nome artístico de Caju & Castanha, uma dupla brasileira de embolada, naturais de São Lourenço da Mata, PE.

Castanha, José Roberto da Silva, nasceu a 05/04/1967, e Caju, José Albertino da Silva, a 15/04/1962. A dupla Caju & Castanha foi criada pelos irmãos ainda na infância, quando apresentavam-se em feiras e praças de Pernambuco em Jaboatão dos Guararapes, tocando pandeiros feitos com lata de marmelada. O nome da dupla foi dado por um prefeito de Jaboatão chamado Severino Claudino.

Em 1975, os irmãos fizeram uma participação do documentário "Nordeste: Cordel, Repente, Canção", da cineasta Tânia Quaresma. A partir desse momento, surgiu o seu primeiro disco com participações especiais de Zé Ramalho e Elba Ramalho.

José Roberto da Silva e José Albertino da Silva
No começo da década de 1980, os irmãos mudam-se para São Paulo, onde inicialmente se apresentavam em ônibus, participando do movimento de arte urbana da cidade. Entre outros artistas, Caju & Castanha foram retratados em filmes como "Style Wars" (1983), além de inúmeras aparições na televisão, rádio, livros e revistas.

Em 1981, gravam o seu segundo disco, "Embolando na Embolada". Na década de 80, convidados a se apresentarem no programa "Som do Brasil", permaneceram apresentando por cinco anos, ao lado de Rolando Boldrin e Lima Duarte.

No ano de 1993, a dupla passou a ser conhecida nacionalmente através da embolada "Ladrão Besta e o Ladrão Sabido". Em 1997, a história da dupla foi contada no documentário "Som da Rua - Caju e Castanha", uma co-produção da TVE Brasil.

José Albertino da Silva e José Roberto da Silva
O cantor Caju morreu na sexta-feira, 08/06/2001, aos 39 anos, por insuficiência respiratória, no Hospital do Câncer, em Recife, PE. Caju estava com um câncer no cérebro.

O último trabalho do artista foi o CD "Vindo Lá da Lagoa", lançado no ano de 2000 pela gravadora paulistana Trama. Seu último show havia ocorrido em 2000, na edição do Festival Abril Pro Rock. Em seu lugar, entrou seu sobrinho Ricardo Alves da Silva.

No ano de 2002, a dupla estrelou o curta-metragem "A Saga dos Guerreiros Caju e Castanha Contra o Encouraçado Titanic", dirigido por Walter Salles, que integrou o longa-metragem "Chacun Son Cinéma", no qual 35 diretores comemoram os 60 anos do Festival de Cannes.

Discografia

  • 1978 - Nordeste, Cordel, Repente e Canção
  • 1981 - Embolando na Embolada
  • 1983 - Nossa Vida, Nossa História
  • 1984 - Álbum de Família
  • 1985 - Sensação Estranha
  • 1987 - Na Pancada do Ganzá
  • 1990 - No Meio da Multidão
  • 1993 - Solidão de um Caminhoneiro
  • 1995 - Brasil Tributo
  • 1998 - Caju & Castanha Ao Vivo (Gema)
  • 1999 - As Melhores de Caju & Castanha (Copacabana)
  • 2000 - Vindo Lá da Lagoa (Trama)
  • 2001 - Super Duelo (Polysom)
  • 2002 - Andando de Coletivo (Trama)
  • 2003 - Professor de Embolada (Trama)
  • 2004 - Recado a São Paulo (Trama)
  • 2005 - Embolando no Futebol (Trama)
  • 2005 - Caju & Castanha ao Vivo (Trama)
  • 2006 - Levante a Taça (Trama)
  • 2007 - Professor de Embolada II (Trama)
  • 2008 - 20 Sucessos (Nany CD's)
  • 2009 - Sorria Você Está Sendo Filmado (Nany CD's)
  • 2009 - As 15 Mais (W Disk)
  • 2010 - Festival de Emboladas (Trama)

Videografia

  • 2000 - Programa Ensaio (DVD)
  • 2005 - Caju & Castanha Ao Vivo no Centro de Tradições Nordestinas (DVD)

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!