Hélio Ansaldo

HÉLIO ANSALDO
(73 anos)
Jornalista, Apresentador de TV, Locutor, Compositor e Político

* Santos, SP (16/06/1924)
+ São Paulo, SP (06/12/1997)

Hélio Ansaldo foi um jornalista, apresentador e político brasileiro. Foi locutor de rádio e apresentador de televisão, um dos pioneiros da televisão. Atuou na apresentação, redação e direção de programas esportivos, jornalísticos, humorísticos, musicais e de entretenimento em geral.

Hélio Ansaldo era formado em direito, mas começou cedo sua carreira em jornalismo na Rádio Gazeta. Trabalhou até 1990 na TV Record, quando esta foi adquirida pela Igreja Universal do Reino de Deus.

Um de seus últimos trabalhos na televisão foi no comando do "Record em Notícias" (1973-1996), popularmente conhecido como "Jornal da Tosse", ao lado de Murilo Antunes Alves, José Serra, João Mellão Neto, Arnaldo Faria de Sá, Maria Lydia Flandoli, Padre GodinhoWilson Fittipaldi (o Barão), entre outros. Sempre encerrava o debate com a seguinte mensagem: "Que Deus nos proteja e nos torne instrumentos de Sua paz".

No dia da inauguração da TV Record, em 27/09/1953, às 20:00 hs, a emissora entrou no ar com o "Boa Noite", de Hélio Ansaldo, e ao lado de Sandra Amaral apresentou um programa musical, dando início as atividades da emissora de televisão.

Atuou como ator de cinema no filme "Fuzileiro do Amor" (1956), cujo protagonista era Amácio Mazzaropi. Foi compositor musical, e também teve uma carreira política, sendo eleito deputado estadual no estado de São Paulo, tendo sua base eleitoral na cidade de Santos.


Morte

Hélio Ansaldo morreu às 3:25 hs de sábado, 06/12/1997, no Hospital São Luiz, em São Paulo. Segundo a supervisora do Hospital São Luiz, Rosa Maciel, a causa da morte do apresentador foi insuficiência respiratória, provocada por um câncer.

Hélio Ansaldo foi velado na Assembléia Legislativa. O corpo seguiu às 15:30 hs para o Cemitério São Paulo, onde aconteceu o sepultamento.

Filmografia

Como Ator

  • 1959 - Moral em Concordata
  • 1958 - Ravina
  • 1957 - Rebelião em Vila Rica
  • 1956 - Fuzileiro do Amor

Como Roteirista

  • 1959 - Eu Fui Toxicômano (TV Série)
  • 1959 - Doutor Jivago (TV Série)
  • 1958 - Cela da Morte (TV Série)

Indicação: Simone Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção!

Prezado amigo leitor, a partir desta data, 13/05/2019, não serão mais aceitos comentários anônimos. Portanto, não me responsabilizarei pelos comentários que alguém possa vir a fazer denegrindo a imagem de quem quer que seja e que esteja publicada neste blog.

Antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato!